Google divulga seu smartphone Pixel e novo Chromecast

ANÚNCIO

O Google tentará fazer uma grande expansão para o mercado de smartphones com um modelo high-end mais barato, ao mesmo tempo em que pretende expandir sua presença em telas maiores com um novo serviço de TV.

Google divulga seu smartphone Pixel e novo Chromecast
Foto: (reprodução/internet)

Os produtos apresentados na quarta-feira (30) concentram-se em duas áreas onde o Google tem lutado para fazer progressos significativos. O Google também usou um showcase para introduzir um alto-falante de 99 dólares que diz ter melhor acústica para tocar música do que os mais baratos, que tem vendido principalmente por ter seu assistente ativado por voz.

ANÚNCIO

Embora o software do Google seja usado por bilhões de pessoas em seus smartphones, seus telefones Pixel quase não fizeram diferença no mercado. 

As vendas têm sido decepcionantes apesar das críticas mais positivas, especialmente para a tecnologia de câmera que levou a Apple a introduzir características semelhantes em iPhones.

O Google vendeu um total de 19 milhões de telefones Pixel até agora, incluindo apenas 3 milhões do último modelo lançado há um ano, com base em estimativas da empresa de pesquisa International Data Corp

ANÚNCIO

Em comparação, a Apple vendeu o dobro de iPhones em apenas três meses – abril a junho – durante o meio de uma pandemia quando milhões de pessoas ficaram presas em casa, com base nas estimativas da IDC.

A empresa está tentando inverter a situação com o Pixel 5, que oferece algumas novas funções, incluindo a capacidade de trabalhar com as novas redes sem fio 5G que ainda estão sendo construídas. 

O novo telefone também contará com vários novos recursos na câmera, incluindo uma ferramenta para tirar retratos em baixa iluminação e uma lente grande-angular.

O outro grande lançamento

O Google tem tido mais sucesso com uma linha de hardware chamada Chromecast que transmite vídeo online nas TVs. Mas o Chromecast também enfrenta uma grande concorrência de dispositivos de streaming similares feitos pela Roku, Amazon e Apple.

Em uma tentativa de se diferenciar do resto do pacote, o próximo Chromecast do Google inclui um novo serviço que une alguns de seus próprios serviços com uma grande variedade de aplicativos feitos por outras empresas. 

Leia também: O novo e poderoso Chromecast do Google

Tudo isso deve facilitar aos telespectadores que buscam mais conteúdo na TV e serviços de streaming para encontrar algo que eles queiram assistir.

O Google vem tentando tornar seus serviços mais acessíveis e atraentes nas TVs há mais de uma década, mas até agora não teve o mesmo sucesso nas maiores telas das residências como nos computadores e telefones que se tornaram os principais veículos para mostrar os anúncios digitais, que trouxeram US$135 bilhões em receitas no ano passado.

Traduzido e adaptado por equipe Revolução.etc.br

Fontes: AP News

ANÚNCIO