YouTube recebe novos gestos e controles de reprodução em seu app

ANÚNCIO

O YouTube está atualizando seus aplicativos móveis com alguns novos recursos que devem facilitar um pouco a visualização e o controle de vídeos, com novos gestos, controles de player atualizados e recursos adicionais.

YouTube recebe novos gestos e controles de reprodução em seu app
Foto: (reprodução/internet)

A maior atualização é um novo gesto para ativar ou desativar o vídeo em tela cheia: em vez de tocar o botão (ou girar o telefone), agora o usuário poderá deslizar para cima na janela de vídeo para entrar em tela cheia e deslizar para baixo para voltar para a página padrão do player.

ANÚNCIO

Esses gestos só funcionarão ao deslizar na própria janela de reprodução – assim o usuário não precisa se preocupar em confundir com os gestos para sair de aplicativos tanto no iOS quanto no Android.

Há também alguns botões novos no reprodutor de vídeo: há agora uma nova alternância de captura fechada que aparece diretamente no menu de sobreposição, junto com a alternância para ligar ou desligar o vídeo de reprodução automática.

Mais upgrades

O usuário também pode tocar no marcador de reprodução de um vídeo para alternar entre a visualização de quanto tempo se passou em um vídeo e quanto tempo ainda resta.

ANÚNCIO

Os aplicativos atualizados também apresentam uma versão ampliada dos capítulos de vídeo que o YouTube vem desenvolvendo ao longo dos últimos meses.

Agora, há uma nova exibição de lista que mostra todos os capítulos do vídeo, incluindo uma miniatura (como um menu de DVD).

Leia também: Novo Windows 10 corrige muitos bugs, apresenta novo layout e mais

Finalmente, o YouTube está adicionando um novo conjunto de “ações sugeridas” – pequenos avisos que recomendarão aos usuários rodar seus telefones (talvez usando aquele novo gesto em tela cheia mencionado anteriormente) ou usar um fone de ouvido VR para uma melhor experiência assistindo a um vídeo.

O YouTube diz que estará trabalhando para adicionar mais ações sugeridas no futuro, também.

Traduzido e adaptado por equipe Revolução.etc.br

Fonte: The Verge

ANÚNCIO