Empréstimo Pessoal X Consignado – Saiba qual a melhor opção

Crédito pessoal ou Crédito Consignado? Talvez você já tenha ouvido falar em algum lugar sobre essas duas modalidades, ou mesmo já tenha utilizado alguma no momento de necessidade, mas provavelmente muita gente ainda fique em dúvida sobre a diferença entre ambas e quais as vantagens de escolher entre uma ou outra.

As facilidades do mundo moderno oferecem alternativas de empréstimo que são compatíveis a situação de cada pessoa, essa não é mais uma novidade, afinal são notícias veiculadas constantemente na mídia, e apesar do receio, às vezes são uma boa possibilidade para resolver alguma urgência em nossas vidas.

Antes disso, é importante conhecer e se informar sobre a melhor opção para você no intuito de não gerar juros e dívidas a mais no seu orçamento e não trocar um problema por outro.

Empréstimo Pessoal X Consignado - Saiba qual a melhor opção
Fonte: Reprodução/Internet

Nos tópicos abaixo, saiba qual a melhor alternativa de empréstimo para a sua situação, se pessoal ou consignado.

O Crédito Pessoal

Essa modalidade de empréstimo é voltada principalmente para pessoas que utilizam algum serviço em instituição financeira, o que facilita a solicitação do crédito, mas também pode ser requerida por quem não possui vínculo, que neste caso terá uma análise de concessão mais demorada, sendo assim qualquer um pode solicitar.

ANÚNCIO

Essa linha de crédito oferece liberdade, visto que não é necessário justificar o motivo do pedido, então qualquer que seja a intenção (comprar uma casa, um carro, investimento em estudos etc.), a avaliação será feita por meio de informações sobre renda pessoal. Antes de fechar o negócio é fundamental ficar atento as cláusulas contratuais, sobretudo no que diz respeito aos juros cobrados pelos bancos.

O crédito Consignado

Alternativa destinada aos profissionais que possuem carteira assinada e que podem ter desconto em folha de salário, essa modalidade de empréstimo acaba por atender uma população mais específica, como funcionários públicos, trabalhadores em geral e aposentados.

Ter uma renda proporcional ao empréstimo solicitado é a garantia dos bancos sobre o pagamento do crédito. Os juros também incidem nesta modalidade, mas são relativamente mais acessíveis, a aceitabilidade do empréstimo é que a pessoa não tenha sua renda afetada em mais que 35% do total considerando todos os descontos previstos em folha salarial.

Diferenças entre Crédito Pessoal e Crédito Consignado

Primeiramente é preciso considerar uma semelhança entre ambas as modalidades: as duas são destinadas a pessoas físicas, então qualquer indivíduo pode solicitar o empréstimo frente a uma instituição financeira. Agora vamos as diferenças.

Como já mencionado, o Crédito Consignado tem desconto em folha de pagamento (com juros bem menores), basta ter um emprego com carteira assinada, ou receber algum benefício do INSS.

Para isso, mesmo que o nome esteja sujo junto ao SPC e Serasa, ainda assim poderá ser feito o pedido de empréstimo, porque a garantia do banco é a renda mensal certa do solicitante.

Frequentemente o crédito tem duração de pagamento de até seis anos (sendo o limite). Em contramão, o Crédito Pessoal em sua avaliação não poderá atender clientes com o “nome sujo”, já que para sua concessão é avaliada informações de renda e débitos em aberto.

Porém, enquanto o Consignado tem limite de concessão de crédito para não afetar no orçamento pessoal do trabalhador, o crédito Pessoal não possui essa restrição, portanto, o empréstimo será feito com limite baseado nas condições financeiras do solicitante, o que consequentemente vai variar para cada um.

Os juros

  • Crédito Pessoal: ao mês ficam entre 6% (que podem variar a depender do prazo solicitado para pagamento).
  • Crédito Consignado: ao mês podem chegar até 2.5% (a depender da relação trabalhista do solicitante).

Qual a melhor opção de empréstimo?

Agora que você entendeu como funciona cada modalidade, talvez já consiga ter um parecer sobre a melhor opção para o seu caso, mas se ainda possui dúvidas e receios, saiba que infelizmente a vida financeira pode não te dar muitas escolhas, além de fazer um empréstimo para alcançar um objetivo a curto prazo, porque nem tudo pode esperar.

Faça uma avaliação pessoal, um planejamento detalhado de todo o seu orçamento, procure o seu banco, entenda os termos do contrato de empréstimo, e veja quais as taxas de juros que ficam mais acessíveis, negocie prazos, mas em última instância, se você pode fazer um empréstimo Consignado, opte por essa modalidade, afinal o desconto já vai ser automático, sem mais preocupações.

ANÚNCIO