Emirados Árabes Unidos lançarão missão lunar em 2024

ANÚNCIO

Os Emirados Árabes Unidos planejam enviar uma nave espacial não tripulada para a lua em 2024, disse um alto funcionário dos Emirados Árabes Unidos na terça-feira.

Emirados Árabes Unidos lançarão missão lunar em 2024
Foto: (reprodução/EAUTwitter)

A aposta nas estrelas da nação rica em petróleo vai se tornar a quarta nação na Terra a atingir esse objetivo, caso realmente consigam.

ANÚNCIO

O anúncio feito pelo governante de Dubai, Sheikh Mohammed bin Rashid Al Maktoum, que também atua como vice-presidente e primeiro-ministro dos Emirados Árabes Unidos, mostra a rápida expansão do programa espacial que leva seu nome.

Já uma sonda espacial Emirati está a caminho de Marte, enquanto no ano passado enviou seu primeiro astronauta para a Estação Espacial Internacional.

“Será um rover lunar feito pelos Emirados que pousará na superfície da lua em 2024 em áreas que não foram exploradas anteriormente por missões humanas”, escreveu Sheikh Mohammed no Twitter.

ANÚNCIO

Ele não elaborou sobre o local que os EAU planejavam explorar, nem como eles lançariam o rover no espaço. O lançamento de sua sonda Amal, ou “Hope”, para Marte ocorreu no Centro Espacial Tanegashima, no Japão, em julho.

 A Mitsubishi Heavy Industries, que lançou aquela sonda, disse que nada havia sido decidido sobre o lançamento do rover lunar.

Os planos do EAU

O Emirati rover estudará a superfície lunar, a mobilidade na superfície da lua e como diferentes superfícies interagem com as partículas lunares, disse o governo. 

O rover de 10 quilos levará duas câmeras de alta resolução, uma câmera microscópica, uma câmera de imagem térmica, uma sonda e outros dispositivos, disse ele.

Sheikh Mohammed disse que o rover seria chamado de “Rashid”, o mesmo nome de seu falecido pai, Sheikh Rashid bin Saeed Al Maktoum.

 O Sheikh Rashid foi um dos governantes fundadores originais dos Emirados Árabes Unidos, uma federação de sete xecados na Península Arábica.

O Sheikh Mohammed fez o anúncio no Twitter após uma reunião de com autoridades. 

Se for bem-sucedido em 2024, os EAU poderão se tornar a quarta nação na Terra a pousar uma nave espacial na lua, depois dos EUA, da União Soviética e da China. A Índia tentou e não conseguiu aterrissar uma espaçonave no ano passado. 

Leia também: Como poderia ser o futuro da exploração de Vênus

Israel também viu sua própria pequena espaçonave cair na superfície lunar no ano passado, antes de aterrissar, falhando em uma tentativa ambiciosa de fazer história como a primeira aterrissagem lunar com financiamento privado.

O caminho espacial do EAU

Em julho, a sonda Amal dos Emirados Árabes Unidos foi lançada do Japão. Ela permanece a caminho de Marte e deverá chegar ao planeta vermelho em fevereiro de 2021, ano em que os EAU comemoram 50 anos desde a formação do país. 

Em setembro desse ano, Amal começará a transmitir dados atmosféricos de Marte, que serão colocados à disposição da comunidade científica internacional, dizem as autoridades.

Uma missão bem sucedida à lua seria um passo importante para a economia dependente do petróleo em busca de um futuro no espaço. Os Emirados Árabes Unidos também estabeleceram o ambicioso objetivo de construir uma colônia humana em Marte até 2117.

Traduzido e adaptado por equipe Revolução.etc.br

Fonte: AP News, Twitter

ANÚNCIO