Como foi o Google Search Masters 2008?

Google Search Masters 2008 Ainda estou em São Paulo e ontem foi o primeiro Google Search Masters 2008 organizado pelos “caras” e com presença de gente de Montain View. Avaliando o contexto geral, e considerando que o evento foi direcionado para webmasters, não foi o que eu esperava. Mas valeu ter vindo.

A organização foi excelente, comida, coffee breakes e até a música estava legal. Achei que teria tomada para todo mundo ficar com laptops no colo mas acho que isso iria acabar atrapalhando (tinha 500 pessoas no evento). Ou seja, ainda bem que não tinha tomadas. Como as palestras eram em inglês, havia tradução simultânea para quem não dominava a língua do Tio Sam.

Já o nível dos participantes decepcionou muito, mais que o evento em si. A maioria que se dava o trabalho de fazer perguntas pareciam novatos. Perguntas sem noção, fora de contexto, perguntas repetidas, uma logo após a outra sobre o mesmo assunto e que requeriam a mesma resposta, foram feitas pelos participantes. O fato é que, quem entende mesmo de SEO e conhece bem as ferramentas para Webmasters do Google não teria muito o que perguntar. Poucas perguntas inteligentes foram feitas para os palestrantes em contextos realmente relevantes. Mas a grande maioria era newbie.

E como eu acho que em um evento segmentado como este, o público é tão importante quanto os palestrantes, os novatos poderiam pelo menos ter lido as diretrizes para webmasters antes de ir ao evento, evitando perguntas óbvias. Quer um exemplo de uma pergunta newbie? Teve uma pessoa que perguntou para um dos engenheiros do Google o que ele achava de sites com tabelas e a qualidade de indexação destes sites (sic)!

Tirando a troca de espectativas, foi legal rever muitos amigos e conhecer outras pessoas. As palestras no geral foram legais (sem muita novidade, mas boas), principalmente a do Adam Lasnik que se comunica muito bem. Na próxima eu espero que o Google segmente melhor com um processo seletivo incluindo prova e tudo. Ou então fazer dezenas de eventos evangelistas para os novatos, seria melhor ainda.

Quem mais escreveu sobre o evento?

  • http://gulp.com.br Claudio

    Olá Henrique,

    realmente não é a primeira vez que isso acontece, ir a um evento com grande expectativa e sair de lá frustrado. Foi o que aconteceu comigo no GDD 2008, entre outras pérolas que vi por lá, fique com uma dúvida: por que tanta gente durante a parte de perguntas e respostas, ao pegar o microfone, começava com "I have a question"? Isso é lógico, afinal, não estávamos num "karaokê".

    Posso apostar que aconteceu de novo :)

    Sem voltar a comentar a parte técnica das perguntas que pelo que você disse do GSM teve o mesmo nível do GDD.

    []s

  • Cesar Zeppini

    E aí Henrique. É verdade, fui no GSM 2008 também e achei o nível dos palestrantes muito bom, mas dos espectadores, péssimo.

    No mínimo 4 ou 5 vezes perguntaram sobre Semantic Web e Microformats para eles, sendo que qualquer webmaster com o mínimo de conhecimento técnico não precisaria pergunar isso. Eu fiquei com a sensação que a maioria das pessoas que levantou da cadeira para perguntar, perguntava por perguntar, para aparecer, já que muitas perguntas eram como: "Hoje a Web Semântica se tornou uma prática fundamental no desenvolvimento web. Como o Google vê isso?". Pô, 'como o Google vê isso'? O cara tem que estar de brincadeira pra perguntar isso. Parece aquele tipo de pergunta que um fã faz pro seu ídolo na TV, apenas para aparecer: "O que vc acha da pobreza no Brasil?".

    90% das perguntas não foram direcionadas ao que estava sendo falado no palco. Parecia que eles nem estavam ouvindo. O coitado do indiano não respondeu quase nenhuma pergunta sobre Custom Search, que era o que ele estava palestrando.

    Muito bom o nível dos palestrantes e das informações. Acho que, mesmo que a maioria dos webmasters já sabia o que estava sendo falado, valeu a pena por saber que o Google está criando tecnologias muito bacanas. Mas, lamentável o nível dos espectadores. Valeu Henrique!

  • http://otimizacaodewebsites.wordpress.com/ Bartolomeu

    Olá Henrique, primeiramente os parabéns vai para você pelo site, gostei muito e já adicionei em meus favoritos favoritos. :)

    Bom, é complicado dizer que a culpa é do Google pelas expectativas frustradas de muitos webs neste evento, mas acredito ser a culpa dos próprios interessados que ali estiveram já que, se acharam no direito de abrir a boca e falar aquele monte de asneiras e perguntas fora do foco. Valia ter a base pelo menos para ir em um evento desse porte. Sem contar que muitas pessoas tem aquele ar de que o Google é obrigado a ensiná-las a brincarem em seus brinquedos e sendo assim, não buscam se informarem melhor.

    Mas enfim, eu esperava eles falarem mais sobre otimização, sei lá, algumas dicas pelo menos. Então vamos colocar ai que o aproveitamento foi de 20%. Do resto o lanche tava bacana, o lugar muito conveniente e o atendimento pelas googlezetes foi muito bom. Vamos ver o que vem por ai nesse mundo de marketing digital. Abraços.

  • http://blog.klaus.pro.br/ Klaus Paiva

    De fato Henrique, concordo plenamente com você.

    As sessões estavam OK, embora pudessem ser mais avançadas… E realmente, o nível médio do público era muito baixo.

    O evento foi legal, mas se eu tivesse ficado em casa acho que teria aprendido mais. =)

    []'s

  • http://www.tray.com.br Reinaldo Martins Per

    Realmente a comida estava boa, as recepcionistas eram bonitas, mas não tive o que perguntar pelo que foi apresentado nas palestas, nada de novidade. Enfim, a intenção foi boa.

  • http://www.tidbits.com.br Danilo

    tipo… usar microformats aumentava a relevância? ahahaha perguntaram 3 vezes…

    mas sinceramente, gostei… não conhecia o appliance, achei muito legal

  • Tiago Celestino

    Acho que já estava prevendo isso para o Google Search Masters. Acho que a Google precisa investir mais em palestras.

    Nunca fui, apesar que já teve uma aqui em Salvador recentemente, porém, quando eu leio nos blogs e no Twitter, vejo que é tudo parecido.

    O legal nessa horas, fica para o networking mesmo. :D

    Abraços Henrique.

  • Gustavo Macedo

    Achei bacana o GSM08, mas gostaria que tivesse sido um evento mais técnico, com dicas/macetes para os developers, acabou sendo, quase que em sua totalidade, um evento comercial. Dentre algumas das questões que fiz lá, ficarei no aguardo de quando eles vão liberar o "target blank" nos links do AdSense… deixei meu cartão com o palestrante, será que ele me contata? DU-VI-DO!

    Bom, valeu pelos contatos que fiz lá, galerinha bacana, animada e pronta pro networking.

  • Guilherme Nagüe

    Também me senti frustrado com o nível das palestras, achei que seriam mais avançada.

    Infelizmente o mais frustante foi a participação de algumas pessoas. A maioria das perguntas não tinham relação com o contexto da palestra e eram dúvidas que qualquer webmaster presente num evento desse nível deveria saber.

    Afinal, o que dizer de alguém que pergunta como o Google está se preparando pra Web 2.0? Lastimável…

  • rafa

    este ano já devo ter passado por uns 3 eventos do google, para públicos diferentes, e do aspecto técnico todos deixam a desejar.

    para mim, eles usam esse modelo de eventos apenas para se promoverem.

  • http://www.buscacorporativa.com.br Eduardo

    Olá Henrique

    O que foi aquela pergunta sobre microformats e semantic web??? o Cara não descansou, mandou a pergunta para quase todos os palestrantes e saiu sem resposta… Vamos ver se ele aperece por aí e mandamos uns links.

    Pensei também que se aprofundariam mais um pouco, tudo que falaram já tem na web.

    Parabéns pelo blog

    Eduardo

  • http://www.geeksbr.com Marcos Castro

    mto bom!

  • Mateus

    Acredito que não existe pergunta "Besta" ,e sim um "Besta" que não pergunta… Talvez a pergunta que um Bsta fez serviu para centenas de pessoas, infelizmente aqueles que conhecem um pouco mais do assunto ficam irritados pois esperam um pouco mais das Palestras…

  • Ricardo Antunes

    Essa foi boa: Acredito que não existe pergunta “Besta” ,e sim um “Besta” que não pergunta…

    Ou melhor, se os nerds já sabem tudo, por que foram ao evento? E já que foram por que não elevaram o nível do evento???!!!

  • Pingback: Estive no Google Search Masters 2008 | Paulo Milreu / blog()

  • http://www.sinestesia.co.uk/blog/ Patricia Müller

    Acho que muitos de nós saímos do evento exatamente com esta opinião. Mas a verdade é esta mesmo: o que faz um evento como este onde há espaço para perguntas não é só a qualidade dos palestrantes (indiscutível neste caso, palestrantes de altíssimo nível), mas também a qualidade da platéia.

    Passamos por alguns momentos de "vergonha alheia", é verdade… Por outro lado, se é verdade que realmente a maioria era iniciante, para eles o conteúdo foi excepcional. Somos a minoria. Como um dos intuitos do evento era justamente educar webmasters, deste ponto de vista acho que conseguiram atingir o objetivo.

    Eu também teria preferido conteúdo e perguntas bem mais avançadas. No entanto, antes termos um evento com este nível básico de perguntas e, no ano seguinte, as pessoas terem evoluído no seu conhecimento com base no que aprenderam e colocaram em prática, do que eles abordarem assuntos muito avançados para uma platéia que, majoritariamente, não tem o básico ainda e vai sair de lá sem nem saber por onde começar.

    Vamos tentar ver a coisa pelo lado positivo, certo? ;-)

    O networking, no entanto, foi sensacional!!!

  • Pingback: Sinestesia » Google Search Masters Brasil 2008()

  • Pingback: Estamos 3 anos atrasados no mercado de busca | BrPoint()

  • http://www.brunodulcetti.com/blog/ Bruno Dulcetti

    Pareciam novatos? Meu nobre Henrique, você foi muito bondoso nessa parte :D

    Eu não aguentava ficar nem 15 minutos praticamente em cada palestra. Na que eu aguentei, sai na parte das perguntas. Mas quem queria rir, estava legal.

    Antes do Google rever as palestras e conteúdo, é bom esses presentes reverem, E BEM, seu conhecimento sobre o assunto abordado. É uma pena, mas valeu rever a galera.

    Tuh só sumiu na hora do chopp né o modafoca? Mas deixa pra próxima e aquele abraço meu nobre.

  • Pingback: Google e os padrões web » Revolução Etc()

  • José

    Acho que independente do nível dos participantes, todos têm o direito de aprender e perguntar o que quiser (estão lá para isto). Você e todos já foram novatos um dia, não é verdade? :)

  • http://www.emule.com.br eMule

    Quanto é 3 + 1?

    Bem o Mr. Gogli Whats WebSemantics saiu na foto do evento em destaque, se era isso o que ele queria conseguiu! :0)

    []s

  • Pingback: Review do livro SEO - Otimização de Sites » Revolução Etc()