Pressão arterial é medida por selfie através de aplicativo

Através do aplicativo Anura, que foi desenvolvido no Canadá, é possível medir a pressão arterial com uma precisão de quase 100%.

A tecnologia, mais uma vez, está mostrando o ganho que proporciona à área da saúde, através de aplicativos de fácil acesso para a população; descomplicados, por assim dizer. Cientistas da Universidade de Toronto, no Canadá, descobriram, por acidente, uma maneira de medir a pressão arterial a partir de uma filmagem com o smartphone.

Anura
Foto: (reprodução/internet)

O projeto ainda está em desenvolvimento e vai levar algum tempo para ser pronto. Ele vai englobar muito mais do que o recurso de medir a pressão arterial — pelo vídeo que foi disponibilizado, cujo link estará no final do texto. É possível ver que o app mostra um real panorama da saúde de uma pessoa. E o intuito é claro: facilitar a realização de exames para um futuro próximo.

Como funciona?

O procedimento é chamado de imagem óptica transdérmica (chamado de TOI, em inglês) e foi testado em mais de 1,3 mil pessoas, tendo, como equipamento para medir a pressão arterial, apenas um iPhone com sua câmera em funcionamento e o aplicativo que poderá ser baixado em breve.

A resposta obtida pelas imagens do celular foram comparados à resposta obtida a partir das medições tradicionais. E o resultado foi de 96% de precisão, o que indica que o app, mesmo ainda estando em desenvolvimento, já está muito bem-encaminhado.

ANÚNCIO

O aplicativo é chamado de Anura e a medição da pressão arterial que ele realiza acontece porque há o reflexo da hemoglobina com a luz emitida pelo celular no momento em que o vídeo é gravado. O vídeo disponibilizado pela empresa mostra como a pessoa se vê e como o aplicativo a vê, com diversos pontos vermelhos pelo rosto. Basta 30 segundos e a medição está completa.

É, de fato, um dos aplicativos que prometem revolucionar a saúde e o futuro, de um modo geral.

Como foi descoberto o Anura?

O mais interessante — e, também, o mais engraçado — dessa situação é que a criação do aplicativo se deu graças a um acaso. Os cientistas perceberam, em uma eventualidade, que era possível, ao gravar um vídeo, descobrir como está a pressão arterial de uma pessoa. E assim se deu o início do que viria a ser o Anura.

Na verdade, os cientistas queriam desenvolver um detector de mentiras que utilizasse o sensor óptico dos smartphones. Mas, enquanto esse sensor de mentiras não é desenvolvido, os canadenses já poderão usufruir de um aparelho para medir a pressão arterial que está incluso no smartphone.

O aplicativo Anura virá para o Brasil?

Infelizmente, ainda não se tem essa confirmação, mas a novidade traz bastante ansiedade, e o burburinho corre em todo o mundo, tendo em vista os resultados precisos que o aplicativo Anura traz.

É surpreendente o modo como o aplicativo foi desenvolvido para captar sutilezas da imagem facial. Por esse motivo, pela demanda dele, é provável que o aplicativo chegue ao Brasil em um futuro próximo, embora ainda não se saiba quanto custará e qual é previsão de lançamento.

ANÚNCIO