Campanha FEED-SE todo mundo e deixe o feed do jeito que você quiser

Porque eu quero é mais que todo mundo FEED-SE Você é dono do seu site certo? É você que tem interesse em atrair determinado tipo de público não é? Se você possui um modelo de negócios que inclui deixar o feed pela metade ou apenas um resumo dele, é um direito seu. Não se sinta acanhado por isso. Por esta razão eu estou lançando a campanha “FEED-SE todo mundo e deixe o feed do seu site do jeito que você quiser“. Seja o feed completo, seja o feed pela metade ou seja apenas um resumo. Apenas use FEEDS. Seja bem vindo a maior idade e que FEED-SE todos não importa como! O importante é o feed se popularizar. Por isso FEED-SE você e todos os seus amigos. Eu já converti alguns a utilizar o Bloglines e você?

Pessoas vão procurar o seu site pelo seu conteúdo, pelo que interessa a elas. Blogs são pessoas e idéias. Vivemos em um mundo livre e pessoas são livres para assinar e cancelar a assinatura de um feed, tem o direito de gostar ou de não gostar de algo, tem o direito de falar e de opinar. Eu leio dezenas de blogs todos os dias, blogs com feeds completos e com eles incompletos. Mas e se o feed de um site possuiu apenas o sumário, eu vou deixar de ler por causa disso? Bom, pessoalmente eu não vou deixar de ler o Berea Street só porque o feed dele não está completo no meu agregador. Se você acha que deve deixar de ler por causa disso, sinta-se livre. Apenas não deixe de usar FEEDS! FEED-SE YOURSELF! O mesmo vale para dezenas de outros blogs que eu leio. Pessoas possuem opiniões bem diferentes, por isso eu acho lindo blogar! Um dos caras com quem mais gosto de jogar conversa fora é o Bruno Torres, porque eu raramente concordo com alguma coisa do que ele diz. Torna o papo mais divertido e exercita a liberdade. Como já dizia o velho deitado, blogar é discordar em prosa.

Estou escrevendo isso porque é um assunto que vai além de simplesmente deixar ou não o feed do seu site completo, e sim da liberdade de deixar do jeito que você quiser. Ao menos que você seja à favor do registro dos usuários da internet e quer viver uma ditadura digital igual ao da China. Então discorde de mim, mas lutemos juntos pelo direito que temos de discordar até o fim um do outro, parafraseando Voltaire. Meu papel no dia à dia é trabalhar com os padrões web, implementá-los nos meus jobs, ensinar e treinar novos profissionais ensinado-os a fazer o certo e por ai vai. Você acredita que eu vou recomendar aqui no Revolução Etc um boicote ao Google só porque o código de HTML dele é o mais porco que eu já vi? Eu já até fiz campanha pra “converter” o Google, mas eu não deixaria de usá-lo (e de recomendá-lo) mesmo que ele ofendesse a minha mãe! E eu estou pouco me lixando para os sites com código porco, assim fica até mais fácil encontrar exemplos ruins de como não se deve fazer. E pode apostar que muitos deles ganham muito mais grana com um código porco simplesmente pelo conteúdo que tem do que qualquer um de nós que passa por aqui todo dia com nossos sites web standards compliant. Eu vou continuar ensinando que padrões web é o melhor caminho, vou continuar dizendo que usar o atributo style inline é um câncer (ainda que eu mesmo utilize escondido de vez enquando) mas não vou boicotar e nem estimular o boicote a sites que não seguem os padrões. Percebe a lógica? Saca?

Eu deixei o feed do meu site por inteiro esta semana inteira. Hoje eu resolvi escrever este texto e deixar apenas um sumário novamente como era antes. No passado eu já deixei o feed completo por um bom tempo. Depois do Feedburner e da facilidade de sumarizar o feed, eu mudei de idéia. Hoje eu mudei de idéia de novo. Amanhã eu posso mudar de idéia? Claro, espere por isso. Mas não hoje. Não quero que você concorde comigo, senão eu não teria ido contra a corrente. Tenho grandes amigos que pensam diferente, e o que eu gosto neles é que eu não preciso concordar pra ser amigo. Caso contrário eu seria um WASP (White, Anglo-Saxan and Protestant – Branco, ango-saxão e protestante) americano. Saca?