Último dia para sites públicos tornarem-se acessíveis

Sim, é hoje. Discutir acessibilidade sempre será um pouco delicado. Mas não deve deixar de ser feita. Leia o texto do Walmar Andrade

O decreto escrito a dois anos atrás tem muitos detalhes. Veja uma das partes mais importantes:

CAPÍTULO VI – DO ACESSO À INFORMAÇÃO E À COMUNICAÇÃO

Art. 47. No prazo de até doze meses a contar da data de publicação deste Decreto, será obrigatória a acessibilidade nos portais e sítios eletrônicos da administração pública na rede mundial de computadores (internet), para o uso das pessoas portadoras de deficiência visual, garantindo-lhes o pleno acesso às informações disponíveis.

§ 1o Nos portais e sítios de grande porte, desde que seja demonstrada a inviabilidade técnica de se concluir os procedimentos para alcançar integralmente a acessibilidade, o prazo definido no caput será estendido por igual período.

§ 2o Os sítios eletrônicos acessíveis às pessoas portadoras de deficiência conterão símbolo que represente a acessibilidade na rede mundial de computadores (internet), a ser adotado nas respectivas páginas de entrada.

  • Pedro

    botar o codigo alt="nome da imagem" na tag de imagem é requisito de acessibilidade para pessoas portadora de deficiência? Se for, o que mais seria?

  • Bruno Henrique

    Pedro..

    o Alt é obrigatório sim .. se não tiver seu site nem valida..

    Outra coisa faz parte de acessibilidade é o accesskey para atalhos através do teclado… de uma pesquisada ai vai um site bem legal sobre acessibilidade:

    http://www.acessobrasil.org.br/

    Falow

    Bruno Henrique
    http://www.r3midia.com.br

  • Rangel

    Legal, pelo menos alguma coisa de útil está fazendo, já não era sem tempo de obrigarmos os grandes e preguiçosos portais a fazerem "sítios" com acessibilidade.

    Abs

  • Bruno Chaves

    quando cair na boca do povo, que um deficiente pode processar o estado por nao conseguir acessar um "sitio" do governo e acontecer uma chuva de processos. Eles vao começar a se mecher.

  • http://alexandre.gaigalas.net Alexandre

    Deviam é colocar essa lei pra TODOS os sites sob domínios .br

    Isso faria a internet no Brasil ser modelo para o mundo inteiro.

    Muitos sites migrariam pra .com para não ter que pagar um profissional pra migrar tudo pra algo acessível, mas os sites que sobrassem seriam excelentes do ponto de vista da acesssibilidade.

    Levando em conta que 99% dos profissionais que mechem com acessibilidade tem que (meio que obrigatoriamente) usar os webstandards, consequentemente seríamos um dos países mais ativos nisso.

    Seria interessante. "Quer ter um .com.br? Faça direito".. algo assim. Algo que desse orgulho de ser brasileiro =)

  • Token

    Acessibilidade não é só para cego, na minha opinião esse carma ligado aos deficientes não devia haver, o público é bem maior, é aquele que acessa pelo celular, palmtop, em modo texto, unix, lynks, por monitores preto e branco e por aí vai. Aí sim o desenvolvedor pensa num público bem maior que ele pode estar perdendo.

  • http://cirofeitosa.com.br/ Ciro Feitosa

    Incrível como nesse país as coisas não andam. Nem as leis são cumpridas, o que podemos esperar? Lamentável.

  • Danilo Laurindo

    Além de infelizmente só valer para sites do Governo, não está prevista nenhuma punição para quem não cumprir com os padrões.

    De que adianta?…

    E sim, acessibilidade não é só para cegos! É para todos, inclusive para mim e para você! Desde aquele que não carrega imagens ou javascript por ter uma conexão lenta, à quem não pode usar as mãos ou ver o que o site tem para "mostrar".

  • Pingback: Thalis Valle. Tecnologia, Marketing e Design de Internet()

  • Luis

    Alguns sites nem funcionam para navegadores diferentes do internet explorer… esperar acessibilidade para deficientes neles é um sonho distante.

  • http://www.terra.com.br/portal/ Carlos Fernando de S

    “Direitos Rasgados”

    A AGU economiza centenas de milhões de reais aos cofres públicos todo ano (maiores dados no endereço http://www.agu.gov.br), bem como representa o Presidente da República e os parlamentares em ações em que tenham atuado dentro do limite da legalidade. A AGU representa, ainda, a ONU e todos os demais organismos internacionais que prestam colaboração ao nosso país, atuando em defesa dos interesses da União (ente de direito interno) e da própria República Federativa do Brasil (ente de direito internacional), mais AGU – Advocacia Geral da União, só não respeita os direitos Constitucionais do Cidadão, os quais desde 18 de Fevereiro de 2004, AGU em consonância com O Ministro da Justiça, que tem o dever de serem os defensores da legalidade, por interesses de uma política favorecendo exclusivamente o Governo do Presidente Lula, acabaram invertendo os papéis, onde penalizaram os Ex Cabos pós 1964, da Força Aérea Brasileira pela 2ª vez, os quais defenderam os princípios da Inconstitucionalidade, com pareceres sem nenhum fundamento jurídico, para defender centenas de milhões de reais aos cofres públicos da União, com a Lei da Anistia Política 10559/2002 rasgada, e a Constituição de 1988 totalmente Contrariada, Em razão da AGU e o Ministro da Justiça serem prepotentes em não querer cumprir Leis, centenas de companheiros Ex militares da Força Aérea Brasileira se encontram doentes, dezenas já faleceram em todo Brasil, milhares de processos estão em fase de andamento na Justiça Federal, com a Lei da Anistia Política descumprida, para proteger os cofres públicos da União, que lamentavelmente pelo Governo ser Poder, ainda continua na impunidade, isto é Brasil. A Nação tem que estar com o cofre público abarrotado, com os direitos dos indefesos e idosos cidadãos prejudicados, e a Lei que assegura estes direitos, rasgada.