Novo aplicativo de transporte para idosos

Os aplicativos de mobilidade se tornaram algo muito comum no dia a dia das pessoas, graças à praticidade e conforto que ele oferece aos passageiros. Contudo, para o público mais velho, esses aplicativos ainda não são tão práticos assim.

Pensando nos problemas que os idosos têm, e em como melhorar o serviço para que eles possam se incluir na tecnologia, os irmãos Gabriel e Victória Barboza desenvolveram um aplicativo especializado na corrida e acompanhamento de pessoas idosas.

Este aplicativo é o EuVô, plataforma que já atua em São Paulo oferecendo serviços de transporte e acompanhamento para idosos. 

Novo aplicativo de transporte para idosos
Foto: (reprodução/internet)

Como funciona o aplicativo?

O EuVô apresenta algumas diferenças em relação aos outros aplicativos de mobilidade comuns (Uber e 99Pop). Por exemplo, no EuVô todas as corridas são iniciadas e finalizadas deixando o passageiro na porta de casa. Isso porque o motorista também exerce a função de acompanhante do passageiro.

Para utilizar o aplicativo, é necessário criar uma conta no site do EuVô, a fim de criar uma página personalizada para as suas preferências.

ANÚNCIO

Para solicitar uma corrida, é necessário fazer um agendamento de até 3 horas de antecedência.

O passageiro paga um valor aproximado ao custo de um táxi comum. Se preferir, o serviço pode ser comprado através de um pacote, ao invés de pagar pelas corridas individuais.

Os motoristas do EuVô podem atuar também como secretários (caso sejam solicitados), acompanhando os idosos em compras no supermercado, consultas no médico, dentre outras funções.

Motoristas cadastrados

O aplicativo está em fase de testes desde outubro do ano passado, na cidade de São Carlos. Contudo, recentemente, a plataforma se expandiu, estando agora também na grande São Paulo.

Hoje, ela conta com a ajuda de 43 motoristas cadastrados e treinados. Mas a lista de espera para motoristas já possui mais 1,5 mil pessoas interessadas.

Para ser aceito como motorista do EuVô, os candidatos devem passar por um treinamento para aprenderem a lidar com idosos. Portanto, os motoristas cadastrados no aplicativo estão preparados para lidar com muitas situações.

O EuVô tem atraído a atenção dos motoristas, pois ele pode oferecer mais lucro do que outros aplicativos como o Uber e o 99Pop. Isso ocorre porque, ao oferecer serviço de acompanhante, o motorista estará recebendo sem usar o carro, economizando combustível e outros gastos que podem ser gerados.

Como nasceu o EuVô

Os desenvolvedores do projeto do EuVô foram dois irmãos. Gabriel e Victória Barboza passaram por uma complicada situação na vida, pois a mãe deles foi diagnosticada há 27 anos atrás com esclerose múltipla.

Com o tempo, os movimentos da mãe passaram a ficar limitados, e logo ela não podia nem mais dirigir. Nesse período, os irmãos tiveram de usar o próprio carro para conduzir a mãe.

Foi pensando na dificuldade de locomoção da mãe e na falta de acessibilidade nos serviços de aplicativo que Gabriel e Victória criaram o EuVô.

A experiência de trabalhar com idosos pode ser enriquecedora para os usuários, mas, mais do que isso, trabalhar com idosos exige paciência, educação, respeito e empatia.

ANÚNCIO