Turista avista monstro do Lago Ness – e não é a primeira vez

ANÚNCIO

O Sr. Van-Schuerbeck não tinha ideia de que havia capturado imagens da criatura  até que olhou para suas fotos de férias e avistou um misterioso objeto escuro no lago.

Turista avista monstro do Lago Ness - e não é a primeira vez
Foto: (reprodução/internet)

Um turista afirma ter avistado o monstro de Lago Ness enquanto passava férias com sua família, mas não se deu conta até que olhou para trás em suas fotos.

ANÚNCIO

O Sr. Van-Schuerbeck marca agora o sétimo contato oficial com a criatura misteriosa este ano.  

Ele registrou um objeto escuro à distância perto de Point Clair, perto do Lago Ness, na Escócia às 14h22 do sábado, 29 de agosto.

Ele agora foi aceito pelo Registro Oficial de Avistamentos do Lago Ness.

ANÚNCIO

No início deste ano, um bombeiro registrou o sexto – e um dos “clássicos” – avistamentos do Monstro do Lago Ness.

O bombeiro Ross MacAulay viveu toda sua vida ao redor de Lago Ness e não acreditava na Nessie.

Leia também: Atração australiana permite que os visitantes se encontrem frente a frente com crocodilos

Mas ele – e seus companheiros bombeiros – ficaram “perplexos” com a criatura de 12 pés de comprimento que Ross fotografou em seu celular.

É também o primeiro avistamento aceito da Nessie por uma testemunha no lago este ano, com os outros cinco registrados pela camêra no lago.

Mas na quarta-feira 8 de julho, Ross estava dirigindo nos arredores de Fort Augustus, próximo ao lago quando olhou para a água, cerca de 60 metros abaixo da estrada.

“Havia um par de caiaques, mas 100 metros à frente deles estava algo abaixo da superfície. No início eu pensei que era uma grande rocha debaixo d’água e continuei dirigindo”, disse Ross.

“Depois pensei ‘nunca tinha havido uma pedra lá antes’ – então a curiosidade levou a melhor sobre mim. Eu me virei e estacionei em um longo estacionamento.

“O objeto havia se movido e agora estava no meio do lago. Os caiaques estavam muito mais para trás. A criatura deve ter feito 400 metros em um minuto – e contra o vento.

Traduzido e adaptado por equipe Revolução.etc.br

Fonte: Mirror.co.uk

ANÚNCIO