FGTS – Consulta, saldo e informações

O FGTS (Fundo de Garantia do Tempo de serviço) é um direito a todo trabalhador que foi demitido sem justa causa. Todo mês a empresa contratante deve depositar uma porcentagem do salário bruto em uma conta vinculada ao trabalhador. Esse serviço é prestado por meio da Caixa Econômica.

Apenas algumas pessoas podem sacar o FGTS. Elas devem estar em pelo menos uma das seguintes situações: Demissão sem justa causa; Aposentadoria; Compra de casa própria; Fechamento da empresa empregadora; Término do contrato de trabalho de um trabalhador temporário; Falta de atividade remunerada para trabalhador avulso por 90 dias ou mais; entre outras.

Para saber um pouco mais sobre esse programa que o trabalhador tem direito, o governo lançou uma plataforma que pode facilitar tudo. Então, este artigo te explicará como calcular o seu saldo e como consultar qual é o valor do FGTS que já está disponível para saque.

FGTS - Consulta, saldo e informações
Fonte: (Reprodução/internet)

Para entender melhor como calcular seu saldo ou consultá-lo de forma online, continue lendo. Veja também outros tipos de saques disponíveis por meio do Fundo de Garantia. 

Como calcular o saldo do FGTS

O saldo para cada pessoa será diferente. O que isso quer dizer? Que cada trabalhador terá em seu Fundo de Garantia o equivalente a soma de partes do salário bruto. Para essa diferenciação ocorrer de forma justa, ele é calculado por meio de porcentagem, que é disponibilizada todos os anos no site do FGTS. 

ANÚNCIO

Para calcular seu saldo basta multiplicar a porcentagem do ano (no caso de 2019 correspondeu a 5,87%) pelo valor do seu salário bruto. Como é possível observar na imagem abaixo, disponibilizada pelo site de transparência da Caixa, o FGTS é a segunda forma mais alta de valorizar o seu dinheiro, perdendo apenas para o Tesouro Selic.

FGTS - Consulta, saldo e informações
Fonte: (Reprodução/internet)

Como consultar o valor do seu FGTS

Para consultar seu saldo de forma online há duas opções: pelo site da Caixa Econômica, por e-mail ou por meio do aplicativo do FGTS. Entenda um pouco mais sobre essas três formas na lista abaixo:

  • Pelo site da Caixa basta informar seu PIS/Pasep e cadastrar uma senha (ou, usar a senha Cidadão);
  • Aplicativo FGTS Trabalhador, ele é gratuito e basta o usar o número do PIS/Pasep e senha para acessar o extrato.

Outras formas de sacar o FGTS

Por vezes desconhecido pela maioria das pessoas, há outras duas formas possíveis de realizar o saque do FGTS. Entre elas há o Saque Emergencial e o Saque-Aniversário, mas é importante atentar-se ao fato de que também há prazos e datas estipuladas para esses saques. 

O Saque-Emergencial está previsto até o mês de dezembro do ano de 2020. O trabalhador pode sacar um valor de até 1.045 reais e essa quantia ficará disponível na conta Poupança Social Digital, de acordo com o site da Caixa Econômica Federal. 

Já o Saque-Aniversário, é disponibilizado anualmente para ser sacado no mês do aniversário do funcionário. No entanto, é preciso ficar atento ao prazo de saque, que deve ocorrer dentro de três meses. Por exemplo, se o trabalhador nasceu em fevereiro, ele terá entre fevereiro e abril para realizar a retirada do dinheiro.

Mais informações

Vale lembrar que, além dos exemplos citadas no início do artigo, pessoas em outras situações também podem sacar o FGTS. Como por exemplo, aqueles que têm idade igual ou superior a 70 anos e também pessoas com doenças graves. Para saber mais, basta entrar no blog da Nubank, onde há um artigo com todas as informações sobre quem tem direito.

ANÚNCIO