Complexo de Rosângela. Há limites para a tolerância na web?

Um pessoa que se identifica como Rosângela escreveu nos comentários do meu texto intitulado de “O que você acha de esquecer 800 x 600?” o seguinte trecho aqui inteiramente transcrito:

 

Sabe o que eu acho… Você é um calhorda, estúpido e ainda por cima se acha o tal. Achar que só porque as pessoas tem monitor de 800×600 não são desenvolvedores é uma discriminação. Quero mais é que você morra, patife! (e pode tirar o meu comentário daqui que eu sei que você não é homem para deixá-lo)

Comentários assim tem sido vistos por ai com certa freqüência. A Rosângela não é um caso isolado e eu apenas aproveitei o comentário dela como parte do meu diagnóstico de um tipo de troll. Seria essa uma doença moderna da blogosfera recentemente diagnosticada? Eu sei que trolls existem e não é algo novo, mas alguns comentários perecem de alguma maneira atacar opinião divergente e não simplesmente acalorar uma discussão ou desviar dos assuntos como fazem os trolls. Comentários assim apresentam até um tipo de “padrão” ao simplesmente demonstrarem intolerância a opinião divergente. Será que são os filhos intelectuais do Bush e do Sarney? Eu já vi vários comentários desse tipo no blog do Cardoso, do Bruno Torres e do Tableless. Eu pensei antes de escrever este texto, pra saber se era um caso isolado, mas eu acredito que não. E ai? Como se relacionar virtualmente com pessoas que agem e pensam assim?

Há centenas de coisas sobre desenvolvimento que eu acredito ser a melhor saída, mas eu não deixaria de me relacionar com alguém caso essa pessoa pense diferente. Ataques desse tipo estão se tornando comum e “sujam” discussões inteligentes, mudando o foco, irritando blogueiros e leitores. Complexo de Rosângela foi o nome que eu dei pra uma pessoa sem identidade (nem sei se o e-mail dela é valido ou não) pra alguém que não existe e simplesmente quer atacar a sua opinião por ser diferente, e não por ter uma idéia melhor. Acho atitudes assim lamentáveis e essa é uma das razões de acreditar cada dia mais na moderação de comentários. Sinto muito pessoal.

  • http://project47.viscountbox.com Carlos Eduardo

    É mais um fato lamentável.

    Inclusive, comentei em meu blog sobre o amadurecimento dos sites pessoais, representado pelos blogs, que se tornaram verdadeiras ferramentas para divulgação de idéias e conhecimentos, além de permitir a interação com leitores, etc.

    Porém, como sempre, há maus elementos que não devem ser seguidos, e se dão ao trabalho de escrever algo do tipo, simplesmente para atingir o autor, sendo uma atitude que, ao que me parece, não tem nenhum nexo.

  • Lucas Castro

    Caro Henrique, o fenômeno rosângela é bem comum em outros setores também – além da blogosfera. Todo lugar tem pentelho e gente invejosa.

    Cabe a nós tentarmos friamente analisar o lado desses pentelhos, e observar se no fundo no fundo ele não têm um pinguinho de razão. Após a análise, você pode seguramente "jogar eles fora" e ignorar o fato.

    realmente é muito chato esse tipo de usuário, mas eu também não sou muito a favor do conteúdo moderado não. Ele deixa o site "engessado" e dependente de intervenção manual. Quando você viaja por exemplo, se ficar sem acesso à internet, os comentários vão parar.

    De qualquer forma, a decisão é sua.

    []'s

  • http://www.undergoogle.com/blog/ nando_master

    Olá Henrique, já passei por muito “Complexo de Rosângela” no meu blog… a forma mais correta de acabar com o problema foi cortar a participação dos comentários anônimos.

    Bom, quanto a indignação dela, eu entendo.., em alguns lugares o 800×600 é o rei por que parece que os donos destes pc’s pararam no tempo. Como acredito eu que menos de 10% dos usuários do Revolução tem 800×600 não há problema algum em portar o site para 1024×768! :)

    Mas… uma pergunta: Se a acessibilidade é tão importante, não há uma forma de agradar a todos? Desde usuários de celular à usuários de super monitores? Sim, dá mais trabalho, mas não é isso que prega a Web2.0 quando toca em usabilidade e acessibilidade?

    Grande Abraço!

  • Luis

    Isto é antigo, muiiiiiiito antigo.

    No entanto com o advento dos blogs e etc, tornou-se possível estas pessoas falarem o que querem, quando antes só podiam falar a meia duzia de pessoas em volta delas.

    Acho que muitos aqui, senão todos, já participaram das antigas listas de discussões e sabem que isto já acontecia com muito maior frequencia.

    Veja por exemplo o caso "Microsoft". Quantas vezes eu e outras pessoas fomos ofendidos por defender idéias que eram favoráveis a Microsoft. Parece que havia e ainda há uma necessidade de ser contra tudo que começa com Microsoft.

    O que dizer destas pessoas? São as Rosângelas da vida!

    Penso que o respeito é a base de qualquer relacionamento. Se vc perde o respeito… aí fica difícil né?

  • Tiago Bega

    Complexo de Rosângela, pra mim este tipo de coisa deve ser simplesmente ignorado , igual os usuários sérios fazem.

    Eu acredito que são pessoas com algum problema psicologico, ou algum disturbio sei la, só querem mesmo aparecer, não merecem nem ser lidas, moderação é uma boa forma de organizar isso sem deixar de ser 'democratico'.

    Quanto a resolução creio que a melhor forma seria um layout liquido.

  • Maurício Rech

    hehe

    eu sempre digo que temos que ser humildes e honestos, mas difícil nesse caso, pois se eu for humilde ficaria quieto, se eu for honesto, mandaria a "Rosangela" comprar um monitor, um óculos(vai que tem problamas de visão, mas para isso eu recomendo o x-lupa que desenvolveram lá na faculdade) e talvez, por que não, uma identidade nova, pois essa já se foi!

    é, Rosangela, você precisa rever seus conceitos.

  • Rafael Oliveira

    Esse tipo deve ser ignorado. É o famoso pentelho, se você der bola, ele se sente o máximo, se você ignorar ele chora e vai embora.

    Atitudes como essa nunca ajuda em nada, do contrário, só ajudam a acabar com a imagem da pessoa, e faz-se perceber o quão "desregulado" ela é.

    O mais engraçado é que, na maioria dos casos, normalmente se usam e-mails e nomes falsos. Não sei se foi o caso dessa Rosângela aí, embora, provavelmente deva ter sido. =P

    Sobre o Layout, líquido seria legal mesmo. Mas, levando em consideração que os visitantes de 800×600 aqui devem ser uma porcentagem bem baixa, um layout de 1024 não seria problema. ^^

    Té! =)

  • http://www.thalisvalle.com Thalis Valle

    Por que será que essas pessoas ficam com tanta "raiva" desse jeito? Pararam pra pensar?

    No caso, será que a rosângela acordou com TPM e resolveu soltar a língua no Henrique, alvo inocente?

    Já pensei sobre isso, quando comecei a ter bastante visitas no meu blog, no caso de um dia acontecer comigo. Eu iria deixar meu ego de lado e pensar: "Se fulado disse isso, é porque alguma coisa eu falei ou fiz, que mudou minha imagem com essa pessoa".

    Já li vários textos na web falando sobre comportamento na internet, quando você é canal de comunicação e formador de opinião. Temos que ter cuidado com o que falamos.

    Digo tudo isso porque já conversei com várias pessoas que se tornaram destaques na blogsfera (que não direi nomes) que "meteram o pau" em alguns (que tb não direi os nomes) dizendo que esses, estariam preocupados com o ego, fama e gananciados a alimentar um grupo específico de usuários previlegiados, ignorando toda a massa. Ou seja, enquanto pensam estar ganhando respeito (mostrando o grande conhecimento que eles têm), na verdade, estão fazendo suas caveiras. Até pelo modo como se comunicam, se expressam, acabam despertando o conceito de humildade nas pessoas; fazem a impressão de metidos a fodões.

    Mas, isso não segue os padrões… rs. Há os grandes e pequenos, metidos e humildes.

    Acho que foi o caso da rosângela. Ela está tomada pela síndrome da humildade.

    Para o Henrique, talvez nada o afetará, simplesmente porque ele é um cara que já fez nome e não são alguns comentário negativos que vai mudar isso. Mas, não adianta ignorar: ele sabe que perdeu um visitante.

    Isso é real. Portanto, acredito que devemos ter muito cuidado com nossas palavras, porque querendo ou não, uma vez canal de comunicação, somos formadores de opinião e damos a cara pra bater quando colocamos o conhecimento/qualidades na mesa.

    Para rosângela, acredito que ela não vai mudar nada assim, nem se tivesse revelado quem é. Costumo dizer, o que é um lema pra mim: "Se você não pode mudar o sistema, adapte-se a ele". Quem entender o real significado dessa simples frase, terá um mapa da mina nas mãos.

    Abraços

  • http://desenvolvendosites.com Wellington

    Hehehe

    É Henrique, a casa caiu Brother.

    Alguma ex-namorada te achou.

    Rs…

    Brincadeiras a parte, acredito que seja um profissional que vem se incomodando com seu belissimo e eficiente trabalho. Acho que devido as suas publicações e artigo chegou ou alterou de alguma forma a rotina de trabalho do camarada lá e isso só tem a somar.

    Dezencana cara,

    Programador apoiando ou criticando sempre vai existir.

    Ressalto ainda que há dois tipos de profissionais na web:

    Os que fazem e os que dizem que fazem.

    Fique com o primeiro tipo, a concorrencia é menor.

    Abraços e Bom Trabalho, pois ao contrario da rosangela, você tem o que fazer. ;)

  • Gustavo Fernandes

    Oi Henrique.

    As vezes encontramos algumas "Rosângelas" pessoalmente no dia-a-dia. Pessoas super estressadas, por um motivo ou outro, que extrapolam os limites da educação e do bom senso. Elas estão em um nível crítico de tensão e precisam descarregar em alguém.

    Acredito que no mundo virtual, pela facilidade do anonimato, esse tipo de atitude fique facilitada. Uma resolução maior que 800×600 em um dos sites favoritos dela foi a gota d'água! Talvez após fazer comentários desse tipo ela se acalme e consiga manter a sua rotina normalmente.

    É uma atitude lamentável, mas até certo ponto compreensível.

    Abraço.

  • http://www.chavito.org Bruno Chaves

    comentários assim devem ser ignorados mesmo.

    mas é a idéia que quem tem 800×600 tem q comprar um monitor novo ou um óculos é tao desprezível quanto ao complexo de rosangela. Acho que ideia mais coesa, é levar em consideração tanto 800×600 como 1024×768.O tio jacozao já até escreveu sobre isso http://www.useit.com/alertbox/screen_resolution.h
    em casa eu uso 1440×900 e acho muito melhor usar o browser redimensionado para a largura de 800px e usar o resto da tela para outra coisa. Tudo que eu nao desejaria agora, é que entrassemos na ditadura do 1024

    abraço

    Bruno

  • http://www.cjb.net/ Marcus Silva

    A intenção desta reservada parte abaixo do post, onde eu posso escrever, onde estou escrevendo; é opinar, agradecer concordar discordar…mas, infelizmente, é uma pena que comentarios como este nao servem pra nada, o que deveria ser, "acalorar a discussão."

  • http://www.techzine.com.br Rael B. Riolino

    Henrique… tente fazer um novo layout com largura relativa…

    pronto… ai nao tem mais choro ;-D

  • João Henrique Firmino

    Caro Henrique, eu acho que você deveria é deixar mesmo estes posts estilo “Rosângela” aparecerem normalmente, é! sabe porque, para todo palestino sempre existe um israelense para retalhá-lo, ou seja quando uma cabecinha de bagre dessas entrar em cena, deixe que as pessoas de mente aberta repudiem ela, as rosângelas sentirão o drama rsrsrs.

  • Clovis

    Sempre vão existir as batatas podres.Temos que seguir a frente selecionando os frutos que prestam e descartando os que não nos servem.

    Siga em frente.

    []s

  • Daniel

    Bom foi você que criou essa comunidade critica a esse ponto, agora nao da mais para voltar atraz.

    Vejo muito isso no mundo web, os usuarios com sede de conhecimento acabam ficando mais conhecedores do assunto do que o proprio dono do site, sendo assim mais criticos e sendo assim novamente discordam de quase tudo que o autor fala.

    Eu sou uma dessas pessoas que discorda em quase tudo que faz mas, é a vida as vezes as pessoas nos passam.

    []'s

  • http://revolucao.etc.br/ Henrique Costa Perei

    Daniel, meu objetivo nunca foi "criar uma comunidade" (como se eu tivesse criado alguma coisa) que concordasse comigo como robôs e sim fazer parte de uma que estivesse disposta a refletir sobre várias saídas para um mesmo problema. Prefiro um post onde os leitores exploram outras alternativas além da minha do que um somente com pessoas elogiando. Assim eu aprendo mais. No final eu não acho que nem a minha opinião e nem a dos leitores são verdade absoluta. São apenas opiniões que consideram e se pautam em diferentes variáveis pra analisar um mesmo problema. O contexto vai ditar a melhor solução.

    Algumas pessoas olham o público alvo do site e acham que não se deve dar suporte a 800 x 600. Outras pensam além do público alvo e independente disso acreditam que sites devem ser acessíveis independente do público. Acho ótimo isso.

  • http://rafaelmarin.wordpress.com Rafael Marin

    Que demonstração de ignorância. Que pena que existem pessoas que não conseguem acompanhar discussões com argumentos e partem para a arrogância.

    Depois dos últimos artigos daqui – daquela discussão sobre feeds e liberdade – deixei registrado que apesar de divergirmos em opinião jamais deixaria de entrar no Revolução.

    A tua opinião algumas vezes não é a mesma que a minha.

    O que eu gosto dos temas tratados no Revolução é que eles são bastante polêmicos e bem do ponto de vista de cada um, fazendo com que a comunidade discuta, de maneira sadia, um ponto em comum.

    É pena que pessoas com Complexo de Rosângela existam e estraguem discussões inteligentes.

    []'s

  • http://tecnocracia.com.br/ Manoel Netto

    Henrique, usabilidade é um conceito normalmente associado aos padrões web e é muito interessante ser explorado.

    Concordo que o site é seu e você faz oque quiser com ele, mas acho muito mais interessante você, como bom profissional web que é, que está antenado com as tendências e sempre dá uma ou outra dica de usabilidade por aqui, tentar atingir um público maior utilizando para isso layouts acessíveis e adaptáveis não só a qualquer resolução de tela como também a outros dispositivos de acesso ao site.

    Discordo da forma como a Rosângela expressou a opinião dela, mas não posso deixar de concordar que não se pode discriminar um usuário pela resolução de tela que ela usa.

    Comecei a escrever há pouco tempo, inclusive inspirado também por você, mas estou diariamente estudando como poderia deixar o meu site mais acessível, e todos os dias conserto ou adiciono um detalhezinho bobo, mas que me dá uma satisfação imensa.

    Um abraço

  • http://fotologue.jp/sidimar Sidimar

    Parabéns,

    sustentável e autêntico!

    Ao contrário do que a "tal" diz, você teve muita coragem e tranformou o insulto em algo bastante contrutivo.

    Quem sabe um futuro melhor.

    Um abraço!

  • Rangel

    Certíssimo,

    Não tem motivo que justifique fazer um comentário desse tipo, enquanto estivermos discutindo ótimo, isso só engrandece todos que estão discutindo e os leitores.

    No momento que uma pessoa toma uma atitude dessas, ela perde completamente a razão, não seria mais fácil discutir e justificar sua opnião assim como o Bruno Chaves fez ??

    Abs

  • Spencer

    Eu acho que isso é mais simples sabia? Sei lá, vejo dessa forma como um modo de vida "fakiana". Pode ser até um cara que estudou contigo e te invejava, como um qualquer que não produz nada e fica se vangloriando de agressões. Mas ao meu ponto de vista é falta de sexo. As pessoas quando não trepam, ficam nervosas, roem unhas, tomam muito café, se odeiam tanto que começam a odiar os outros.

    Sim, meu nome é Spencer e sim… esse é o meu e-mail… :P

  • http://www.netocury.com/ Neto Cury

    Ela tem toda razão!

    No meu blog um comentário estúpido desses não mereceria um segundo sequer de qualquer complacência minha, eu NÃO seria homem de manter uma estupidez dessa online e seria imediatamente apagado.

    Aceito críticas, bem estruturadas e baseadas em pontos de vista, porém, agressão gratuita não é aceita na minha política de comentários.

    E como diz o Rafael Galvão, os comentários são meus, e isso não é uma democracia, eu pago por este espaço hehehehe

    Adoro isso!

    Abração

  • http://exprophony.wordpress.com Alvaro Sasaki

    É, isso aí, tem que morrer mesmo, manda para pqp! aaaggghhh!!!

    Ok, voltando… o que tenho observado de monte também é um pessoalzinho que se acha no direito de pegar carona em algum comentário no mínimo bem humorado(sarcástico claro) e comentar de forma ofensiva, pois não conseguiu compreender o objetivo real do comentário original e muito menos compreendeu a linha de bom senso que existe nas áreas de comentários para blogs…

    Daí o que se vê? Muita gente seguindo o caminho do Andy Rutledge e desabilitando os comentários(se é que no caso dele ele nunca habilitou) por certas razões, mas superficialmente se observa que é para evitar trolls… e esses dias atrás o dave shea até fez um comentário semelhante…

    Bem, o jeito é aguentar o tranco… sabe como é, não é porque o cara tá gritando um pouco no ônibus que você vai dar queixa por ele perturbar a paz…

  • http://www.contraditorium.com cardoso

    Eu não me importo que discordem. Só não aceito se xingarem. Perdeu a linha, perdeu a razão. Só não apago quando o sujeito é por demais retardado, erra 3 de 4 palavras que escreve e se ridiculariza sozinho.

    Quanto à opinião, estou me lixando. Não perco tempo analizando a opinião de quem me xinga. Cada comentário idiota desses é ponto CONTRA a opinião, pois se aquela posição atrái esse tipo de gente, perigo, perigo.

    Em relação à Rosângela, isso é falta de séquiço, como bem disse o Spencer.

  • http://www.cadudecastroalves.com Cadu de Castro Alves

    Eu entendo que você e outras pessoas não receberam muito bem o comentário desta tal de Rosângela. Porém, deve-se considerar que alguém escreveu aquilo e que você deve filtrar a mensagem que foi dita. Percebe-se claramente que o que ela quis dizer é que tem muita gente que anda discriminando usuários de resoluções abaixo de 1024 e estes usuários devem ser considerados.

    Uma solução? Existem diversas soluções. Eu sugiro layout líquido com largura mínima para 750px. O IE não aceita min-width, mas existem técnicas para simular tal efeito no IE.

  • Leandro

    Este é um problema sério que acontece na web. Nada contra os programadores, mas eles costumam pensar sempre no cliente e nunca nos clientes dos clientes (até pq antes da internet, não precisavam).

    Então, este pessoal, que acha que só porque é programador pode fazer: design, arquitetura de informação, programação, divulgação do site por meio impresso e etc.

    Ai, estes programadores que não trabalham junto com designers e publicitários, esquecem dos consumidores-finais (até pq eles não estudaram para isso).. e esquecem que existem um público-alvo no qual temos que considerar,

    este público é estado por pesquisas, (na web, até mesmo as estatiscas do site servem) e é claro, com os resultados das pesquisas, a idéia é atingir com maior eficácia a GRANDE maioria,, e nunca todos.. pq é impossível..

    para a grande maioria dos leitores deste blog, o uso do layout em uma resolução maior que 800×600 seria melhor!! e é nisso que tem que pensar..

    Acho que no blog "da RosaÂngela" é capaz dela ter feito o blog somente com um "widht:150px" pq um dia alguém falou que acessou o blog pelo celular.. e ela não deve pensar em agradar a maioria..

    pura ignorancia que eu vejo muito nos programadores "auto-suficiente" que querem fazer tudo sozinho, e não entendem nada de pesquisa e target..

    Henrique, blog é isso ai.. vc está sujeito a tudo.. rsss

    a melhor coisa que se pode fazer é ridicularizar a ignorancia destas pessoas.. mandou mto bem em transformar aquele comentário em pauta..

  • Pingback: Previsões (e algumas nem tanto) para 2007… » Revolução Etc - Web Standards em uma casca de noz!

  • http://www.tudoin.com.br Luiz Júnior F

    Fraca, sem argumentos, e fadada ao fim heheh

  • Pingback: Lucrando na Rede » Tem gente que parece que não sei…

  • http://www.verbeat.org/blogs/biajoni Biajoni

    a rosângela, ah.

    lembro dela.

    não quis nada com ela.

    muitas estrias.

    e, pior, não sabe nunca distinguir o um ARTIGO de uma PIADA.

    :>/

  • Pingback: O Fim da Várzea » Robertinho procura Rosângela para amizade ou algo mais

  • Pingback: about:blank » Blog Archive » Eu sou o Iron Man

  • Pingback: O que evitar em comentários | My Good Life

  • Rosangela

    Meu nome é Rosângela e estou me sentindo discriminada por terem intitulado um comentário de alguém supostamente furioso como "complexo de Rosângela. Até teve um comentario que alguém postou assim: As Rosangelas tal e tal.

    Não sejam generalistas, nunca se deve generalizar nada, nem todas as Rosângelas pensam igual.

  • http://outsidethebox2006.blogspot.com Chang Tsai

    Eu tenho blog e ultimamente tem entrado uns anônimos para dizer asneira em vez de comentários inteligentes… tudo bem discordar do que eu escrevo, mas comentar e dizer algo nada a ver com o que escrevi me leva a concluir que a pessoa que escreveu é uma verdadeira analfabeta funcional… aliás é um mal que assola o país, fora os erros de português que ronda a internet dos brasileiros hehehe… pra quê bienal do livro se o povo não lê livros e quando lê não entende, hein?