Revolução

Alterei o design do site por completo pela primeira vez. Meses atrás eu havia alterado e aperfeiçoado o código fonte por completo. Agora foi a vez só do design. Para quem não vive só de blogar e possui dezenas de outros afazeres, sabe que alterações completas demandam muito tempo. Estas alterações foram planejadas por um bom tempo e muito tempo foi dispendido nelas, apesar de ter sido em tempos fragmentados. Espero que agrade a maioria.

Pequenos detalhes estão sempre sendo alterados. Apliquei microformats em alguns trechos, como hCard, XFN, rel-license e outras alterações virão com o tempo. Já está na lateral uma flag chamada “Me on Earth”, trata-se de um arquivo .kmz que pode ser baixado e aberto com o Google Earth que mostra minha localização geográfica. Pretendo explorar mais a importância sobre o geoprocessamento e seu namoro com a web.

O código fonte pouco se alterou. Na verdade elas sempre acontecem gradativamente, independente de grandes alterações. Modularidade é algo fantástico. Mas agora as mudanças se resumem basicamente ao layout. A solução em JavaScript que forçava os links externos deste site a abrirem em outra janela foi abandonada por completo. Uma das razões você pode conferir aqui no texto do Walmar e outra razão é que o tipo de público que eu recebo, não é o mesmo de uma agência bancária ou de um site de compras em que por interesse marketeiro é interessante forçar com que certos links sejam abertos em outras janelas. Acredito que esta solução tem seu espaço, mas não é mais aqui.

A opção de alterar o tamanho da fonte foi removida, pelo menos temporariamente. Se ouver reclamações e justificativas suficente para voltar, tudo é possível. Você pode dar sua opinião e tentar me convencer. Eu penso que geralmente meus visitantes não são usuários novatos, e sabem com alguns cliques adaptar o tamanho do texto de qualquer site, para o tamanho que achar mais apropriado. Mas como um bom ditador eu quero ouvir os usuários e saber o que eles pensam.

O CSS foi reaproveitado o máximo possível. A razão disso é tempo. Não ficou tão elegante quanto eu gostaria, e talvez ainda leve mais um ano completo para que ele seja 100% refeito. De qualquer maneira estou satisfeito com as alterações. Quanto mais técnicas complexas se tenta aplicar no CSS, mais difícil é lidar com as diferenças de browser. A cada dia eu odeio mais o Opera, que tem tudo para ser um ótimo browser mas não é. O Internet Explorer nem se fala.

Hacks foram usados ao contrário da solução mais elegante que eu mesmo me encarreguei de divulgar, mas por enquanto, até que eu tenha mais tempo elas vão ficar assim. Se você for esperto e tiver entendido meu texto sobre Validação e Semantica, não vai nem ligar pra isso. Os hacks foram aplicados para o Infame Internet Explorer e o Opera, o meio browser. De qualquer maneira o Opera sempre vai estar instalado aqui e sempre vou considerá-lo, apesar que apenas 5% dos meus visitantes o adota. Meu Google Analytics aponta ainda usuários de Safari, Konqueror, Netscape e dois outros navegadores que eu nunca ouvi falar, o Links e o NutchCVS. A opinião de todos os usuários é muito importante.

Deixe a sua opinião sobre o novo design e as alterações. Quero ouvir sua opinião também sobre o tamanho da fonte e a remoção da opção de aumentá-la por Java Script. Críticas são sempre bem vindas e comentários inapropriados serão sempre excluídos. Quem disse que isso aqui é uma democracia? Isso aqui não é uma Revolução?