YouTube anuncia séries originais “dedicadas à amplificação das vozes negras”

ANÚNCIO

Esse é o primeiro grande anúncio do Fundo #YouTubeBlack Voices.

YouTube anuncia séries originais "dedicadas à amplificação das vozes negras" 3
Foto: (reprodução/internet)

O YouTube está revelando a primeira tabela de shows a sair de seu fundo de US$ 100 milhões dedicado a amplificar as vozes dos criadores negros, recentemente nomeado Fundo #YouTubeBlack Voices.

ANÚNCIO

Os espetáculos incluem Resist, uma série documental de 12 episódios sobre injustiça no policiamento, fiança e encarceramento; Onyx Family Dinner, uma série infantil sobre famílias compartilhando “perspectivas diferentes” e “histórias que provocam pensamentos”.

Além de Barbershop Medicine, que examina como a raça afeta os cuidados com a saúde; Bear Witness, Take Action Part Two, um seguimento do especial de caridade de estreia do fundo focado na justiça racial; e HBCU Homecoming 2020: Meet Me On The Yard, um evento beneficente ao vivo arrecadando dinheiro para o United Negro College Fund e para o Thurgood Marshall College Fund.

Há também seis próximos especiais do YouTube e séries originais que não faziam parte do fundo, mas que o YouTube diz “centrar-se na experiência global dos negros e abordar a justiça racial”. Isso inclui uma série chamada Trapped: Cash Bail in America, que examina as desigualdades raciais no sistema de justiça.

ANÚNCIO

Na lista também está incluso um episódio especial do BookTube com Jason Reynolds, co-autor de Stamped: Racism, Antiracism, e You.  

O YouTube diz que o fundo apoiará três anos de aquisições e produções para o YouTube Originals. O objetivo é destacar “experiências negras ao redor do mundo” e “apoiar diretamente os criadores e artistas negros para que eles possam prosperar no YouTube”.

Leia também: CEO do Google, anuncia financiamento para empresas de negros

O fundo foi anunciado no início de junho, quando protestos de Black Lives Matter instaram as empresas a considerarem suas falhas no apoio às comunidades negras. Grandes empresas de tecnologia começaram a fazer doações e a estabelecer fundos dedicados a apoiar empresas e organizações de propriedade de negros.

Traduzido e adaptado por equipe Revolução.etc.br

Fonte: The Verge

ANÚNCIO