Internet mais segura vai evitar hackers em um futuro próximo

ANÚNCIO

Só pelo fato de navegar na internet, o usuário já está vulnerável a cair em uma fraude e ter, por exemplo, seus dados roubados. Pode ser um anúncio falso, um pop-up irritante, ou até mesmo um e-mail fazendo-se passar por outra pessoa para obter sua confiança. Mas, num futuro próximo, isto pode mudar.  

Internet mais segura vai evitar hackers em um futuro próximo
Foto: (reprodução/internet)

Cientistas britânicos que demonstraram um protótipo de rede quântica que poderia proteger as contas de cada ser humano na Internet contra hackers.  

ANÚNCIO

Rede quântica – uma solução para resolver um problema de hacking

Daily Mail UK publicou uma reportagem sobre a Universidade de Bristol, a mais nova descoberta da Inglaterra em termos de serviço de internet do mundo. Os cientistas da universidade contaram à imprensa sobre a tecnologia que recentemente demonstraram para corrigir a teoria da internet ‘ihackeável’.  

Usando física quântica e tecnologia quântica, os pesquisadores criaram uma rede ou sistema seguro que divide partículas de luz que levam informações a vários usuários da Internet a partir de uma única fonte central. Ou ainda, basta dizer um emaranhamento quântico.  

Como essa proposta funciona

O emaranhamento quântico acontece quando duas partículas que estão a um milhão de metros de distância ainda podem reproduzir-se simultaneamente. Este processo tem em conexão com o processamento de informações e até mesmo computadores quânticos.  

ANÚNCIO

Esta tecnologia, uma vez estudada, ainda mais, poderia tornar o envio de mensagens on-line tão privado quanto hoje. A rede quântica não permitiria qualquer interceptação dentro do sistema. Em termos leigos, ela impedirá os hackers de acessar suas mensagens nas mídias sociais.

“Isto representa um grande avanço e torna a Internet quântica uma proposta muito mais realista”, disse o autor do estudo Dr. Siddarth Joshi no Laboratório de Tecnologia de Engenharia Quântica (QET) da Universidade de Bristol.

Leia também: A privacidade na Internet é afetada na União Europeia

 “Até agora, a construção de uma rede quântica tem acarretado custos, tempo e recursos enormes, além de muitas vezes comprometer sua segurança, o que derrota todo o propósito”.

“Nossa solução é escalável, relativamente barata e, o mais importante de tudo, inexpugnável”. Isso significa que é uma mudança de jogo emocionante e abre o caminho para um desenvolvimento muito mais rápido e a implantação generalizada desta tecnologia”.

Como eles desenvolveram a iniciativa

Em geral, a conectividade com a Internet está sendo estabelecida através de uma conexão física como a fibra de vidro. Neste caso, foi diferente.

Os pesquisadores só criaram um sistema onde cada usuário só tem uma única fibra de vidro conectada a uma fonte de enredamento quântico.  

A Universidade de Bristol primeiro criou uma rede para oito usuários usando caixas receptoras monitoradas dentro do laboratório, cada uma recebendo informações do sistema único.  

Para conhecer a confiabilidade de sua distância, as caixas eram conectadas a fibras ópticas em toda a área e transmitiam mensagens via comunicação quântica através da rede de fibra óptica existente na cidade.  

Os cientistas por trás da experiência acreditam que a multiplicação poderia reduzir os custos de cada região com sua comunicação de mais de US$ 6 bilhões para cerca de US$ 6 milhões.  

Traduzido e adaptado por equipe Revolução.etc.br

Fontes: Tech Times, Daily Mail

ANÚNCIO