Tecnologia verde: Google diz que agora seus produtos usam materiais reciclados

ANÚNCIO

A empresa atingiu o objetivo antes de sua meta de 2022.

Tecnologia verde: Google diz que seus produtos feitos usam materiais reciclados
Foto: (reprodução/internet)

No ano passado, o Google prometeu que, até 2022, incluiria materiais reciclados em todos os seus produtos Made By Google, uma lista que inclui telefones Pixel, Pixelbooks, alto-falantes Google, dispositivos Nest e acessórios como caixas telefônicas e suportes de carregamento.

ANÚNCIO

Hoje, a empresa anunciou que atingiu um de seus objetivos antes do previsto: todos os novos produtos Pixel e Nest são agora projetados com materiais reciclados, de acordo com o arquiteto de sistemas de sustentabilidade do Google, David Bourne.

Isto não quer dizer que seus produtos são feitos inteiramente de materiais reciclados, mas eles pelo menos incluem materiais reciclados em algum lugar do produto.

Os novos produtos sustentáveis

Segundo o Google, a tampa traseira do Pixel 5 é feita com alumínio 100% reciclado, e o novo Nest Audio tem 70% de plástico reciclado, com a tampa de tecido sustentável que introduziu com o Nest Mini no ano passado.

ANÚNCIO

Leia também: Google divulga seu smartphone Pixel e novo Chromecast

E no mais novo Termostato Nest, a placa de revestimento (a parte que se fixa à parede) é feita de plástico reciclado pós-consumo.

“O foco do Google em incorporar materiais reciclados em nosso design de hardware não apenas apoia nossos compromissos de sustentabilidade, mas também permite que nossos parceiros da cadeia de fornecimento invistam e desenvolvam com confiança esses tipos de materiais para que a indústria eletrônica de consumo mais ampla possa usá-los também”, disse Bourne em uma declaração.

Os planos verdes do Google

Em setembro, o Google disse que em 2030 realizaria suas operações sem carbono e que havia adquirido compensações de carbono suficientes para cancelar as emissões de dióxido de carbono da empresa desde sua fundação em 1998.

Tem sido neutra em carbono desde 2007. As emissões geradas pela queima de combustíveis fósseis são compensadas por seus investimentos em energia renovável e outras iniciativas.

E a empresa disse que continuará a manter “todas as remessas de hardware Made by Google para e de clientes 100% neutras em carbono”.

Além disso, a empresa diz que se compromete a utilizar material reciclado ou renovável em pelo menos 50% de todo o plástico utilizado em todos os seus produtos de hardware até 2025.

Google 2025

Também até 2025, o Google diz que tornará suas embalagens de produtos 100% livres de plástico e 100% recicláveis.

“Já fizemos uma redução no uso de plástico em nossas embalagens desde 2016, mas temos muito trabalho árduo pela frente para atingir este novo objetivo”, disse Bourne, acrescentando que a empresa precisará “descobrir materiais alternativos e recicláveis” que ainda protegerão seus produtos.

Leia mais: Google anunciou uma das maiores iniciativas verdes da tecnologia até agora

E o Google diz que está trabalhando para conseguir a certificação zero de resíduos para aterro em todas as suas fábricas de montagem final até 2022, o que significa que a maioria dos resíduos dessas operações será reciclada.

Traduzido e adaptado por equipe Revolução.etc.br

Fonte: The Verge, Google

ANÚNCIO