Taxonomia vs Folksonomia

Folksonomia tem seu papel garantido na história, isso é fato! Principalmente por causa da tal “web 2.0”. No meu Delicious por exemplo, eu odiaria não poder usar uma tag que descreve pra mim mesmo aquilo que eu penso sobre o conteúdo. Nós dizemos para nós mesmo qual o significado que o conteúdo daquela url possui e pronto!

Mas se precisar fazer uma busca em bancos de imagens, qual sistema de classificação você vai preferir, taxonomia ou folksonomia? Para comparar os dois faça uma busca específica no Stock.xchng e depois faça a mesma busca específica no Getty Images. Faça uma busca, por exemplo, por cross arms white background. O Getty Images tem um sistema de classificação feito por especialistas, ou seja, 100% taxonomia, onde cada imagem é analisada uma a uma e associa-se uma quantidade controlada de palavras. Já o sistema de classificação das imagens do Stock.xchng é 100% folksonomia, feito pelas pessoas que contribuem para o crescimento do banco de imagens lá, ou seja, os próprios usuários.

Eu sempre fico impressionado com a quantidade de query maluca que eu faço no Getty Images e as respostas que ele sempre me traz! Possui uma consistência de termos muito forte e precisa em relação as imagens. Já no Stock.xchng nem sempre é possível encontrar consistência nem de idioma. Os usuários são de culturas diferentes, e mesmo entre aqueles que falam a mesma língua, você vê uma grande diferença educacional que faz com que imagens similares sejam tagueadas de forma tão distinta uma das outras. Não estou dizendo ou defendendo que um Flickr ou o Stock.xchng são um fracasso por utilizar folksonomia. Estou só colocando minhoca na cabeça de quem está lendo isto aqui. Minha avaliação das coisas está sempre relacionada com meus objetivos. Estou mais preocupado em criar um site para as pessoas se divertirem ou para trabalho? O Flickr é um sucesso por que é divertido e foi criado para este contexto. Já quando eu uso um banco de imagens, eu nunca estou atrás de diversão. A regra principal a ser levada em consideração chama-se “contexto“.

Em resumo, quanto mais específica é a imagem que eu preciso buscar, levando em consideração produtividade e facilidade, eu não penso duas vezes em fazer minha busca no Getty Images ao invés de ficar garimpando fotos no Stock.xchng. Ou seja, prefiro o sistema de taxonomia tradicional do que a folksonomia neste contexto! E você, o que acha?