Usuários do Spotify disparam para 320 milhões, com 144 milhões de assinantes pagos

ANÚNCIO

E a quantidade de tempo que as pessoas estão ouvindo Spotify se refez a níveis pré-pandêmicos, depois que o total de horas foi atingido quando as pessoas em todo o mundo ficaram trancadas em lockdown.

Usuários do Spotify disparam para 320 milhões, com 144 milhões de assinantes pagos
Foto: (reprodução/internet)

Ao contrário da Apple, o Spotify tem a opção que permite que qualquer pessoa ouça música no app gratuitamente, com publicidade. A Apple nunca apresentou os números de seus usuários mensais ativos; quase todas as pessoas que usam o Apple Music são assinantes.

ANÚNCIO

O crescimento do Spotify no número de pessoas que usam seu serviço pelo menos uma vez por mês – os 320 milhões – foi melhor do que a empresa previu em julho, quando previa 317 milhões de ouvintes ativos mensais. Seu número total de assinantes correspondeu à parte superior de sua previsão a partir de julho.

E olhando para o final do quarto trimestre, Spotify previu que terminaria o ano com 340 milhões a 345 milhões de usuários ativos mensais e 150 milhões a 154 milhões de membros premium pagos.

O Spotify em 2020

Como a cultura em geral mudou para o streaming como a forma mais comum de ouvir músicas, Spotify e Apple Music surgiram como os líderes em uma corrida para dominar a música por assinatura.

ANÚNCIO

Embora Spotify continue sendo o maior serviço de streaming,tanto pelos ouvintes quanto pelos assinantes, a Apple Music se beneficiou da popularidade do iPhone para recrutar novos membros.

A Apple não respondeu imediatamente a um pedido de comentários sobre o crescimento da Apple Music.

Os números da plataforma, um crescimento inesperado

Spotify acrescentou quinta-feira (29) que o número de horas que as pessoas estão ouvindo Spotify superou os níveis anteriores durante o trimestre. O uso em dispositivos conectados dentro de casa, que viram um pico durante o bloqueio, também permanece acima dos níveis pré-COVID, disse a empresa.

Leia mais: Músicos apelam, Spotify discute em luta por direitos na plataforma

Para o terceiro trimestre, a Spotify, com sede na Suécia, informou uma perda de 101 milhões de euros (R$ 802,93 milhões na conversão atual), ou 53 centavos de dólar por ação, oscilando de um lucro de 241 milhões de euros, ou 1,34 euros por ação, um ano antes. A receita subiu 14% para 1,975 bilhões de euros no trimestre.

Traduzido e adaptado por equipe Revolução.etc.br

Fonte: CNet

ANÚNCIO