Telescópio escaneia 10 milhões de sistemas estelares e nao encontra nada

ANÚNCIO

Os astrônomos iniciaram uma busca histórica pela vida em outros lugares do universo, varrendo através de 10 milhões de sistemas estelares – e não encontrando nada.

A busca, que os pesquisadores afirmam ser mais ampla do que qualquer outra antes, procurou por uma parte do universo na esperança de encontrar emissões de rádio que poderiam estar vindo de uma fonte inteligente.

ANÚNCIO
Telescópio escaneia 10 milhões de sistemas estelares e nao encontra nada
Foto: (reprodução/internet)

Estas “tecnossinaturas” são compostas de potentes explosões de frequências de rádio semelhantes àquelas que vêm de uma rádio FM, e assim poderiam indicar que elas estão vindo de uma civilização  inteligente.

Mas os pesquisadores não ouviram nada daquele pedaço de céu, que estava localizado ao redor da constelação de Vela.

Isto apesar de uma varredura que durou 17 horas, que os pesquisadores disseram ser 100 vezes mais ampla e profunda do que estudos similares anteriores. Eles usaram o Murchison Widefield Array, ou MWA, um grande telescópio localizado no deserto da Austrália.

ANÚNCIO

Mas os astrônomos disseram que embora possa haver desapontamento por não ter ouvido falar de uma civilização alienígena, eles não ficaram surpresos com o resultado.

Leia mais: Cientistas descobriram exoplaneta ‘habitável’ como a Terra

A pesquisa ainda examinou apenas uma parte relativamente pequena do céu, e é muito possível que a vida alienígena não emitisse esses tipos de sinais de rádio.

“Como Douglas Adams observou no ”O Guia do Mochileiro das Galáxias“, ‘o espaço é grande, realmente grande'”, disse Steven Tingay, um dos astrônomos envolvidos no projeto, em uma declaração.

“E embora este tenha sido um estudo realmente importante, a quantidade de espaço que olhamos foi o equivalente a tentar encontrar algo nos oceanos da Terra, mas apenas procurando um volume de água equivalente a uma grande piscina no quintal.

“Como não podemos realmente assumir como possíveis civilizações alienígenas podem utilizar a tecnologia, precisamos procurar de muitas maneiras diferentes”. Usando radiotelescópios, podemos explorar um espaço de busca em oito dimensões.

“Embora haja um longo caminho a percorrer na busca de inteligência extraterrestre, telescópios como o MWA continuarão a empurrar os limites – temos que continuar procurando”.

Os pesquisadores esperam realizar buscas similares usando o Square Kilometre Array, um equipamento similar, mas muito maior, que lhes permitirá detectar sinais de rádio de sistemas estelares relativamente próximos e pesquisar sinais de vida.

Traduzido e adaptado por equipe Revolução.etc.br

Fonte: Independent.co

ANÚNCIO