A vacina COVID-19 pode estar pronta no final do ano, diz a OMS

ANÚNCIO

Uma vacina contra a COVID-19 pode estar pronta no final do ano, disse o chefe da Organização Mundial da Saúde (OMS) na terça-feira (06).

A vacina COVID-19 pode estar pronta no final do ano, diz a OMS
Foto: (reprodução/internet)

O Diretor-Geral da OMS, Tedros Adhanom Ghebreyesus, pediu solidariedade e compromisso político de todos os líderes das nações para garantir a distribuição igualitária das vacinas quando elas estiverem disponíveis.

ANÚNCIO

“Vamos precisar de vacinas e há esperança de que até o final deste ano possamos ter uma vacina”. Há esperança”, disse Tedros em comentários finais à reunião do Conselho Executivo da OMS que examinou a resposta global à pandemia.

Como estão as vacinas até agora

O regulador de saúde da UE lançou uma revisão em tempo real de uma vacina COVID-19 desenvolvida pelo fabricante americano de medicamentos Pfizer e pela BioNTech da Alemanha, disse na terça-feira, após um anúncio semelhante para o AZN.L jab da rival AstraZeneca na semana passada

 O anúncio da Agência Europeia de Medicamentos (EMA) poderia acelerar o processo de aprovação de uma vacina de sucesso no bloco.

ANÚNCIO

Nove vacinas experimentais estão em preparação na instalação global de vacinas COVAX liderada pela OMS, que visa distribuir 2 bilhões de doses até o final de 2021.

Leia também: Enquanto as nações ricas lutam, a resposta da África ao COVID-19 é elogiada

Até agora, cerca de 168 países aderiram às instalações da COVAX, mas nem a China, nem os Estados Unidos, nem a Rússia estão entre eles. 

O governo Trump disse que está confiando em acordos bilaterais para garantir o abastecimento dos fabricantes de vacinas.

“Especialmente para as vacinas e outros produtos que estão em preparação, a ferramenta mais importante é o compromisso político de nossos líderes especialmente na distribuição equitativa das vacinas”, disse Tedros.

“Precisamos uns dos outros, precisamos de solidariedade e precisamos usar toda a energia que temos para combater o vírus”, disse ele.

Traduzido e adaptado por equipe Revolução.etc.br

Fonte: Reuters

ANÚNCIO