Dicas de como montar um blog – Parte 5 – Escolha a ferramenta que vai usar para blogar e o local onde você vai hospedar o seu blog

Esta é a parte mais chata para 99,9% das pessoas. Qual ferramenta devo usar para blogar? Onde hospedar meu blog? A hospedagem vai depender de qual será a plataforma de blog que você vai escolher. A única opção que eu te dou é a seguinte:

Use o WordPress para blogar!

Eu sugiro veementemente que seja o WordPress, a melhor plataforma de blogs gratuita do mundo. E é melhor inclusive do que todas as pagas que eu conheço. Ele é gratuito, é seguro, é a ferramenta mais popular que existe e é a mais sexy no mundo! Leia sobre o WordPress em português aqui.

O WordPress possui todas as características importantes no mundo dos blogs como bom código de HTML, feeds em vários formatos, atualizações constantes, XML-RPC, pingback e trackback, busca, tags, categorias, centenas de templates gratuitos, comentários, milhares de plugins gratuitos e mais um monte de detalhes que a maioria de vocês nunca vai saber para que serve porque o próprio WordPress irá tomar conta para você.

Como eu sugiro o WordPress como ferramenta para blogar, ele foi construido em uma linguagem de programação chamada PHP, logo isso vai influenciar completamente na hospedagem que você deve escolher. Entretanto, há 2 diferentes caminhos que podem ser seguidos.

Blogar de graça

Se você não tem conhecimento e não quer gastar dinheiro hospedando seu próprio blog ou contratando alguma empresa para te ajudar, você pode criar uma conta gratuita aqui. Sim, também é WordPress. Lembre-se que você está completamente limitado no que você pode fazer lá no WordPress.com, visto que é uma ferramenta com hospedagem gratuita. Que limitações são essas? Por exemplo, você tem limite de espaço disponível para hospedar suas coisas. Poderá chegar um momento em que você terá que contratar uma hospedagem paga para ter mais espaço, e você vai gastar mais dinheiro ainda porque terá que migrar todo o seu conteúdo de lugar.

Outra limitação é em relação ao domínio que você escolheu no passo anterior. No WordPress.com você terá que ter um domínio do tipo www.seu_nome.wordpress.com e não tem como mudar este formato. Não tem como remover o wordpress.com do final do endereço do site. Ou seja, nada de domínio próprio.

Outra ferramenta gratuita muito popular é o Blogger do Google. Lá tudo é de graça, incluindo a hospedagem do seu blog, incluindo as limitações já referidas acima. E la você também fica limitado no nome do domínio. Mas estas são as soluções para quem quer blogar de graça sem gastar nenhum tostão. Você não terá melhores opções do que as duas listadas acima em nenhum outro lugar.

Investir um pouco de dinheiro

A outra forma de ter um blog é tendo um domínio próprio e contrantando uma hospedagem. Essa é a abordagem que eu recomendo principalemente se você sabe o que quer. As principais razões para isso são as seguintes:

Blog vicia. Acredite. Se começar a blogar em uma hospedagem gratuita cheia de limitações e viciar, a grana e o tempo que vai ter que gastar para migrar todos os seus artigos do blog gratuito para o novo, será muito grande. Se você realmente sabe que quer blogar, que será um hobby que realmente te dará prazer, compre um domínio próprio e alugue uma hospedagem desde o início. Você poderá se arrepender muito depois se não seguir este caminho.

Hospedagem

Se você não entende nada de programação ou de internet, você vai precisar da ajuda de algum amigo ou empresa para te ajudar. Sugiro que contrate uma hospedagem em alguma empresa brasileira que possua um bom suporte. Me escreva se não tiver ninguém para te ajudar nesse assunto.

Se você já tem conhecimento de PHP, sabe inglês e não quer ficar na mão de nenhuma empresa e nem quer depender de suporte, eu recomendo que leia este texto que irá te ajudar a selecionar um hosting. Hospedar seu próprio blog é a melhor escolha e foi a escolha que eu fiz desde o início. Mas reforçando, não tente fazer isso sozinho se não tem certeza 100% daquilo que está fazendo ao configurar um servidor.

Acredito que este assunto de plataforma de blog e hospedagem é a parte mais chata de toda a série que eu preparei. Entretanto não é possível fugir desse assunto pra sempre. Enfin, prometo que os próximos assuntos serão mais interessantes. Até a próxima!