A China lança uma “nave espacial reutilizável”

ANÚNCIO

Esta manhã cedo (04), a China lançou uma espécie de nave espacial reutilizável no espaço – possivelmente um avião espacial – um veículo misterioso que está fazendo comparações com o avião espacial X-37B dos EUA, atualmente em órbita ao redor da Terra. 

A China lança uma "nave espacial reutilizável" 3
Foto: (reprodução/Xinhuanet.com)

Semelhante ao X-37B, o avião espacial chinês permanecerá em órbita “por um período de tempo”, mas o país afirma que o veículo se destina a promover o “uso pacífico do espaço”.

ANÚNCIO

Não está claro exatamente como é a nave espacial, já que não há nenhum rastro oficial ou fotos do veículo. No entanto, surgiram rumores no início deste ano de que uma missão espacial poderia estar acontecendo em 2020, de acordo com Andrew Jones, um repórter freelance especializado no programa espacial chinês.

 Ele observa que o lançamento de um avião espacial está de acordo com os objetivos declarados da China para a exploração do espaço. “Há alguns anos, a China vem estudando alguns conceitos diferentes para os aviões espaciais”, diz Jones ao The Verge

E em 2017, a mídia oficial do estado disse que o principal empreiteiro espacial chinês estava “trabalhando em algum tipo de nave espacial experimental reutilizável que seria capaz de pousar horizontalmente”, diz ele.

ANÚNCIO

China estuda conceitos diferentes para aviões espaciais

A China pode ser relativamente sigilosa em relação a seus projetos, mas quase não houve nenhuma informação divulgada que levasse a esta missão. Jones observou que a especulação sobre um voo especial aumentou após a China ter feito modificações em sua torre de lançamento dos foguetes Long March 2F no Centro de Lançamento de Satélites Jiuquan da China.

 “Então o pensamento foi: ‘Ok, eles estão modificando a parte superior da torre de lançamento para acomodar algo que é mais largo em diâmetro'”, diz Jones. Além disso, uma parte da missão, possivelmente para esta missão, apareceu nas mídias sociais no início deste ano”, diz ele. 

Então ontem, as restrições de voo foram liberadas para os pilotos de avião, dizendo-lhes para se manterem afastados da área acima do local de lançamento, indicando que o lançamento do Long March 2F estava iminente.

Leia também: A NASA tem agora um jeito mais rápido e barato de chegar à Lua

A mídia estatal chinesa, Xinhua, disse que o lançamento foi um sucesso, referindo-se simplesmente à uma “nave espacial de teste reutilizável”.

 Não está claro exatamente o que o veículo estará fazendo enquanto estiver em órbita, embora a China diga que “realizará a verificação da tecnologia reutilizável conforme planejado para fornecer suporte técnico para o uso pacífico do espaço”.

 A Força Aérea já está rastreando objetos desde o lançamento, e os rastreadores via satélite estão tentando descobrir a hora exata em que o foguete decolou.

Agora as pessoas terão apenas que esperar para ver o que acontece com o possível avião espacial e quando ele aterrissar. Jones diz que o lançamento abrupto pode vir como uma surpresa para as pessoas, mas na verdade ele apenas se alinha com os objetivos espaciais da China.

 “Há muito interesse na China em aviões espaciais”, diz ele, acrescentando: “Eles disseram que vão fazer isso, e parecem estar fazendo isso de certa forma dentro do prazo”.

Traduzido e adaptado por equipe Revolucao.etc.br

Fontes:The Verge, Xinhua

ANÚNCIO