Corridas por aplicativo podem salvar o planeta, diz manager de Cabify

Manager da Cabify, Pedro Meduna, disse, em entrevista, que a Cabify e a Taxi Easy agora terão uma interação global. 

Originalmente da Espanha, a Cabify nasceu em 2011. Em 2016, veio para ao Brasil e, em 2017, se tornou proprietária da Easy Taxi. A integração das duas empresas tem como objetivo unificar as ofertas em um só aplicativo.

cabify
Foto: (divulgação/cabify)

Cabify

As empresas oferecem viagens até com helicópteros, em parceria com a Voom. O manager da Cabify, Pedro Meduna, disse que a empresa planeja uma compra da startup Movo, que trará uma inovação aos usuários no Brasil: os patinetes. 

Pedro explica que, desde a aquisição da Easy Taxi no mundo, a empresa tem feito integrações contínuas. “A Cabify comprou a Easy no começo de 2017 e, desde então, a gente passou por diversas integrações”, relatou o executivo. 

As mudanças começaram primeiro nas equipes. Posteriormente, na tecnologia. “Então, hoje, já é possível você pedir um Easy Taxi na plataforma da Cabify. E a gente espera que, a partir de agora, o consumidor possa usar esses modos de mobilidade em um único aplicativo.” 

ANÚNCIO

Durante o processo de integração das duas empresas, de acordo com Meduna, as equipes possuem mais agilidade em trabalhar apenas com um aplicativo. 

Inicialmente, o foco da companhia era o “centro expandido da cidade de São Paulo”, mesmo a Easy Taxi tendo um leque muito vasto no atendimento. Segundo o manager da Cabify, o crescimento da empresa será progressivo. Conforme houver pedidos em locais que eles não atendem, progressivamente passarão a atender.  

Atualmente, a Cabify compete com a 99 e a Uber, que oferecem propostas de ofertas bastante atraentes. Porém, a empresa defende que não quer competir no mercado em relação à ofertas, mas sim, na qualidade do serviço. 

Salvando o planeta

Por ser uma companhia que trata de mobilidade, que, de certa forma, coloca carros nas ruas, há uma grande preocupação com o meio ambiente.

De acordo com Pedro Meduna, a empresa se interessa por cidades que sejam bem desenvolvidas e sustentáveis. Eles possuem uma parceria com a First Climate, juntamente com o projeto Madre de Dios, em que medem a emissão de gás carbono e financiam projetos que retiram a poluição da atmosfera que é gerada pela empresa. Uma outra opção para não afetar tanto o meio ambiente seria a aquisição de carros elétricos. 

Na Espanha, onde nasceu a Cabify, há um grande percentual de carros elétricos rodando na cidade, diferente do Brasil, em que a realidade é outra. 

Porém, há expectativas de que, em breve, o Brasil também será se igualar a outros países. 

Novos métodos de transporte

Foram discutidos, recentemente, alguns métodos para serem realizados durante um trajeto. Por exemplo, pegar um ônibus até certo ponto, posteriormente um patinete ou uma bicicleta até outro ponto e, de lá, solicitar um carro do aplicativo a escolha do usuário. É uma opção para tirar carros da rua e fazer com que os usuários não se tornem dependentes de um só meio de transporte. 

ANÚNCIO