WhatsApp desenvolve recurso que apaga a mídia depois de visualizada

ANÚNCIO

Uma nova atualização do WhatsApp tornará possível aos usuários excluir uma imagem, vídeo ou gif do telefone de outra pessoa depois de ter enviado a imagem para eles.

WhatsApp desenvolve recurso que apaga a mídia depois de visualizada
Foto: (reprodução/internet)

É chamado de ‘Expiring Media’ e foi notado pela primeira vez pelo site WaBetaInfo, que relatou que isto fará com que a mídia desapareça depois de ser vista dentro de um chat, de um modo semelhante ao que funciona no Snapchat.

ANÚNCIO

Se você quiser enviar uma mensagem de Expiring Media, basta selecionar a opção ‘ver uma vez’ antes de enviar uma mídia para outra pessoa, e então, quando aparecer, eles só poderão vê-la quando estiverem no bate-papo.

Ao sair da janela do bate-papo, eles receberão uma mensagem que declara: “Esta mídia desaparecerá assim que você sair deste bate-papo”.

Quando a pessoa retornar ao bate-papo, ela receberá uma mensagem dizendo que a foto que viu foi apagada.

ANÚNCIO

Previsão de lançamento

Entretanto, vai demorar um pouco até que este recurso seja lançado, mas se acredita que esteja em desenvolvimento como parte da versão beta do WhatsApp para Android 2.20.2011 do aplicativo de mensagens sociais.

Na verdade, não se sabe ao certo quando vai ser o lançamento, mas ele certamente adicionará um nível extra de segurança para aqueles – que provavelmente são muitas pessoas – que enviam coisas e depois se arrependem da decisão.

Estes tipos de recursos são geralmente apresentados gradualmente como uma forma de testar se o recurso funciona e é útil, então nos próximos meses, vale a pena ficar de olho aberto para ver se você pode utilizar o recurso.

Leia também: Facebook vai integrar informações de login e pagamento em suas plataformas

O WhatsApp é, de longe, o aplicativo de mensagens mais popular do mundo, com mais de dois bilhões de usuários de todo o mundo.

Isso significa que o desenvolvimento às vezes pode ser um processo lento, pois a introdução de novos recursos no aplicativo – que pertence ao Facebook – pode ser demorado e potencialmente arriscado se houver um amontoado de problemas a serem resolvidos.

Traduzido e adaptado pela equipe Revolução.etc.br

Fontes: LADBible, WaBetaInfo

ANÚNCIO