Homem corre meia maratona em avião vazio para levantar dinheiro para apoio ao câncer

ANÚNCIO

Um membro da tripulação da cabine correu 20km a 36.000 pés acima do chão para caridade, lutando com turbulência em uma tentativa de completar uma meia maratona enquanto em um voo vazio de oito horas.

Homem corre meia maratona em avião vazio para levantar dinheiro para apoio ao câncer
Foto: (Reprodução/Instagram/henrykehr)

Henry Kehr, 25 anos, terminou a façanha enquanto viajava em um voo de Atlanta para Heathrow em Londres.

ANÚNCIO

O atleta dedicado surgiu com o desafio único depois de perceber que muitos eventos de arrecadação de fundos haviam sido cancelados ou adiados devido ao Covid-19, o que impactou diretamente as instituições de caridade que dependem de doações.

Henry, que vive em East London Docklands, completou a corrida no mês passado em duas horas e 37 minutos e arrecadou mais de £1.000 (R$7016,45) em memória de sua mãe Tracey, que morreu em 2018 após ter sido diagnosticada com câncer de mama.

Tracey foi também membro da tripulação da cabine, que tornou o desafio ainda mais marcante, e Henry optou por doar metade do dinheiro arrecadado para Macmillan, para ajudar a garantir que a instituição de caridade pudesse continuar a apoiar aqueles impactados por um diagnóstico de câncer.

ANÚNCIO

Leia também: Paciente com HIV pode ter sido curada sem tratamento

Henry disse: “Minha incrível mãe faleceu há dois anos após ter sido diagnosticada com câncer de mama, e isso mudou minha vida para sempre.”

“Ela havia sido membro da tripulação de cabine anos antes de eu nascer e ao empreender este desafio, e enquanto a corrida era difícil devido à pressão e turbulência da cabine, quando eu estava no céu, senti que ela estava comigo a cada passo do caminho”.

Explicando porque ele decidiu enfrentar um desafio tão singular, Henry – que garantiu a sua adesão ao distanciamento social durante toda a corrida – disse:

 “Com a falta de eventos de arrecadação de fundos, pensei em tentar pensar em uma maneira diferente e socialmente distanciada de arrecadar algum dinheiro para algumas instituições de caridade próximas a mim, incluindo a Macmillan.

“Já corri muitas corridas diferentes no passado, incluindo maratonas, mas nada tão louco quanto isto”.

Outras maneiras de ajudar

Se uma corrida nos céus não for sua praia ou se você não tiver meios para completar uma (sejamos realistas, você não pode simplesmente sair de seu assento e começar a correr para cima e para baixo nos corredores), há outras maneiras de levantar para apoiar a fundação Macmillan, incluindo um café da manhã este mês.

A instituição de caridade está incitando as pessoas a fazer o que for preciso para se envolverem e ajudá-las a continuar apoiando as pessoas com câncer.

Emma Stokes-Heley, gerente de captação de recursos da Macmillan para Londres, diz: 

“A demanda por nossos serviços de apoio ao câncer é maior do que nunca, mas, devido ao coronavírus, estamos enfrentando uma queda significativa em nossa renda.

“É por isso que estamos tão gratos pelos incríveis esforços de arrecadação de fundos como Henry, ajudando-nos a fazer tudo o que podemos para estar lá para as pessoas com câncer agora e no futuro”.

“Estamos fazendo tudo o que podemos para ajudar a enfrentar os desafios únicos que ter câncer durante esta pandemia traz, mas precisamos do apoio de todos, e embora nem todos possam enfrentar um desafio como o de Henry, hospedar uma manhã de café Macmillan é outra forma perfeita de mostrar apoio.

“As doações são vitais para nos permitir continuar a estar lá para as pessoas que vivem com câncer”.

Traduzido e adaptado por equipe Revolução.etc.br

Fontes: LADBible 

ANÚNCIO