Daimler e Volvo: A nova parceria que promete inovação na indústria de veículos

ANÚNCIO

Daimler, empresa alemã que tem como subsidiária a Mercedes Benz, e a Volvo estão unindo forças para desenvolver células de combustível para veículos pesados.

Daimler e Volvo: A nova parceria que promete inovação na indústria de veículos
Foto: (reprodução/Volvo)

Transporte verde

Os carros elétricos parecem ser o principal método do mundo para alcançar um futuro sem emissões, mas nem todas as empresas de automóveis estão necessariamente convencidas de que eles são o único caminho a seguir.

ANÚNCIO

De fato, os fabricantes de automóveis Daimler e Volvo estão se unindo para provar que combustível à base de hidrogênio é uma alternativa viável.

As empresas formaram uma nova parceria que se concentrará na produção de células de combustível em larga escala, principalmente para caminhões pesados.

O primeiro marco que esperam alcançar é desenvolver uma célula de combustível de “sistema duplo” que pode fornecer 300 kW de “energia contínua” para caminhões pesados que fazem rotas mais longas.

ANÚNCIO

A promessa sustentável

Além de alimentar caminhões pesados, Daimler e Volvo esperam usar suas células de combustível para outros fins, como “geração de energia estacionária”.

Também assumimos que as empresas eventualmente trarão sua tecnologia de células de combustível para os veículos do mercado de massa, mas isso pode ainda estar a vários anos de distância.

Leia também: Virgin Group escolhe estado nos EUA para testar sistema de transporte futurista

Para ser claro, nem a Daimler nem a Volvo estão procurando substituir os EVs. Pelo contrário – as empresas acreditam que os veículos movidos a bateria desempenharão um papel igualmente importante no futuro. Entretanto, elas não querem que esses veículos sejam o único foco das ambições do mundo.

Inovação na indústria

“No futuro, o mundo será movido por uma combinação de veículos elétricos a bateria e a célula de combustível, juntamente com outros combustíveis renováveis até certo ponto”, disse o CEO da Volvo, Martin Lundstedt, em uma declaração.

“A formação de nossa parceria é um passo importante na formação de um mundo em que queremos viver”.

Leia mais: Porsche pesquisa combustíveis sintéticos para tornar os carros sustentáveis

Daimler e Volvo esperam que sua experiência na fabricação de automóveis, combinada com as “várias décadas” de trabalho de desenvolvimento de células de combustível da primeira, lhes permita se tornarem atores importantes na indústria de células de combustível.

É esperado que este acordo seja finalizado durante a primeira metade de 2021, aguardando aprovação regulatória.

Traduzido e adaptado por equipe Revolução.etc.br

Fontes: Tech Spot, Volvo

ANÚNCIO