Quem acredita em web 2.0?

A um ano e meio atrás eu escrevi que a web 2.0 não significa nada. Me desculpe! Os comentários naquele texto variam de apaixonados a completamente céticos. A web 2.0 até agora tem sido a maior buzzword da história da internet. E ainda hoje eu continuo achando que Web 2.0 é apenas um santo graal marketeiro. Sorry, mas não há outra forma de dizer isso.

No geral eu ainda acho que quando uma empresa que desenvolve sites para web apela para o papo de web 2.0 é porque já esgotou seus argumentos de vendas. Porque falar que faz sites web 2.0 é mais fácil (contra-senso aqui) do que defender que possuem preocupação com acessibilidade, usabilidade e conteúdo enxuto. A frase “fazemos sites web 2.0” é o argumento mais estúpido que eu já ouvi nos últimos anos.

E de tempos em tempos eu leio algo realmente criativo sobre o assunto e este eu não poderia deixar de registrar aqui, o texto do Luli Radfahrer chamado “Eu não acredito em web 2.0”. O resto que eu escrevi foi apenas uma introdução pra você ler o texto dele. Seja com ódio no coração ou com tochas na mão! E se quiser reler meu texto, sinta-se à vontade!

  • http://project47.viscountbox.com/ Carlos Eduardo

    Eu também havia lido esse texto no site dele e achei que foi abordado de uma maneira genial.

    O pessoal acaba entrando na onda das buzzwords e, muitas empresas, se aproveitam disso para lucrar também…

  • http://jaderubini.wordpress.com Jader Rubini

    O que se chama de web2.0 eu costumo chamar de web.

    Afinal, essa "coisa" com a qual estávamos acostumados já há algum tempo não pode ser a web…

  • Emilio

    Concordo em número, gênero e grau. Web 2.0 é um termo que nasceu com um inocente e acabou sendo deturpado por marketeiros e pessoas que não entendem que o diferencial é criar um web site semântico, acessível e totalmente usável.

    A três meses fiz um trabalho na faculdade sobre web 2.0 e meu argumento era justamente esse. Fico feliz de saber que outros pensam igual a mim.

  • http://www.centenaro.org/fabio/ Fabio

    Web 2.0 é a mesma web de sempre. Dizer que faz "sites web 2.0" significa, ao meu ver, dizer que usa tecnologias e funcionalidades parecidas com as que softwares desktop usam. E nada mais. E outro detalhe é que todo mundo faz isso hoje em dia, pois se não fizer, pode se considerar ultrapassado. Fazer "sites web 2.0" é praticamente obrigação. É o mesmo que chegar na Inglaterra e dizer que tu fala inglês. Ou seja, não faz diferença alguma, todo mundo faz o mesmo.

    Abraços!

  • Fábio Pavani

    "sábio é quem diz o que todos tem ao menos medo de demonstrar…"

    Lindo cara, lindo…

    Não sei porque agora toda e qualquer empresa (por assim dizer), insiste em utilizar o termo "Web 2.0" como um "OPCIONAL DE FÁBRICA".

    E se eu quiser que meu site não seja web 2.0 eu pagaria menos por isso?

    A evolução faz parte de tudo, a web não vai parar de avançar… e o fato de novas tecnicas e tecnologias surgirem não muda a web como a conhecemos…

    Sejamos curtos e grossos: A web 2.0 é sim, só mais um anzol de marketing, pois quem muito sabe do assunto sabe que esse nome não muda muita coisa…

    abraços!

  • Cristian Trentin

    Muitos não conseguem nem escrever e gerar códigos de maneira correta e querem pq querem estar e criar para a web 2.0.

    Abraços

  • Patric

    Concordo plenamente. Simplesmente "inútil" o suficiente para ser capa de revista Info e coisas do genêro.

  • Tioni

    Bom, é um nome bonitinho. Acredito que tudo que é muito repetido, torna-se massante, vira chato, e depois nojento. A WEB 2.0 está a caminho do terceiro nível… daí vira 3.0 hahaaha.

  • http://geek42.org/ Daniel

    Concordo contigo Henrique, desde a primeira vez que ouvi este termo eu senti um desconforto, alguma coisa não estava certa. A mídia por sua vez adorou e adotou, sem pensar, tudo que eles queriam, sem falar no pessoal que vende sites web que achou ai uma maneira de dizer que o produto deles tem um "plus a mais".

  • Marcos

    No meu blog eu escrevo sobre Web 2. Na verdade a categoria eu chamei de Web 2.0 para poder diferenciar dos sites comuns. Acredito que este nome é apenas um jargão popular ou maketeiro. No final tudo é a mesma coisa.

  • http://exprophony.wordpress.com Alvaro Sasaki

    Sinceramente, eu vi a web2.0 como uma evolução natural…

    "Oh, lá vem outro…" você pensam.

    Mas para mim é uma evolução como quando se dizia "Windows XP" ao invés de somente "windows" hoje em dia, ao menos na época do lançamento deste, como ainda acontece com o Vista que daqui a algum tempo irá virar somente mais um… "Windows".

    O problema é que as pessoas o anunciam como uma *R*evolução(desculpe se apertei alguma tecla errada ;P), como se ninguém tivesse pensado anteriormente no rumo que a internet está tomando.

    Na melhor definição para gregos e troianos que consegui formar até hoje, web2.0 é uma internet com mais interação, com facilidades para o usuário chegar e compartilhar conteúdo sem ter de bater a cabeça em XHTML, CSS, Semântica, etc, sendo que o trabalho de fazer o intermédio do conteúdo dele e uma página corretamente renderizada é trabalho para desenvolvedores das diversas áreas envolvidas. Isso sem citar a atração que deve ser provocada para que outros usuários se sintam compelidos a ver esse conteúdo.

    Daí entra uma boa semântica para garantir a renderização e leitura minimamente compatível pelos browsers, sites de busca ou meios de se agregar conteúdo(APIs), algo que é bem dificultado quando se pensa na nossa querida web1.0(e compatíveis :P) no estilo de páginas pessoais na era de ouro do geocities, com saladas de cédigo, colchas de retalhos, mamutes coloridos, entre outros apelidos carinhosos…

    Minha conclusão? Passamos da era feudal da internet (com uns poucos senhores feudais sabendo o que fazer de útil e avançando para algum lugar, enquanto a maioria dos outros preferem caçar trigo no meio da floresta) para um meio um pouco mais organizado… Talvez uma era industrial, isso baseado nas tantas linhas de montagens de site que ando vendo por aí…

  • Cesar

    Eu não concordo com você, me desculpe!

    Tudo bem, sou suspeito para falar, pois sou publicitário e vocês podem dizer que estou dizendo isso para proteger essa buzzword. Mas não é o caso, pois trabalho com publicidade na web há 6 anos e tenho experiência para falar sobre interaction design, usabilidade, padrões e tudo o mais.

    Acho que não se deve desmerecer o que chamam de web 2.0. Isso é falar mal do desconhecido, de algo que ainda está nascendo e crescendo, e depois vocês podem "queimar a língua". Digo isso porque VI a transição para a tal web 2.0, desde quando comecei como o webmaster wue fazia TUDO até hoje que trabalho numa empresa com metodologia multidissiplinar.

    Resumindo, vi que a internet não é mais uma criança engatinhando, mas sim um adolescente tomando forma, formando padrões, sendo usada não só mais como interação humano x computador, mas também na interação humano x humano… E ISSO é web 2.0. É usar do maior poder da web (a quantidade de usuários) para seu próprio benefício. Usar isso como fonte de conhecimento é JUSTAMENTE o que a empresa Wikia (criadora da Wikipedia) fez. Pegou conhecimento HUMANO para distribuir para cérebros HUMANOS, usando a tal ferramenta 2.0 para isso. Para ser bem claro, web 2.0 é um conceito simples e até desmerecido e, JUSTAMENTE POR ISSO (e coincidentemente como todos os outros conceitos do tipo) vai revolucionar a web. Por isso esse nome.. nome para uma nova fase onde a web vai crescer e se tornar adulta!

  • leonardo mateus

    Bem, não resisti e vou dar o meu pitaco. Pois bem, é uma extrema ignorância falar que NADA mudou. As tecnologias mudaram (e não vão me falar que vcs ja usavam javascript+xml antes) pois não se trata disso. O jeito como se é tratado tais tecnologias é que deve-se observar. A interação HOMEM-HOMEM (bem citado anteriormente) evoluiu drasticamente devido a estas tecnologias, e isso não dá pra negar, é muito óbvio. Não simplismente uma questão de acreditar, está diante dos olhos. Antigamente não tinha youtube, myspace, (orkut foi o primogênito, na minha opinião…). Mas também não podemos dizer que a Web 2.0 é uma revolução extraordinária assim como a revolução industrial. É sim uma mudança, mas uma mudança tecnologica.

    E já tenho uma opinião formada: A Web 3.0 será uma integração de todas essas tecnologias emergentes (maps, tv digital, iphone's e mobilephones, gps, internet, etc….) Quem aposta?!

  • http://www.rondoseg.com.br Eduardo

    O grande problema é que o usuário final não faz a mínima idéia do que é usabilidade, acessibilidade e outras dades… Faça o teste, mostre para seu pai um site "Web 2.0" e outro "antigo" é bem capaz que ele prefira o antigo…

    As pessoas em geral estão acostumadas a usar sistemas baseados em Windows e por isso preferem as coisas mais quadradas e cinzas…

    O pior é que tem muito design por aí que não entendo nada de html, css, acessibilidade…. eles também continuam na era Windows…

    É só uma questão de tempo até as universidades e as empresas enchergarem isso como um grande benefício e não "frescuras"…

  • Ed

    Tudo bem que a web 2.0 possa não ser nada de mais como anunciam por ai, mas quando um cliente me pede para fazer um site em web 2.0, eu não perco tempo dando aulas de que isso não existe, eu simplesmente cobro mais caro e faço o mesmo serviço que faria para qualquer outro. O cliente fica satisfeito com seu "site 2.0" e eu fico feliz por ganhar mais =)

    Acho que ao invés de ir contra a maré, devemos aproveita-la hahahaha

  • Pingback: “Quem acredita em web 2.0?” - Eu! « my impressions()

  • Fabio Gobbo

    Estou totalmente de acordo, não acredito nesse argumento de web 2.0 e devido a isso nunca passei esse conceito adiante para os meus clientes. A internet evolui como sempre…

  • http://www.anacnogueira.eti.br Ana Claudia

    Acredito sim em web 2.0, e a vejo como um amadurecimento ainda que não por completo da internet. Existem hoje em dia várias ferramentas para interação entre pessoas e outras que parecem verdadeiros canivetes suiços de tantas opções que nos oferecem. A web 2.0 é a evolução natural da internet, e não um diferencial nem uma jogada de marketing.

  • http://www.deloyola.net Paulo de Loyola

    Web 2.0, AJAX ou qualquer coisa que se faça no mesmo estilo é apenas uma proposta de serviço. Não é uma panacéia universal para a Internet ou coisa que o valha, como muitas vezes é aprssentado. Dizer "fazemos Web 2.0" é como uma fábrica de carros dizer que seus automóveis tem DVDs de fábrica: é muito bom mas não absolutamente necessário. Se uma determinada metodologia ou tecnologia traz resultados melhores para seus usuários, que seja aplicada. Caso contrário, que se apliquem melhores metodologias ou tecnologias. O "pulo do gato" consiste no bom trabalho do desenvolvedor web e do arquiteto de informação para definirem se os conceitos Web 2.0 são necessários ou não para o projeto do cliente. Simples assim. Do outro lado é puro pedantismo, ou melhor, "umbiguismo".

  • http://www.weblocal.com.br Gilberto

    Web 2.0 é o futuro, logico que tudo tem que se adapitar, mais ela vai facilitar a vida de muita gente

  • Hebert

    Também concordo que web 2.0 não significa nada. Se começarmos a dar versões para cada pequena mudança no modo de interagimos com a web onde vamos parar?

    Isso é apenas mais do mesmo.

    Um avião é um avião, um telefone é um telefone a web é a web e pronto.

  • Orestes

    Maior palhaçada essa estória de web 2.0

    Internet é um software? Qual empresa é a dona dele? Cadê o relatório especificando o upgrade para a versão 2.0 deste software fechado chamado internet? Se a internet é software precisa pagar a Licença?

  • Orestes

    Interessante! Basta algum "formador de opnião " falar algo para que todos corram atrás e tomem aquilo como verdade!
    http://www.revolucao.etc.br é um formador de opnião e concerteza o que é escrito aqui pode mudar a "opnião – visão" de muita gente!

  • Orestes

    E só mais uma coisa.

    Será que é uma evolução fazer sites imitando softwares desktop?

  • gabriel

    a internet vai ser sempre internet e só essa história de 2.0 é palhaçada.

  • Ueslei

    Cara! Eu não entendo nada de criação de sites, acho que estou no lugar errado mais… minha opinião é que web 2.0 é um termo marketeiro sim, e bem empregado, por mais que vcs dizem a internet não ter passado por uma grande revolução, que isso é pra ganhar dinheiro, seus clientes sabem disso!? Como é que eles iriam identificar as mudanças que estão acontecendo com a internet!? Sei que "Santos Dumont" (é o que dizem) inventou o avião, o que mudou em um avião? Turbinas, radares, poltronas, ar condicionado… ele continua um avião, só que melhorado. A internet continua a internet só que melhorada! E para que o "povo" entenda que está havendo uma mudança aparece o termo web 2.0. Simples não!? Mas, vcs que são brancos que se entendão.

  • http://www.nistocremos.net/ Fábio dos San

    Para mim, não passa de um termo marketeiro

  • http://www.automaclick.com Gustavo – Impressora

    Concordo plenamente. Simplesmente “inútil” o suficiente para ser capa de revista Info e coisas do genêro.

  • Cesar

    O termo WEB 2.0 não foi criado para dizer "olha, agora os sites tem AJAX e você pode editar os textos sem precisar de um formulário ou pode arrastar quadrinhos"! NÃO É ISSO!

    O termo foi criado para dizer que hoje a internet não é só mais uma ferramenta de interação humano X computador!! A questão é que OS CONCEITOS mudaram.. o engraçado é que quando um abre polêmica sobre "web 2.0 é para vender capa de revista" um bando de influenciáveis vai atrás. O que vocês ainda não perceberam é: olha o texto do autor. Repare. Leia quantas vezes ele escreveu web 2.0! Leia o título como é polêmico. ISSO SIM é matéria APENAS para vender, para aparecer. NADA de útil foi acrescentado com este post, apenas o número de visitantes nesse site.

    Sabe a melhor? Sabe por que o número de visitas vai aumentar? Justamente por causa da própria web 2.0. Dessa interação humano x humano que os usuários buscam quando entram num blog para ler notícia ao invés de entrar no http://www.estadao.com.br!

    E quem não perceber isso, como todos vocês, ficam pra trás!

    Sem mais!

  • Pingback: Conexão Needforlumbriga » PhotoShop para quê?()

  • Pingback: fazemos sites web 2.0 « Tridente de poseidon’s Weblog()

  • Pingback: A morte da Web 2.0 » Revolução Etc()