Leia o Tableless

Tableless Caramba, escrevendo algumas coisas pra um curso que estou preparando para dar em Uberlândia sobre padrões web, me veio uma baita nostalgia de quando eu aprendi o caminho do bem com HTML e CSS. Então eu tinha que escrever este texto em homenagem ao Tableless.

Para quem não conhece o Tableless (se você é leitor desse blog é difícil não conhecê-los) é o site de Diego Eis e Elcio Ferreira sobre padrões web. Só isso. Os caras começaram a compartilhar informações em uma época escassa de material em português e faziam o maior sucesso entre os nerds emergentes (putz..) que queriam aprender na raça a escrever HTML e CSS de forma decente. Se a moda lá fora era o CSS Zen Garden (lembram disso?), a moda no Brasil era o Tableless.

Tenho o maior carinho e respeito por este site que foi grande fonte de inspiração pra eu começar a blogar. Tanto o Tableless como o Bruno Torres (meu comentarista de eventos preferido do Twitter) foram minhas principais fontes pra aprender a escrever código direito em 2004. Já conheci os caras pessoalmente (com exceção do Elcio) e cheguei a ser um dos professores dos cursos de HTML básico e Microformats da Visie por uns tempos. A Visie por sua vez é a empresa de treinamentos web fundada pelos caras, e que eu indico até hoje se você quiser fazer um curso e aprender o caminho do bem de forma mais suave.

O Tabless, na história dos padrões web no Brasil tem seu pé cravado, responsável por ensinar uma pancada de moleques por este país a parar de usar tabelas pra montar layouts. E se você está dando seus primeiros passos, é lá (e não aqui) que você tem que começar. Aqui tem muita coisa também, mas o acervo do Tableless é muito maior.

Abraço ao Diego e ao Elcio e vida longa ao Tableless.