A Índia planeja ter loja de aplicativos própria como alternativa ao Google e Apple

ANÚNCIO

A Índia está planejando lançar sua própria loja de aplicativos como uma alternativa às oferecidas pela Apple e pelo Google de propriedade da Alphabet, numa tentativa de tornar o país mais auto-suficiente, informou na quinta-feira ET Now, citando fontes do governo.

A Índia planeja ter loja de aplicativos própria como alternativa ao Google e Apple
Foto: (reprodução/internet)

O governo do Primeiro Ministro, Narendra Modi pode aumentar  loja de aplicativos Mobile Seva para este fim, informou o canal de televisão, sem fornecer mais detalhes.

ANÚNCIO

“Android tem uma participação de mercado de 97% na Índia. Por isso, devemos intervir e dar apoio às startups indianas”, ET Now citou fontes do governo, acrescentando que a loja não cobraria a taxa de 30% para hospedar aplicativos ao contrário do Google ou da Apple.

O governo também está considerando um plano para tornar obrigatório que os telefones Android sejam pré-instalados com seus aplicativos, de acordo com o relatório do site.

Leia também: Apple compra startup para entrar na indústria de podcasts

ANÚNCIO

Em uma reunião na terça-feira, o grupo discutiu formas de estabelecer uma plataforma de aplicativos locais para acabar com o duopólio da Play Store do Google e da App Store da Apple.

Traduzido e adaptado por equipe Revolução.etc.br

Fontes: Reuters, ET Now

ANÚNCIO