Nova configuração do Gmail ‘personaliza’ aplicativos Google

ANÚNCIO

A nova configuração do Gmail controla se os e-mails são usados para ‘personalizar’ os aplicativos Google.

Nova configuração do Gmail 'personaliza' aplicativos Google
Foto: (reprodução/internet)

No início deste ano, o Google anunciou que, por padrão, apagaria automaticamente os dados de localização e pesquisa. Com base nisso, a empresa está introduzindo duas configurações para controlar “se seus dados no Gmail, Meet e Chat podem ser usados para oferecer recursos ‘inteligentes’ nestes e em outros produtos Google”.

ANÚNCIO

O upgrade do Gmail e os serviços Google

A primeira preferência determina se o usuário deseja usar o Gmail com “recursos inteligentes”. Hoje em dia, isto inclui:

-Categorização automática de e-mails nas caixas de entrada;

-Composição inteligente;

ANÚNCIO

-Cartões de resumo para compras, reservas de viagens e pacotes;

-Criação do calendário de eventos a partir de datas e outros detalhes em e-mails;

Esta próxima atualização pergunta aos usuários se eles querem continuar usando esses recursos ou não. O Google adverte que isso “desabilitará ou degradará o desempenho dos recursos” e que pode ser reativado a qualquer momento.

Entretanto, o Google diz que “Se o usuário decidir não usar recursos inteligentes e personalização, ainda poderá usar o Gmail e nossos outros produtos.”

Outros recursos nas contas do Google

A seguir, outra nova configuração que determina se o Chat, Meet, e – principalmente – os dados do Gmail são usados para personalizar o Assistente, Mapas, Google Pay, e Viagens. Ter isso habilitado permite que o usuário “tire o máximo proveito dos produtos”.

Por exemplo, o Assistente tem, há algum tempo, mostrado lembretes de contas, enquanto o Mapas exibirá as próximas reservas e o Google Pay automaticamente aparece para o usuário.

Leia também: Google Fotos: Armazenamento ilimitado gratuito acaba em 2021

Caso contrário, o usuário estará usando “versões limitadas de outros produtos Google”.  A empresa observa que “os anúncios não são baseados em seus dados pessoais no Gmail, não importa qual escolha você faça”.

Gerenciamento de contas, reservas, conversas e mais

O usuário pode desativar muitos desses recursos inteligentes hoje, entrando nas configurações de aplicativos. Entretanto, o Google espera que esta atualização do Gmail simplifique o processo de gerenciamento. Ele também reflete a pesquisa do usuário e os mandatos regulatórios.

Leia mais: Google pede ajuda aos usuários para desenvolver IA no Google Photos

O Google diz que “O que há de novo é uma escolha mais clara sobre o processamento de dados que os torna possíveis.”

“Esta nova configuração foi projetada para reduzir o trabalho de compreensão e gerenciamento desse processo, em vista do que aprendemos com a pesquisa de experiência do usuário e a ênfase dos reguladores em escolhas compreensíveis e acionáveis do usuário sobre os dados.”

Estas novas configurações do Gmail estarão disponíveis nas “próximas semanas”.

Traduzido e adaptado por equipe Revolução.etc.br

Fontes: 9to5 Google, Google blog

ANÚNCIO