Apple enfrenta lei antitruste no Japão, Google também está na lista

ANÚNCIO

A Apple Inc. está enfrentando outro processo de análise por parte do regulador japonês de lei antitruste em meio à contínua disputa do gigante tecnológico com a editora da Fortnite, Epic Games Inc. Esta é a última sondagem que a empresa enfrenta depois que a União Europeia começou sua investigação em junho.

Apple enfrenta lei antitruste no Japão, Google também está na lista
Foto: (reprodução/internet)

O órgão regulador antitruste do Japão analisará as práticas da Apple e sua relação com os desenvolvedores após a Epic Games ter arquivado o caso contra as regras da App Store, o que desencadeou outra onda de análise por parte do enorme mercado de jogos do país.

ANÚNCIO

“Eu quero do fundo do meu coração que a Epic ganhe”, escreveu em sua página no Facebook o fundador e presidente da Gumi Inc, Hironao Kunimitsu, desenvolvedor de jogos móveis que mora em Tóquio.

O caso de Epic contra a Apple pela cobrança de 30% da receita da desenvolvedora sobre as vendas da App Store. Entretanto, as preocupações do desenvolvedor japonês estão profundamente enraizadas na implementação inconsistente pela Apple das diretrizes da App Store, nas decisões inconsistentes de conteúdo e nas lacunas de comunicação entre os desenvolvedores.

Exceto na China, a Apple e o Google criaram um duopólio no mercado global de aplicativos móveis. Entretanto, os desenvolvedores de jogos acham a App Store mais problemática do que a Android Play Store do Google.

ANÚNCIO

 “A revisão de aplicativos da Apple é frequentemente ambígua, subjetiva e irracional”, disse o fundador da PrimeTheory Inc, Makoto Shoji.

O Google tem melhor comunicação e processo de aprovação. Em contraste, a App Store até lançou um iOS Reject Rescue, um serviço de terceiros fornecido pela PrimeTheory. O serviço ajuda os desenvolvedores a navegar através do processo de aprovação da Apple. 

Leia mais: O Google pode estar enfrentando uma ação judicial

“A resposta da Apple aos desenvolvedores é muitas vezes simples e rápida”, disse Shoji, embora os desenvolvedores sejam forçados a ser educados “como um servo perguntando ao mestre o que ele quer a seguir”.

A Epic processou tanto a Apple quanto o Google devido às taxas excessivas e seu direito de vender produtos dentro do jogo diretamente aos jogadores. No entanto, as empresas de tecnologia contestaram essas acusações em tribunal com a Apple justificando o corte de 30% com base em sua provisão de segurança, apoio ao desenvolvimento e enorme vantagem de mercado, já que ela tem bilhões de usuários.

O jogo móvel de sucesso da Epic, o Fortnite gerou mais de US$ 1 bilhão anualmente a partir de compras virtuais e suplementos no jogo.

A Apple continua sendo a poderosa no Japão

O Japão abriga cerca de 702.000 desenvolvedores registrados, atendendo às comunidades de desenvolvedores mais criativas do mundo. Em um recente estudo encomendado pela Apple, o ecossistema da App Store no Japão gerou cerca de US$ 37 bilhões em vendas e faturamento em 2019. Estes incluem US$ 24 bilhões através de bens e serviços físicos, US$ 11 bilhões em serviços e bens digitais, e US$ 2 bilhões a partir do anúncio em papel.

Além disso, o iPhone traz uma enorme receita para criadores de jogos japoneses como a Square Enix Holdings Co, que 40% de seus ganhos vieram de jogos de smartphone. Os estúdios de jogos japoneses estão cientes da receita de 30%, que se originou da Nintendo com seus cartuchos de consoles nos anos 80. 

Embora a maioria dos desenvolvedores não se importe, eles procuram um melhor serviço da Apple e de outras plataformas.

Opinião dos desenvolvedores

Shoji observou que os desenvolvedores sofrem por causa da atualização inoportuna do jogo por parte da Apple, que às vezes leva mais de um mês. “Embora a Apple nunca o admita, eu acho que há momentos em que eles simplesmente esquecem um item na fila de revisão”, disse ele. 

Shoji também acrescentou que a empresa pode ter ignorado intencionalmente um desenvolvedor como uma sanção por “estar dando a eles a impressão errada”.

Os aplicativos que aguardam revisão às vezes levam semanas para serem aprovados. Entretanto, um estúdio de jogos local disse que foi forçado a parar de sediar eventos sazonais dentro do jogo por causa da resposta tardia da Apple ao seu pedido de revisão de atualização.

Na defesa, a Apple disse que tem suas respectivas equipes de revisão para dois fusos horários. Também contratou representantes de língua japonesa que podem ajudar os desenvolvedores por telefone durante o horário comercial no Japão.

Traduzido e adaptado por equipe Revolucao.etc.br

Fontes: Tech Times, Bloomberg, The Wall Street Journal

ANÚNCIO