Novo Revolução Etc

Está pronto. Achei que não fosse mais terminar o projeto de refazer o Revolução Etc inteiro. Refiz todo o HTML e CSS e o Flávio “Japs” Kaminisse reprogramou o PHP em um template novinho em folha. A novidade, em termos de história do blog, é que esta é a primeira versão que eu não dou suporte ao Internet Explorer 6. Se visitar este blog por ele, verá que eu coloquei uma mensagem mandando o usuário atualizar o navegador. A quantidade de usuários que visitam o blog usando o IE6 é pequena. Mas independente disso essa é minha contribuição pessoal pra ajudar o Internet Explorer 6 ir para o saco. Já está demorando muito.

Ainda faltam alguns pequenos ajustes que pretendo ir corrigindo ao longo da semana. Se está lendo esta notícia pelo feed, dê um pulo aqui e me fale o que achou do novo design do Revolução Etc.

Continue reading “Novo Revolução Etc”

A relevância dos blogs em um contexto regional

Não vou ficar lambendo o que já se falou. Faça uma busca no Google que você vai ver o tanto que já se falou sobre os blogs, blogueiros, monetização, relevância, etc. Não estou aqui para afirmar que os blogs são relevantes (eles são, se não acredita veja isso aqui, e eu também ganhei um Windows 7 de presente), este post é sobre a relevância que eles já possuem. Sente a diferença? Continue reading “A relevância dos blogs em um contexto regional”

Resiliência baby, resiliência!

Caros leitores, nem sei por onde começar. Vou pela parte que fudeu com o blog os últimos dias. A Dreamhost (calma, a culpa não é deles) fez uma migração gigantesca nos últimos 10 dias, eles enviaram avisos e nos notificaram sobre uma possível instabilidade após a migração. Isso de fato ocorreu mas por apenas 1 dia e meio. Em mais de 4 anos de serviço meu site ficou fora do ar apenas 3 vezes. Para ter uma idéia se eu estou ou não satisfeito com eles, em uma experiência anterior em um gigantesco hosting brasileiro, em 3 meses eu fiquei fora do ar uma semana inteira. Continue reading “Resiliência baby, resiliência!”

1º Curso de Padrões Web na FIEMG em Uberlândia. Check!

Enfim (começar um texto com “enfim”, jura?), por “n” razões eu não vim até este blog dizer algumas coisas que andei fazendo, participando etc. Não prometo nada (achou que eu ia pedir desculpas né?). Em fevereiro desse ano eu anunciei a idéia de um curso de padrões web presencial e basicamente eu desapareci (acho que sou bom nisso). Finalmente eu concluí o desenvolvimento e já até ministrei a primeira turma nos dias 22, 23 e 24 de julho passado na FIEMG em Uberlândia. Eu adorei o resultado e só os caras (e a “lady“, só tinha uma mulher lá) poderiam dizer o que eles acharam! Continue reading “1º Curso de Padrões Web na FIEMG em Uberlândia. Check!”

Documentos da W3C em português

logomarca da W3C Se você reclamou a vida inteira que nunca conseguiu estudar os padrões web e os documentos da W3C porque não sabia inglês, saiba que seu problema já foi resolvido há muito tempo. Mas se você porventura tenha se esquecido ou passou despercebido, estamos aqui para ajudá-lo (na medida do meu possível, é claro). Continue reading “Documentos da W3C em português”

Sigam-me no Twitter!

Logo do Twitter Aos poucos fui descobrindo o Twitter. Sério. E antes de julgar o serviço, como eu já fiz no passado, ele pode servir por razões úteis ou inúteis, depende do seu interesse ou do seu humor. É uma rede social onde eu sigo pessoas por conhecê-las pessoalmente ou então pelo tipo de informações que elas compartilham. Simples assim, não tem segredo. Cada um tem seus critérios. Continue reading “Sigam-me no Twitter!”

Falando em web standards: curso presencial em Uberlândia, topa?

Alguns meses atrás os leitores deste blog viram minha procura por programadores de interface em Uberlândia / MG, e a busca sempre é difícil. E sempre estamos precisando de mais profissionais. Continue reading “Falando em web standards: curso presencial em Uberlândia, topa?”

Segundo dia de Campus Party

Campus Party Segundo dia da nerdstock, gostei muito do ritmo do dia apesar de não achar nada produtivo ficar nas mesas este ano. Foi melhor colocar na cabeça que eu não deveria ficar na frente da internet conectado, e andar mais, conhecer pessoas, estar nas rodas de discussão e fotografar. O dia foi muito bom. Continue reading “Segundo dia de Campus Party”