Acessibilidade

UX Weekend

Dois grandes profissionais que conheço – Horácio Soares e Edu Agni – montaram um curso de 2 dias com um intensivão de reflexões e práticas sobre experiência de usuário (UX), abordando vários temas, técnicas e atividades. Se você precisa se atualizar a respeito do universo da experiência de usuário e saber o caminho das pedras de como caminhar sozinho profissionalmente, esse é o curso. Eles estão rodando algumas cidades do país com o UX Weekend, e as próximas são:

  • Brasília: 19/10 e 20/10 das 9h as 17h
  • Rio de Janeiro: 02/11 e 03/11 das 9h as 17h
  • Campinas: 23/11 e 24/11 das 9h as 17h
  • São Paulo: 30/11 e 01/12 das 9h as 17h
  • Vitória: 07/12 e 08/12 das 9h as 17h
  • Porto Alegre: 11/01 e 12/01 das 9h as 17h

No site, você pode fazer sua inscrição no curso de UX Weekend. E eu sugiro se inscrever logo, porque em algumas cidades as vagas já estão esgotadas. Este não é um post patrocinado, eu realmente os conheço e boto a maior fé no trabalho desses caras.


Acessibilidade na redação pelo direito de entender

Sandra Fisher-Martins - TED Porto Já pensou em como o mundo seria melhor e mais justo se a comunicação de tudo que é do interesse público fosse escrito de forma clara e simples, de modo que todos pudessem entender? No vídeo a seguir, a portuguesa Sandra Fisher-Martins no TED Porto mostra de forma divertida e curiosa como os documentos do dia a dia como bulas de remédio e contratos de locação de imóvel, são difíceis de serem compreendidos pela grande maioria da população e como isso é um tipo de “barreira” social que precisa ser quebrada. Continue Lendo »

Desenvolvedores são de Marte e profissionais de UX são de Vênus

A história desse artigo começou assim: a Ale Nahra (@alenahra) fez a seguinte afirmação no Twitter:

“Finalmente entendi a diferença entre sites ruins e bons: a integração entre equipe de UX e desenvolvedores.”

Continue Lendo »


Diferença entre “Design Centrado no Usuário” e “Design Centrado no Designer”

A abordagem do “design centrado no usuário” me parece ser ainda um brinco de pérola dentro das empresas. Ele é “caro” (assunto pra outro post), bonito, não é todo mundo que tem bom gosto pra saber combinar e não se acha nas mãos dos vendedores ambulantes. Entre os ambulantes existem apenas imitação. O brinco de pérola mesmo, é caro. E como estamos falando de uma “abordagem” de desenvolvimento para web – e não de brincos ou jóias – é ainda mais complicado, porque o mercado cria espaço para os dois lados. Mas é óbvio, que eu estou aqui para defender brinco de pérola a abordagem do design centrado no usuário, e não o designer ou o arquiteto da informação ou o “especialista em experiência do usuário“. Então, não leve pro lado pessoal, please. Continue Lendo »


Acessibilidade Legal

O famoso Marco Antônio de Queiroz, mais conhecido como MAQ do site Bengala Legal, acabou de lançar um novo site dedicado a acessibilidade na web. O “Acessibilidade Legal” tem o objetivo de ser um guia a todos aqueles que tem interesse em aprender um pouco mais sobre acessibilidade na web. Se você se interessa por acessibilidade e tem um blog, divulgue este projeto no seu site e ajude a propagar esta idéia! Veja abaixo um trecho escrito pelo próprio MAQ para o site: Continue Lendo »