U-Safe: aplicativo protege motoristas contra acidentes

Aplicativo U-Safe, que ajuda a preservar a vida de animais selvagens, domésticos e dos próprios usuários, chegou.


Nos últimos tempos, surgiu uma onda de aplicativos úteis, que não são ligados ao entretenimento mas que servem como um serviço de utilidade. Um desses aplicativos é o U-Safe, que é um app que protege motoristas e animais contra acidentes. Neste artigo, é possível saber mais do assunto.

O que é o U-Safe?

O Brasil tem, em sua totalidade, cerca de 1,7 milhão de quilômetros apenas de rodovias e estradas, sendo que apenas 200 mil quilômetros são asfaltados. Nisso, é possível perceber também que as estradas brasileiras nem sempre estão em boa qualidade, o que pode provar diversos tipos de acidentes.

U-SAFE
Foto: (reprodução/internet)

Em algumas regiões, os índices de acidentes estão aumentando em vez de diminuir, provocando ferimentos e até mortes. Visto que há pouca implementação de segurança nas ruas por parte dos governos, um aplicativo como o U-Safe vem muito bem a calhar.

O U-Safe é um aplicativo que utiliza da inteligência artificial para cruzar dados reais e que são constantemente atualizados sobre acidentes de animais, a fim de que os motoristas possam se organizar para saber os trechos de estradas e rodovias com os quais precisam de maior cuidado.

ANÚNCIO

Mais do que uma economia de tempo

Não é apenas um aplicativo no qual, a partir dos dados disponibilizados, é possível escolher melhores trajetos — que não sejam acometidos por acidentes que dificultam a circulação — por onde dirigir. É um aplicativo que ajuda a salvar vidas humanas e da biodiversidade brasileira, que é única em todo o mundo.

O aplicativo U-Safe é muito mais complexo do que se pensa dele quando a pessoa apenas ouve falar dele por alto. Ele funciona com “anéis de proteção”, que avisam quais são as áreas em que, nas condições do momento, há maiores chances de atropelar um animal ou de sofrer um acidente.

O período de testes

Nos primeiros dias do lançamento do aplicativo, o U-Safe vai apenas liberar diagnósticos de estradas e rodovias para alguns lugares, a fim de saber se tudo vai correr bem e para que possam ser desenvolvidas melhorias do aplicativo. Nos próximos meses, haverá a possibilidade de baixar novos trechos das ruas.

Mas algum tipo de informação, mesmo para as áreas onde os trechos não foram liberados para diagnóstico em tempo real, é possível ver em históricos de atropelamentos que ali ocorreram, a fim de que o condutor perceba se é uma área em que é costumeiro acontecer esse tipo de coisa.

O que é o U-Safe?

O professor e pesquisador Alex Bager, que está na linha de frente do Centro Brasileiro de Estudos em Ecologia de Estradas da Universidade Federal de Lavras, que fica em Minas Gerais, que também é idealizador do U-Safe, falou que, atualmente, nem toda instalação para a redução de acidentes é barata.

“Trabalhos científicos publicados em vários países mostram que as áreas críticas para atropelamentos de fauna, e assim com maior risco para acidentes com pessoas, podem mudar ao longo do tempo, inutilizando medidas convencionais como pontes, túneis e cercas”, disse ele.

E ainda explicou que “tais medidas são imprescindíveis em algumas situações, mas a maioria daquelas já instaladas no Brasil carecem de avaliações de efetividade”.

ANÚNCIO