Hackers atacam novamente: Capcom tem como alvo as informações pessoais de gamers

ANÚNCIO

Ataque à Capcom tem como alvo as informações pessoais de 350.000 gamers.

Hackers atacam novamente: Capcom tem como alvo as informações pessoais de gamers
Foto: (reprodução/internet)

A Capcom confirmou os detalhes de uma grave violação de dados, revelando essa semana que foi alvo de um ransomware, ou  “ataque de resgate personalizado”.

ANÚNCIO

Já estamos vendo numerosos vazamentos relativos aos próximos jogos da Capcom, com essa informação aparentemente proveniente desse vazamento, mas também é possível que informações para cerca de 350.000 clientes, acionistas e ex-funcionários tenham sido vazadas nessa violação também.

Infelizmente, a Capcom não pode dizer se isso aconteceu com certeza neste momento.

O que sabemos até agora

Em um comunicado de imprensa publicado em seu site ontem (16), a Capcom confirmou que informações para 9 funcionários – cinco antigos e quatro atuais – foram vazadas, mas conta essas informações de clientes como “dados potencialmente comprometidos”.

ANÚNCIO

No caso do vazamento de dados de clientes, a empresa espera um máximo de cerca de 350.000 clientes afetados, mas felizmente, a Capcom confirmou que nenhuma das informações potencialmente em risco inclui dados de cartão de crédito.

Dados comprometidos

Por exemplo, na América do Norte, há 14.000 clientes da Loja Capcom que tiveram seus nomes, datas de nascimento e endereços de e-mail potencialmente vazados, enquanto há aproximadamente 134.000 clientes no Japão que tiveram seus nomes, endereços, números de telefone e endereços de e-mail vazados.

Outros 4.000 “membros do website de operações de esportes” na América do Norte tiveram o potencial de ter seus nomes, e-mails e informações de gênero vazados também.

A operação de resgate

A Capcom diz que entrará em contato com os usuários cujas informações foram comprometidas ao verificar quem foi afetado, embora note que sua investigação e análise desta violação levou mais tempo do que o habitual, pois foi um ataque de resgate.

Leia mais: Dados expostos: Hotels.com, Booking.com e Expedia são vítimas de hackers

Como a investigação continua a decorrer, a Capcom diz que é seguro jogar seus jogos online e acessar seus websites.

Portanto, por enquanto, a extensão desta violação de dados ainda é desconhecida, com a BBC apontando que as declarações da Capcom sobre o assunto, sugerem que ela não pagou o resgate exigido por estes hackers.

Traduzido e adaptado por equipe Revolução.etc.br

Fontes: Slash Gear, Capcom, BBC

 

ANÚNCIO