Botas de realidade virtual permitem que jogadores caminhem nos videogames

ANÚNCIO

Foi desenvolvido um par de botas VR, que uma empresa americana afirma permitir que os jogadores andem na realidade virtual dos videogames. A Ekto VR desenvolveu o dispositivo chamado Ecto One, as novas botas com duas placas giratórias, que podem girar na direção do usuário.

Botas de realidade virtual permitem que jogadores caminhem nos videogames
Foto: (reprodução/internet)

O equipamento de jogo também tem rodas que puxam as pernas do jogador para trás enquanto ele se move para frente quando o pé está no chão. Esta característica permite que os usuários permaneçam em um único lugar quando se movimentam.

ANÚNCIO

Ekto VR demonstrou sua nova tecnologia jogando o jogo Half-Life: Alyx na versão de realidade virtual. O demonstrador pode ser visto subindo uma escada e entrando em uma varanda com relativa facilidade no vídeo.

O homem também foi capaz de subir uma escada e alcançar uma plataforma mais alta. No entanto, o efeito foi feito aproximando-se da escada, e o próprio jogo moveu o jogador para o telhado.

As botas atualmente não podem permitir que os usuários imitem o movimento de escalada. Entretanto, o dispositivo suporta outras ações como agachamento, onde o jogador no vídeo pode ser visto segurando os aparelhos de realidade virtual, alcançando uma porta inferior, e passando por ela.

ANÚNCIO

Como o Ecto One funciona

Ekto VR tornou o equipamento de jogo leve utilizando material de fibra de carbono

A empresa utilizou um material de fibra de carbono projetado sob medida para tornar as botas leves. A Ekto VR também utilizou os Rastreadores Vive da HTC para integrar o movimento na realidade virtual. 

Brad Factor, o CEO da empresa, disse que o sistema passou por testes rigorosos para garantir a segurança.

Entretanto, as botas VR ainda não suportam o movimento de corrida dos jogadores. O relatório anterior da VentureBeat afirmava que o dispositivo poderia estar pronto para aplicações do consumidor em dois a quatro anos.

Alguns especialistas atualmente questionam o uso do produto, uma vez que muitos jogos de vídeo exigem que os jogadores escapem de cenários perigosos e dos ataques dos inimigos. Ainda não está claro como as botas VR acompanhariam este tipo de situações.

Leia também: Simulador de voo Microsoft:O que você precisa para jogar

Por outro lado, existem também diferentes botas de realidade virtual que poderiam entrar no mercado. Uma delas é um par de controladores de movimento e sapatos, revelado por uma empresa japonesa Cerevo em 2017, que vibra quando o usuário chuta ou caminha.

Os sensores VR também foram usados para treinar jogadores de futebol, rastreando seus movimentos, permitindo que eles praticassem chutes direcionados no gol.

Traduzido e adaptado por equipe Revolução.etc.br

Fontes: Tech Times, Independent.uk

ANÚNCIO