Porsche pesquisa combustíveis sintéticos para tornar os carros sustentáveis

ANÚNCIO

O caminho para veículos sustentáveis provavelmente termina em carros elétricos, mas o caminho para este objetivo não é claro. Há várias maneiras de chegar lá, e a Porsche está olhando para os combustíveis sintéticos como um caminho potencial.

Porsche pesquisa combustíveis sintéticos para tornar os carros sustentáveis
Foto: (reprodução/internet)

 Estes chamados combustíveis eletrônicos são produzidos a partir de CO2 e hidrogênio. Se produzidos usando energia renovável, eles podem ajudar os veículos movidos por motores de combustão interna (ICE) a se tornarem mais sustentáveis antes do fim de sua vida útil.

ANÚNCIO

Olhando para a linha atual da Porsche, é fácil ver para onde o fabricante de automóveis está indo: Carros esportivos elétricos. Em 2020, a montadora tem um sedan esportivo elétrico e uma versão elétrica de seu pequeno utilitário esportivo em breve. 

A montadora também tem híbridos disponíveis. A montadora diz que metade de seus veículos será elétrica até 2025.

“Estamos vendo muitas novas regulamentações surgindo em todo o mundo”, disse Detlev von Platen, membro do Conselho Executivo de Vendas e Marketing, nas Sessões da TC: Mobilidade 2020. “A Califórnia é um exemplo”, ele complementa.

ANÚNCIO

“A Europa e a China se tornarão ainda mais complicadas no futuro, e vemos a transformação chegando muito rapidamente. E até certo ponto, o desenvolvimento e produção de motores de combustão e carros em torno desta tecnologia se tornará ainda mais caro que um veículo a bateria. As coisas estão se movendo muito rápido”.

A aposta da Porsche

Os governos do mundo inteiro estão usando regulamentações agressivas para empurrar os fabricantes de automóveis para um futuro elétrico, embora essa meta não se aplique aos milhões de veículos movidos a gasolina que já estão na estrada.

Von Platen explica que a meta da Porsche é alcançar os compromissos estabelecidos pelo Acordo Climático de Paris antes do prazo previsto. 

Para isso, é preciso reduzir o impacto ambiental de toda a indústria automobilística, e a Porsche vê os combustíveis eletrônicos como uma forma de reduzir o impacto ambiental dos veículos de combustão interna atuais e futuros. 

Leia mais: Empresa de tecnologia abre caminho para carros sem condutores

Se produzidos usando energia renovável, isso resultaria em veículos movidos a ICE (motores de combustão interna) sendo alimentados por um combustível de fonte renovável.

A Porsche está em uma posição única: 70% dos veículos que já produziu ainda estão na estrada. 

Seus proprietários estão geralmente entusiasmados e é pouco provável que negociem em seus clássicos Porsche por um veículo elétrico. 

O futuro da indústria automobilística 

A empresa vê o eFuel como uma forma de reduzir o impacto ambiental desses veículos, mantendo-os na estrada.

Este novo tipo de combustível sintético é produzido a partir de hidrogênio e CO2. A Porsche diz que este combustível compartilha propriedades com querosene, diesel e gasolina produzidos a partir do petróleo bruto em seu termo mais básico.

“Esta tecnologia é particularmente importante porque o motor a combustão continuará a dominar o mundo automotivo por muitos anos”, disse Michael Steiner, membro do Conselho Executivo de Pesquisa e Desenvolvimento, em uma declaração divulgada em setembro. 

“Se você quiser operar a frota existente de maneira sustentável, os eFuels são um componente fundamental”, ele diz.

Combustíveis sintéticos e a Porsche

Os combustíveis sintéticos foram experimentados no passado e ganharam pouca tração a longo prazo. A Porsche quer influenciar esta nova raça de especificações de combustíveis sintéticos para garantir que o eFuel funcione dentro dos motores de desempenho da Porsche.

Leia também: O “carro voador” do Japão levanta voo, com uma pessoa a bordo

 “Quando o E10 chegou ao mercado, a mistura tinha algumas desvantagens. Deve ser diferente desta vez: deve ter vantagens”, disse Steiner.

“Iniciamos um programa piloto para falar sobre a industrialização desta tecnologia de combustível para torná-la mais barata, pois ainda é bastante cara em comparação com os combustíveis fósseis”, disse von Platen.

 “Se isto funcionar no futuro, poderemos ter algo que aumente a criação de sustentabilidade além da tecnologia de baterias”, von Platen complementa.

Traduzido e adaptado por equipe Revolução.etc.br

Fontes: Tech Crunch, Newsroom Porsche

ANÚNCIO