Hologramas para todos: Empresa arrecada milhões para futuro projeto

ANÚNCIO

PORTL Hologram arrecada $3M para colocar máquinas de holograma nas casas dos consumidores.

Hologramas para todos: Empresa arrecada milhões para futuro projeto
Foto: (reprodução/internet)

Para David Nussbaum, o fundador da PORTL Hologram, o próximo passo lógico é construir uma máquina que possa trazer a facilidade comunicação baseada em hologramas para as pessoas comuns.

ANÚNCIO

Esse é o objetivo graças a uma nova rodada de US$ 3 milhões que a empresa de Nussbaum levantou do famoso investidor de risco Tim Draper, do ex-executivo da Electronic Arts (EA) Doug Barry e do produtor de longa data Joe Lewis.

O PORTL é uma atualização significativa, de acordo com Nussbaum.

O futuro da comunicação

O projetor pode transmitir imagens a qualquer hora do dia ou da noite, e usando o estúdio de captação PORTL significa que qualquer pessoa com $60.000 (R$347700,00 na cotação atual) para gastar e um fundo branco pode se teletransportar para qualquer portal em qualquer lugar do mundo.

ANÚNCIO

A empresa vendeu uma centena de dispositivos e já entregou várias dezenas em shopping centers, aeroportos e lobbies de cinemas. “Fabricamos e entregamos várias dezenas”, disse Nussbaum.

Parte do ponto de comercialização, além da verosimilhança do holograma, sua interatividade também é notável. Através do equipamento de estúdio e do hardware PORTL, os usuários podem ouvir o que as pessoas em pé ao redor do PORTL estão dizendo e depois responder.

Os outros planos da PORTL

Para seu próximo truque, o PORTL está procurando construir uma versão miniaturizada de seu sistema que seria aproximadamente do tamanho de um computador e poderia ser usada tanto para gravar e divulgar os hologramas para qualquer pessoa com um dispositivo PORTL.

Leia também: Epson EpiqVision: Tecnologia de cinema em casa

“Os minis terão todos os recursos para capturar seu conteúdo e rotoscópio para fora de nosso fundo e terão os efeitos de estúdio que são importantes na exibição de seu efeito volumétrico realista e eles o transportarão para qualquer outro dispositivo”, disse Nussbaum.

Para construir o negócio, os minis PORTL terão mais do que apenas a comunicação, mas também entretenimento, disse Nussbaum.

Traduzido e adaptado por equipe Revolução.etc.br

Fonte: Tech Crunch

ANÚNCIO