Musk, Branson e Bezos planejam enviar turistas para o espaço

ANÚNCIO

Três grandes nomes da indústria aeroespacial, Jeff Bezos, Elon Musk e Richard Branson, não esgotaram todos os recursos aqui na Terra, mas eles já estão olhando para o céu para seus ambiciosos objetivos de tornar o espaço um ponto turístico amigável – mas como eles conseguirão isso?

Musk, Branson e Bezos planejam enviar turistas para o espaço
Foto: (rfeprodução/internet)

Todos os três CEOs da tecnologia fizeram proezas maravilhosas no último ano através de suas empresas, Blue Origin, SpaceX, e Virgin Galactic, apesar da pandemia em curso.

ANÚNCIO

No entanto, todos os três compartilham o mesmo objetivo: tornar a fronteira final um lugar fácil para se viajar.

Space X

De acordo com Maxim, o SpaceX do Musk há muito anunciou seu objetivo de colonizar o Planeta Vermelho. Para isso, Musk fez uma parceria com a National Aeronautics and Space Administration (NASA) para trazer dois astronautas veteranos para a Estação Espacial Internacional a bordo da espaçonave Dragão do SpaceX.

Além disso, a empresa construíra um equipamento espacial melhor para os astronautas, que eles haviam revelado no início deste ano, quando a missão começou.

ANÚNCIO

Todos os olhos estavam voltados para a missão, e ela provou ser um sucesso, marcando outra conquista para a lista em expansão da empresa de coisas que eles fizeram incrivelmente bem. 

Assim, Musk começou a detalhar mais seus planos para colonizar Marte, incluindo o envio das primeiras pessoas que devem estar “dispostas a morrer”.

Mas antes que Musk possa trazer pessoas para Marte, ele deve trazer primeiro os civis para o espaço – e ele está realmente planejando lançar quatro turistas para uma órbita super alta até 2021, indo mais alto que a ISS.

Leia também: Como poderia ser o futuro da exploração de Vênus

Os preços dos bilhetes ainda não foram revelados, mas as pessoas já estão esperando atingir alguns milhões de dólares.

Virgin Galactic

Outro concorrente para a primeira pessoa a trazer civis para o espaço é Richard Branson. Este último fundou a Virgin Galactic, que revelou seu projeto para seu jato supersônico em agosto – uma aeronave incrível que pode viajar a mais de três vezes a velocidade da luz.

A Virgin Galactic de Branson é uma empresa de pioneiros na indústria do turismo espacial, pois já vendeu mais de 600 passagens para os futuros turistas espaciais que voarão para o espaço a bordo do SpaceShipTwo, que custa US$250.000 cada.

Leia mais: Produtora quer filmar reality show no espaço

A empresa havia cumprido duas missões suborbitais em dezembro de 2018 e fevereiro de 2019.

Diz-se que entre os primeiros turistas espaciais que compraram lugares no SpaceShipTwo estão atores da lista A como Leonardo DiCaprio, Tom Hanks e Brad Pitt, assim como grandes nomes da indústria musical como Lady Gaga, Katy Perry e Justin Bieber.

A origem do projeto Artemis

Enquanto isso, Jeff Bezos tem seus olhos postos talvez em um tropo comum de ficção científica: uma base industrial no espaço.

A empresa de Bezos, Blue Origin, também foi escolhida pela NASA no início deste ano para fazer parte do Projeto Artemis, com o objetivo de trazer os humanos de volta à lua, e depois ainda mais longe, a Marte.

Para ajudar com o projeto, a empresa foi encarregada de projetar e construir um dos aterrissadores lunares humanos, que eles chamaram de Blue Moon, para a futura missão no planeta vizinho. De acordo com um relatório da TechCrunch, a empresa completou recentemente seu primeiro marco-chave.

Traduzido e adaptado por equipe Revolução.etc.br

Fonte: Tech Times, Maxim, Tech Crunch

ANÚNCIO