“Táxis voadores”, o novo projeto futurístico chega nos EUA

ANÚNCIO

Os residentes da Flórida nos EUA em breve poderão ver “táxis voadores”, movidos a jato.

"Táxis voadores", o novo projeto futurístico chega nos EUA 3
Foto: (reprodução/internet)

A Flórida é famosa por suas estranhas histórias. Só nas últimas semanas, uma moradora relatou um jacaré em sua garagem que acabou sendo uma boia de piscina; outra descobriu uma píton em sua máquina de lavar; e um cavalo precisava ser retirado de uma fossa séptica por bombeiros.

ANÚNCIO

Ainda assim, os residentes de Orlando podem ver táxis voadores na cidade, pois eles podem estar chegando.

A Lilium Aviation, uma empresa sediada em Munique, na Alemanha, que projeta e fabrica jatos elétricos, está buscando incentivos fiscais na cidade para construir um centro de transporte de 17068,8 metros quadrados com a promessa de que criará 100 empregos em troca.

A estratégia da Lilium Aviation

De acordo com o Orlando Business Sentinel, as instalações propostas – uma área de decolagem e pouso que faria parte da primeira rede de transporte da Lilium nos EUA – representariam um investimento de US$ 25 milhões e, de acordo com as próprias estimativas da cidade, gerariam US$ 1,7 milhões em impacto econômico em um período de 10 anos.

ANÚNCIO

É um momento importante para Lilium – cujos aviões não devem estar em operação até 2025 – para conversar com as cidades sobre receitas adicionais dos aeroportos.

Leia mais: Empresa revela protótipo de jato supersônico comercial

O tráfego de passageiros caiu devido à pandemia, e o tráfego de carga também não foi poupado. Enquanto isso, 95% da receita dos aeroportos vem de serviços aeronáuticos e não aeronáuticos.

A Lilium também tem mais de dinheiro para gastar, depois de levantar US$ 35 milhões em novos financiamentos em junho liderados por Baillie Gifford, o maior investidor da Tesla – uma rodada que elevou o financiamento total da empresa até hoje para US$ 375 milhões.

Os investidores anteriores da empresa incluem Atomico, Tencent Holdings e Freigeist.

Traduzido e adaptado por equipe Revolução.etc.br

Fontes: Tech Crunch, Crunchbase, Biz Journals, 4 News, News 18

ANÚNCIO