Campanha FEED-SE todo mundo e deixe o feed do jeito que você quiser

Porque eu quero é mais que todo mundo FEED-SE Você é dono do seu site certo? É você que tem interesse em atrair determinado tipo de público não é? Se você possui um modelo de negócios que inclui deixar o feed pela metade ou apenas um resumo dele, é um direito seu. Não se sinta acanhado por isso. Por esta razão eu estou lançando a campanha “FEED-SE todo mundo e deixe o feed do seu site do jeito que você quiser“. Seja o feed completo, seja o feed pela metade ou seja apenas um resumo. Apenas use FEEDS. Seja bem vindo a maior idade e que FEED-SE todos não importa como! O importante é o feed se popularizar. Por isso FEED-SE você e todos os seus amigos. Eu já converti alguns a utilizar o Bloglines e você?

Pessoas vão procurar o seu site pelo seu conteúdo, pelo que interessa a elas. Blogs são pessoas e idéias. Vivemos em um mundo livre e pessoas são livres para assinar e cancelar a assinatura de um feed, tem o direito de gostar ou de não gostar de algo, tem o direito de falar e de opinar. Eu leio dezenas de blogs todos os dias, blogs com feeds completos e com eles incompletos. Mas e se o feed de um site possuiu apenas o sumário, eu vou deixar de ler por causa disso? Bom, pessoalmente eu não vou deixar de ler o Berea Street só porque o feed dele não está completo no meu agregador. Se você acha que deve deixar de ler por causa disso, sinta-se livre. Apenas não deixe de usar FEEDS! FEED-SE YOURSELF! O mesmo vale para dezenas de outros blogs que eu leio. Pessoas possuem opiniões bem diferentes, por isso eu acho lindo blogar! Um dos caras com quem mais gosto de jogar conversa fora é o Bruno Torres, porque eu raramente concordo com alguma coisa do que ele diz. Torna o papo mais divertido e exercita a liberdade. Como já dizia o velho deitado, blogar é discordar em prosa.

Estou escrevendo isso porque é um assunto que vai além de simplesmente deixar ou não o feed do seu site completo, e sim da liberdade de deixar do jeito que você quiser. Ao menos que você seja à favor do registro dos usuários da internet e quer viver uma ditadura digital igual ao da China. Então discorde de mim, mas lutemos juntos pelo direito que temos de discordar até o fim um do outro, parafraseando Voltaire. Meu papel no dia à dia é trabalhar com os padrões web, implementá-los nos meus jobs, ensinar e treinar novos profissionais ensinado-os a fazer o certo e por ai vai. Você acredita que eu vou recomendar aqui no Revolução Etc um boicote ao Google só porque o código de HTML dele é o mais porco que eu já vi? Eu já até fiz campanha pra “converter” o Google, mas eu não deixaria de usá-lo (e de recomendá-lo) mesmo que ele ofendesse a minha mãe! E eu estou pouco me lixando para os sites com código porco, assim fica até mais fácil encontrar exemplos ruins de como não se deve fazer. E pode apostar que muitos deles ganham muito mais grana com um código porco simplesmente pelo conteúdo que tem do que qualquer um de nós que passa por aqui todo dia com nossos sites web standards compliant. Eu vou continuar ensinando que padrões web é o melhor caminho, vou continuar dizendo que usar o atributo style inline é um câncer (ainda que eu mesmo utilize escondido de vez enquando) mas não vou boicotar e nem estimular o boicote a sites que não seguem os padrões. Percebe a lógica? Saca?

Eu deixei o feed do meu site por inteiro esta semana inteira. Hoje eu resolvi escrever este texto e deixar apenas um sumário novamente como era antes. No passado eu já deixei o feed completo por um bom tempo. Depois do Feedburner e da facilidade de sumarizar o feed, eu mudei de idéia. Hoje eu mudei de idéia de novo. Amanhã eu posso mudar de idéia? Claro, espere por isso. Mas não hoje. Não quero que você concorde comigo, senão eu não teria ido contra a corrente. Tenho grandes amigos que pensam diferente, e o que eu gosto neles é que eu não preciso concordar pra ser amigo. Caso contrário eu seria um WASP (White, Anglo-Saxan and Protestant – Branco, ango-saxão e protestante) americano. Saca?

  • Bruno Pedrozo

    Uma pena… eu comecei a ler bem mais depois dos feeds completos e acho que a sua opinião acaba sendo egoísta e negativa.

    Henrrique, seu blog é um dos mais influentes do momento em questão de web e a minha opinião é que deveria apoiar a liberdade de escolha do usuário

    Até porque qual a vantagem do feed se não te traz conteúdo, só mostra a atualização e a gente tem que carregar o site do mesmo jeito pra ler

    Mas seja o que for, essa é a minha opinião

    Abraço

  • fabricio

    Lindo! É só o que eu posso dizer. =)

  • james clebio

    ah, qualé?! feed com conteúdo completo é bem mais bacana, prático… usar resumo ou 'pedaços' é idéia tosca e nem deve se discutir por aqui. e pronto.

  • http://www.cjb.net/ Marcus Silva

    Essa questão é de competencia do dono do blog, se deixar ou nao feed completo o fizer perder "audiencia", essa campanha é pura e simplismente moda! Tal como de vez enquando odiar alguma coisa da M$…porque eu particularmente leio os feeds pelo conteudo deles e nao por ser completamente completo ou nao!

    Obrigado, e desculpe citar a M$, foi uma coisa aqui que veio à cabeça.

    **Só porque achei interessante: as suas tags nesse post são dimais!

  • http://www.tiagofaustino.com/site/ Tiago Faustino

    Abro meu Opera, vejo os feeds que chegaram no dia. Pela correria leio os que tem um título interessante. Se vem completo ou não, pra mim não interessa, se eu achar útil para mim, vou clicar no link como vou lê-lo inteiramente no site.

    Essa questão para mim está em aberto. Fique a vontade em optar por colocar o contéudo completo ou apenas uma breve descrição do artigo!

    De qualquer forma o seu site é muito bom e continuarei dando uma passadinha por aqui de vez em quando.

  • Raphael

    Kra concordo com você. Cada faz o que quiser!!! Vc tem um trambalho imenso pra fazer um blog, com layout descente, e talz… isso é ignorado quando disponibilzando o Feed completo. Quem gosta do conteudo nao se importa em entrar no site para visualizar o resto do post.

    E não só pq estão fazendo a campanha aue TODO MUNDO tem que redimir a isso. Isso é meio ditador. Parabens pelo post e iniciativa.

  • http://www.angeruzzi.com Alessandro Angeruzzi

    Incrível, sempre é assim: Eu concordo e defendo 50% do que o Henrique fala e discordo totalmente dos outros 50%. O que mais achei interessante foi ser levantada a questão da "liberdade de escolha", o Bruno Pedrozo fala da liberdade de escolha do usuário, já o Henrique a liberdade de escolha do blogueiro … E aí ? Parece mais um história de gregos e troianos. Mas uma das coisas incluídas no 50% que concordei foi : "Feede-se todo mundo"; Ainda tem alguém que pensa estar no século 21 e não usa feeds ?

  • http://www.anacnogueira.eti.br Ana Claudia

    Admiro muito esse blog e vejo os Feeds as vezes (quando eu lembro que isso existe), mas eu gosto mesmo é de ver os posts aqui no Blog. Concordo com o Henrique que que tem que decider é o dono do blog, até porque ele nunca vai conseguir agradar todo mundo. Eu pretendo em breve ter meu blog e se possível com Feeds, mas se eu vou colocar o post inteiro ou não eu ainda não sei.

  • http://www.techzine.com.br Rael B. Riolino

    Concordo…

    Cada um tem liberdade de escolha a respeito de seu feed, e cada escolha tem seus perigos e benefícios.

    Com resumo de feeds, o feed fica mais leve e dificulta as pessoas de reproduzirem o artigo por completo em blogs alheiros a partir do carregamento direto do feed (sem referencia). Ok… existe o Ctrl C e Ctrl V… mas dificulta pelomenos.

    Outro fato também é todo o trabalho e dedicação com desenvolvimento do layout, para tornar a leitura mais agradável para o leitor, e tal fato é descartado na leitura completa dos feeds…

    É obvio, que os feeds completos são uma vantagem para o leitor… mas perai, e para quem está publicando?

    Eu optei por deixar sumários dos feeds no meu blog. Para falar a verdade, o meu propósito com isso foi incentivar as pessoas a acessarem a matéria diretamente e participarem mais com comentários… Se isso ajudou, de fato eu não sei dizer. Mas tenho certeza que o número de visitas vai cair com feeds em sumário. Isso não é legal…

    Eu divido o meu dia entre o trabalho (fixo), free-lances e publicações no blog (ai entra pesquisa em fontes, redação, tratamento de imagem e publicação). É muita correria… eu sempre busco os buracos do tempo para publicar matérias no blog, e mesmo assim tendo um sentimento amargo de culpa, por não publicar o numero de matérias desejado no dia. Tudo isso para atrair visitantes e se possível fidelizá-los… Mas por favor… visitem o site…

    Eu criei meu blog por hobby, e pelo prazer de publicar, atrair visitantes, e principalmente: deixá-los satisfeitos. Mas por que não ganhar uns trocos pelomenos para suprir as despesas de host e dominios? Quem ai nao gostaria de ganhar um minguado pão de cada dia publicando matérias em seu blog?

    É crucial um blog oferecer o máximo para seus leitores… Mas é interessante as pessoas entenderem que por traz de um blog existe muita ralação, e que uma recompensa (não me refiro só a meros centavos de adsense, mas também uma participação ativa) é muito bem-vinda.

    No presente momento, mesmo com esse movimento todo que se está formando, eu não pretendo deixar os meus feeds completos… Quem sabe no futuro… mas no presente não…

    Espero que meus leitores reconheçam isso, e para os que levam os feeds completos como lei obrigatória, me desculpem! :-(

  • http://www.techzine.com.br Rael B. Riolino

    Nossa, foi mal pelo LONGO desabafo! hehe :-S

  • Rafael Oliveira

    Eu sou indiferente quanto aos feeds que leio serem completos ou apenas os sumários. Normalmente eu leio o título ou apenas parte do texto e sempre acabo indo para a página para terminar de ler e poder comentar, prefiro assim.

    Apoio a campanha de liberar o feed completo, mas também concordo que é uma decisão que cabe ao dono do blog/site. Não encaro a campanha como uma regra, imposição ou moda, encaro como uma opção boa e interessante.

    Agora, sobre a liberdade de escolha entre um feed completo e um com apenas os resumos, por que não liberar os dois? É muito simples liberar duas versões do seu feed, principalmente pra quem usa wordpress, e acho que é a escolha mais sensata, pelo menos pra mim. E, tendo em vista que o momento atual da web é melhorar e tornar a experiência nela cada vez melhor, acho que essa seria a melhor escolha. Não?

    Mas essa também é uma escolha que cabe ao autor.

    Nova Campanha? "Feeds Completos E Resumidos já!"?! =P

    Té! =)

  • Mario Suzuki

    Sempre acompanho seu blog e o do Bruno Torres. Sou a favor de feeds completos, pois assim não preciso sair do meu agregador para ler a o artigo completo. Já deixei de ler artigos (inclusive artigos publicados por você) por estar com apenas o sumário. Artigos estes, que mais tarde, navegando só por navegar, resolvi ler. Artigos estes que eram de muito boa qualidade e eu não teria lido se não fosse meu tempo livre. Pior para mim, e também pior para você. Acho importante que sejam publicados os feeds completos. Eu acabo sempre lendo tudo quando o feed é disponibilizado completo.

  • Wallace Rettich

    Interessante, sendo vc um cara que está sempre postando artigos que visam usabilidade, visam o usuário, etc. Você está se contradizendo, na verdade isso é escolha do usuário, eu escolho a forma q eu quero ver o feed, completa ou não! Não é você. Muito ruim vc pensar assim!

  • Andre

    É de sua competência, realmente.

    E pela decisão e pelo POST acaba de perder um assinante do FEED.

    Abraço.

  • http://www.brunodulcetti.com/blog/ Bruno Dulcetti

    Henrique, gostaria de saber o motivo por deixar de postar feeds completos… Seria o ad-sense? Algo do gênero?

    Concordo que o Blog é seu, vc tem mais eh que fazer o que quiser nele, colocar amarelo, falar de sexo, o que seja…

    Um artigo pode ser muito bom, mas às vezes não to podendo ficar entrando, etc… Às vezes um assunto pode ser legalzim, não estando completo, nem irei ler…

    Um post pode ser interessante, mas não vindo completo, naum chamando minha atenção no resumo, naum receberá minha visita, comentário, etc…

    Post completo ou resumido, vc estará ganhando visitas, etc, tudo pelo feeds… Vc pode é não ganhar tanto com o ad-sense, mas existem meios de se conseguir isso, a Blogosfera fala sempre sobre isso… ;)

    Mas respeito sua decisão, cada um faz o q quiser, mas discordo da sua opinião, não quero fazer meu leitor ter que fazer mais um processo para ler um artigo…

    Akele abraço.

  • http://revolucao.etc.br/ Henrique Costa Perei

    André, o "abraço" no final foi uma cortesia por ter cancelado o feed? Parabéns pela sua auto-afirmação, na verdade não precisava nem ter deixado um comentário aqui. Eu iria ver uma hora ou outra que entre mais de 1300 assinates de feeds, "um" estaria faltando.

    Se meus textos só servem para quem quer vê-los completo no leitor de feed, cairam no lugar errado.

  • http://1001gatos.org Ibrahim Cesar

    Então rap é discordar em rima?

  • http://www.xmlbr.com.br Willian

    hauhauhauhauhau

    Deixa o cara, ué!

    O Blog é dele e quem estiver algum problema com isso que dê seus pulos…rs

    Eu particularmente prefiro os FEEDs completos, mas não vou deixar de ler um blog só pq ele não me dá o texto no Bloglines.

    Existem coisas mais importantes para discutir do que se o FEED vem ou não com o texto completo, concordam?

    Abraços,

  • http://www.gravateiros.com.br Douglas Corrêa

    Putz Henrique…

    Depois desse post e dessa resposta para o André (totalmente desnecessária)…você perdeu pelo menos um pouco do respeito que eu tinha pelo seu blog….

    Qdo vi que tinha postado isso, pensei: ele tá só querendo polemizar…polêmica atrai muitos visitantes! :)

    Mas essa resposta aí foi, no mínimo, desrespeitosa com o público do seu blog.

    O blog é seu, é óbvio, mas acho que nós leitores devemos ser respeitados não?

    Não quero acreditar que a quantidade de leitores tenha lhe subido a cabeça…portanto ainda vou esperar para ver se haverá alguma retratação (não por não postar feeds completos, mas pelo tratamento aos seus leitores).

    abraço…(no sentido de finalização do comentário, não precisa se ofender euaehaehauaeh)

  • http://revolucao.etc.br/ Henrique Costa Perei

    Douglas, não costumo escrever coisas pra me retratar em seguida. Não acredito que faltei com respeito, só expressei minha opinião a altura da dele. Mas me desculpe se a resposta soou ofensiva e desrespeitosa. essa nunca será minha intenção. Mas continua sendo minha opinião.

  • Manoel Netto

    O que eu acho interessante em blogs é a capacidade que muitos leitores possuem de pensar que o blog é seu hehehe.

    O cara vem, lê, comenta, ok. É assim que se faz uma internet colaborativa. Mas quem paga as contas ?

    Como já disse em outro artigo o Henrique, o blog é dele e ele faz o que bem quiser e entender. Quem não gostou que se mude. Tenho certeza absoluta que ele SABE que qualquer atitude pode gerar reações dos leitores, ninguém precisa ficar ameaçando nada.

    Keep walking

  • Mauricio

    Você apenas quer polemizar, é isso.

    Você não tem motivo para querer isso .. você quer ir contra corrente para dizer, "eu vou contra a corrente".

    É o tipo de nego cabeça dura, pseudo-intelectuo ou intelectuolóide.

    Já que você vive afirmando que o blog é seu, pq não fecha o blog e escreve pra você mesmo?

    Po, pq nao fecha os comentários?

    Você é tão bom para isso, o blog é seu meu camarada.

  • Token

    Pensei que só eu fazia isso, eu também boicoto sobre padrões web que não são XHTML 1.0 Strict ou 1.1. Se são Transiotional ou nem DOCTYPE têm, não merecem nada e fecho logo, caso contrário se o conteúdo for bom, eu até agracios com um clique no adsense.

  • http://www.gravateiros.com.br Douglas Corrêa

    Henrique eu, particularmente, não achei que você respondeu a altura do comentário dele. Ele foi simples, só disse que iria parar de assinar seu feed. E você simplesmente demonstrou arrogância ao dizer que ter perdido a assinatura dele não iria fazer falta, por que você já tem 1300.

    Como eu disse… sua opinião é sua opinião OK!, vc pode colocar feeds pela metade, 1/3 ou nem colocar feeds, mas daí a se manifestar com arrogância já um pouco diferente né?

    Mas de qualquer maneira valeu essa sua resposta dizendo que não queria ofender… dos males o menor!

    P.S.: tem alguns outros comentários aqui que mereciam realmente uma resposta mais dura (sem desrespeitar é claro), mas acho que não era o caso do André.

    Abraços…

  • RogerYoda

    Em primeiro lugar parabéns pelo artigo, muito interessante. E parabéns também pela coragem de discordar da maioria. Poucos o fazem.

    É muito fácil escrever mais um POST aplaudindo a boa iniciativa sobre os feeds completos, mas certamente é muito mais difícil expressar uma opinião diferente; com coerência, respeitosamente e de forma inteligente.

    E ao contrário de alguns amigos que acima escreveram, eu não me senti ofendido. Aliás, você sabe separar muito bem uma opinião daquele que a expressa. Discorda de idéias, não de pessoas. Ou discorda de pessoas se achar que deve fazê-lo. Você tem todo direito. (assim eu vejo)

    Mais especificamente sobre a campanha dos feeds completos, vejo que as pessoas têm o direito de defender aquilo que acreditam. Porém, nada mais justo e livre que alguns não tenham o mesmo ponto de vista que você defende. Mesmo porque, o conhecimento se constrói assim… Imaginem só se todos concordassem com tudo? Certamente teríamos uma falsa impressão de perfeição e completude, quando possivelmente há ainda um longo caminho à trilhar.

    Defendo discussões saudáveis e produtivas. Aquelas que somam e fazem a diferença. Não se trata de ter sempre razão. Não é uma guerra de egos… é mesmo uma pena que grande parte das boas discussões tomem esse rumo.

    E os feeds completos, são bons? ruins? Não responderia de forma tão simples. Creio que depende dos objetivos do "blogger", do público que ele possui e aquele que espera alcançar. Sem esquecer, claro, de levar em consideração a opinião dos leitores. Contudo, opiniões não são leis, não são mandamentos. Você tem a liberdade de aceitá-las ou não. Nem sempre a voz do povo é a voz de Deus.

    Por mim, coloquem os feeds como quiserem. Sejam eles completos ou não, a diferença está no conteúdo e na forma que você o apresenta. É necessário saber "seduzir" o leitor. Nesse âmbito, criatividade é essencial.

    Cardoso (Contraditorium), por exemplo, é mestre nisso. Não concordo com tudo que ele diz, mas devo admitir que ele sabe como dizer. E sabe também como convidar o leitor para ler o post inteiro. No final das contas você percebe que sair do leitor de feeds é o que menos importa.

    Esses dias abri o Google Reader e deparei-me com o seguinte título: "Confirmado: Videogame estraga televisão". Cliquei imediatamente. Foi uma notícia veiculada no MeioBIT e esse site disponibiliza seus feeds completos. Mas naquele momento isso é o que menos importava… entendem o que quero dizer?

  • Caciano Gabriel

    Éééé…tá dando o que falar esse negócio de FEEDS, achei que depois de disponibilizar Feeds Resumidos, Feeds Completos, Feeds Parciais, Feeds de tudo quanto é jeito, não iria ter mais nenhuma surpresa…

    Mas…. gostei da atitude, antes de tudo alguém tem que ler nossos FEEDS e pra isso é preciso divulgação, então não importa como vão ler, e sim que leiam, comecei meu último blog a pouquiíssimo tempo e meus acessos por FEED representam menos de 1% do total… Logo FEED-SE EVERYBODY…

    Acho que a campanha ideal é:

    ENSINE 3 PESSOAS A UTILIZAREM FEEDS E CADA PESSOA QUE APRENDER ENSINA MAIS 3…

    Tipo corrente…

    Aí sim, teremos um WEB mais melhor de bão!!!

    Vou começar isso no meu Blog!!!

  • http://www.tododesigner.vai.la Armando Fontes : : )

    Uso meu tempo livre para divulgar noticias, divulgo-as inicialmente atraves de um blog, que tem receita atraves de publicidade. Se meu feed vai completo, ninguem visita o site e minha receita cai.

    Se me disserem como publicar Adsense dentro do post, meus feeds serao completos, mas enquanto isso, por motivos estratégicos serão publicados apenas em parte.

    Se forem posts interessantes pra voce, sei que vc vai clicar e ir ler completo no site.

  • Camilo

    Acho interessante você ir contra essa onda. Só pelo fato de lançar a idéia do questionamento.

    Mas também achei ofensiva a sua resposta a um leitor. Como se você já tivesse um bom número de leitores e que um ou outro não faria falta. De repente tem gente que lê e não comenta e também se sente ofendido com uma frase assim.

    Sobre o título do post eu sou suspeito pra falar, quando não quero ler um post sobre qualquer assunto e vou procurando os outros disponíveis naquele site, esse post às vezes é grande e me faz perder tempo, sendo melhor receber o resumo do post. Em contrapartida gosto do feed completo quando os posts são pequenos, ou contém alguma imagem explicativa.

    [ ]´s

  • http://www.webdebug.com Felipe

    Henrique leio seus feeds a um bom tempo, apesar de nunca ter comentado nada antes! Sinceramente sou a favor dos feeds resumidos por que a idéia é ter um blog, uma home page com coisas que eu to afim de dizer, ou você está afim de dizer! Então eu quero que as pessoas entrem em meu blog e não só leiam meus textos pô!!!! Quer apenas ler compre um livro, blog é comunidade!!

    Continue sendo vc, valeu!!!

  • Luan Almeida

    A questão de disponibilizar um feed completo ou não é definido pela vontade do "dono do site", se o interesse é só em disponibilizar a informação de um post pq não colocar tudo no feed?

    Mas fazer isso faz com que as pessoas deixem de visitar o site e clicar ali no seu banner da DreamHost, se interessar e assinar um dos planos deles, assim você estaria deixando de granhar seus trocados. Acho que essa não é a sua intenção né?

    Claro que a vontade é do dono, mas se for parar para pensar, eu não gostaria que o visitante visse só um post, sem se quer ver na sua tela mais alguns links para outros posts que poderiam lhe chamar a atenção, assim gerando mais interesse pelo site, consequentemente essas pessoas vão falar sobre o site para amigos, etc, etc. No fim de tudo? mais pessoas que podem te levar grana com as propagandas do site, mas claro, isso se entrarem no site!

    Na pratica não penso eh uma aplicação mais útil do feed além do de trazer o visitante para dentro do seu site, o seu mundo, ali sim você pode mostrar o potencial do seu site.

    Colocar tudo no feed seria simplesmente perda de visitantes no site, consequentemente, perda de renda.

  • Téo

    Puxa, eu acompanho esse blog a um bom tempo e com boa dose de respeito e nunca tinha visto um post tão desnecessário.

    Se você quer ser você mesmo, apenas diga que faz o blog pelos ad-senses e redigiu esse post para causar reboliço na onda de feeds completos (que só faz o sucesso que faz porque é obviamente útil).

    Se eu quiser ver seu template, eu vejo a atualização e venho pra cá. Se eu não quiser eu não venho. É genial, agrada gregos e troianos.

    Não se enquadra com o discursinho de "fazer pelo conteúdo" que você tentou pregar pra não ficar feio.

    Eu to saindo do seu feed também. Mas sou só mais um entre os 1300 (óóó).

    Abraços.

  • Pingback: A saga das campanhas continua: Ensine 3 pessoas a utilizar FEEDS e vá para o céu - Portal 10envolvimento()

  • Pingback: Campanha FEED-SE todo mundo e deixe o feed do jeito que você quiser » Japs()

  • Pingback: Pra quem você escreve? « JulioGreff()

  • http://www.contraditorium.com cardoso

    Só pra avisar aos que estão crucificando o Henrique, Feed completo não prejudica o faturamento.

    O que prejudica faturamento é post sem conteúdo que não instiga o usuário a comentar. Disso a internet está cheia.

    Quer colocar feed completo? Coloque. EU recomendo que usem completo. Quem não quiser usar, NÃO USE. Pombas, agora surgiu campanha querem um feed só de títulos. Coitado do usuário, vai mandar o cliente procurar o feed da página, e recebe 10 opções diferentes. Graande usabilidade.

    Henrique, estão transformando seu blog em Wiki…

  • Pingback: Marmota, mais dos mesmos » - Marmota . org()

  • Joilson Marques

    Você foi realmente infeliz nesse post =D Uma opinião apenas!

    Cara, FEED-SE vc, hoje a internet está muito mais para conteudo do que para "visitinhas" em páginas… qualé, eu tenho um respeito enorme pelo seu blog e tal, mas dessa vez achei q exagerou hein…

    Cara depois dos feeds completos eu passei a ler muito mais e se o feed for realmente interessante, eu acesso a página pra comentar e mostrar minha opinião, ou seja resuminhos e previews não ajuda ngm além do dono do blog, por favor… vamos deixar o egoísmo de lado né!

    Valeu, repito, tenho um respeito enorme pelo revolucao.etc

  • Felipe Diesel

    O blog é seu, isso é indiscutível. Seus textos sobre Web são muito bons, mas esta sua posição de "Fodam-se os leitores" não me agrada em nada!

    Como disse o Bruno Alves, escrever um diário e trancafiar ele seria uma boa se os leitores não importam!

    Então farei a única coisa ao meu alcance: Te descadastrarei do meu Bloglines. Talvez eu volte aqui daqui um tempo pra dar uma olhada, mas por enquanto este seu (ex-)leitor ficou muito incomodado!

    Abraços!

  • http://revolucao.etc.br/ Henrique Costa Perei

    Felipe assim como muitos (não a maioria, mas muitos) estão confundindo tudo do que eu disse. Ou porque não estão lendo o artigo inteiro e estão lendo só os comentários ou eu não sei porque. Se eu faço a escolha de não colocar o feed completo isso significa que eu estou dizendo "foda-se os usuários"? Onde isto está subentendido?

    O artigo foi escrito pra criticar a onda de pessoas que querem impor alguma coisa em oposição aos direitos óbvios que cada um tem de deixar o feed do jeito que quiser. E sem discussão. Isso tudo pra mim é muito muito ridículo. Isso é um populismo idiota arrebanhar pessoas pra boicotar sites com feeds pela metade. E olha que minha crítica não se dirige as pessoas que criaram a campanha do feed completo não, e sim a alguns comentários de pessoas que eu li em sites por ai. E como minha política é de criticar idéias e não pessoas (lembre-se que pessoas mudam de opinião inclusive eu) eu me sinto no direito de não direcionar minhas críticas a uma pessoa e sim as idéias por trás disso.

    Pra um bom leitor, este é o tipo de assunto tão pequeno que se torna tempestade. Outros podem ter a leitura de que muitos aderem a moda sem pensar. Sem pensar que não importa se o feed está completo ou não. Como o Cardoso disse é o conteúdo que importa. Se meu site é uma porcaria ou se ele é bom, é isso que vai atrair assinantes e visitantes e NÃO SE MEU FEED ESTÁ COMPLETO OU NÃO. Isso é subjetivo e não merecia mais do que 10 palavras sobre o assunto. Agora eu vou criar a campanha deixem seus sites em azul, porque azul é melhor de ler na internet e quem não deixar o site azul estará desrespeitando o usuário. Vamos todos boicotar os sites que não são azul galera, vamos lá! Muiiiiittttooo inteligente.

  • Rafael Oliveira

    "

    (…)

    Como já disse em outro artigo o Henrique, o blog é dele e ele faz o que bem quiser e entender. Quem não gostou que se mude. Tenho certeza absoluta que ele SABE que qualquer atitude pode gerar reações dos leitores, ninguém precisa ficar ameaçando nada."

    Não discordo de que ele faz o que quiser. O Blog é dele, sim, indiscutívelmente. Mas, como já disseram aqui e que também foi dito pelo Bruno Alves, se é pra escrever pra você mesmo, que seja em um diário de papel. Não tiro a razão dele em querer disponibilizar seu feed parcialmente, completo, em 1/3 ou simplesmente não oferecer. E sem dúvida, ele sabe as consequências que isso pode trazer.

    Mas ele escreve em um blog online, com comentários habilitados. Então, só posso crêr que a intenção dele é ter leitores, é escrever para que os outros possam ler e participar, não?! Então, se há a possibilidade, por que não prover as melhores maneiras para que o leitor possa ler e participar? Por que não melhorar a experiência do usuário? Afinal, não é essa a idéia por tráz da "nova web"?

    Minha intenção não é bater de frente com o Henrique ou dizer que ele está sendo um herege, tanto por que, ele tem muito mais bagagem que eu nessa estrada. Só estou mostrando minha opnião, não é minha intenção ofender a ninguém também, então, se alguém se sentir ofendido, peço desculpas adiantadas e também caso tenho dito alguma bobagem. =)

    No mais, não deixarei de assinar o feed do revolução, gosto dos textos daqui e, como já afirmei, sou indiferente quanto a feeds completos ou resumidos, pois tenho meu metódo de leitura.

    Té! =)

  • Rafael Oliveira

    "(…)

    O artigo foi escrito pra criticar a onda de pessoas que querem impor alguma coisa em oposição aos direitos óbvios que cada um tem de deixar o feed do jeito que quiser. (…)"

    Desculpe postar assim, logo em seguida, quase um flood. Mas, você postou enquanto eu postava. =p

    Eu não acredito que haja uma imposição nessa "onda" da campanha. Aderir, ou não, a campanha é uma opção do usuário. Eu, até o momento, não ví ninguém impondo isso para ninguém, nem dizendo para boicotar sites ou blogs que não ofereçam um feed completo. E se isso acontece, eu concordo plenamente que seja errado e, no mínimo, estúpido.

    A MINHA intenção ao aderir a campanha é de prover ao usuário maneiras diversas de poder assinar o meu feed, por isso, disponibilizei uma versão completa e outra parcial.

    Agora, se existem pessoas que estão aderindo a idéia por simples modismo, o que no Brasil é comum, e boicotando blogs, elas estão indo pelo caminho errado.

    Té! =)

  • Arnaldo Luiz

    Boa tarde, amigo!

    Como leitor (não muito assíduo) do seu blog.

    Achei estranho um cara como você dizer nesse texto que não gosta de concordar com todo mundo e ter a profissão que tem. A de "converter" os outros a fazer isso ou aquilo.

    Incoerência meu amigo, lembra desespero!

    Concordo com o fato de trocarmos idéias e que não pensamos iguais uns aos outros, mas daí a escrever o que escreveu acima?…

    Estranho… Muito estranho…

    Mudando de assunto –

    Sobre o Feed completo ou não… Concordo com você em parte.

    Principalmente quando diz que o site é seu (você faz dele e com ele o que bem quer) e quando diz que o importante é o conteúdo (de fato, ninguém vai deixar de ler seus textos, se não contiver conteúdo, independente de feeds disso ou daquilo).

    Porem como a tendência de quem escreve é querer a repercussão (e o lucro) é inegável que cada um pense nessas possibilidades (sobre feeds e etc, que eu acho banais) tanto ao desenvolver um site ou escrever nele.

    Resumindo.

    Achei seu texto (ou campanha), mas uma tentativa de "aparecer" do que propriamente trazer algo que agregasse valor à já tão conturbada blogosfera.

    Seja como for, não me leve à mal, discordar é normal. É um direito de cada um, não é? :D

    Pra finalizar, um adendo.

    Estaria a "elite dos webmasters" descobrindo finalmente que o mais lucrativo e relevante do seu blog/site é ser popular mesmo? E assim cair na gandaia nos códigos?

    Bom tema para pensar… E quem quer isso?

  • Arnaldo Luiz

    Ah! Outra coisa…

    Sabe Henrique! Não acho que as pessoas estão confundindo o que você disse como explicou acima.

    Acho que você está mostrando a sua personalidade. Tal como você é.

    Você só tentou polemizar o assunto, para buscar audiência em seu blog, não foi? (muita gente faz isso). Porem acabou saindo da sua posição que tinha antes e entrou num caminho que tem que pedir desculpas à seus leitores.

    Blogar é isso.

    A gente se acha o profissional, o bam bam bam, mas no fim das contas está só aprendendo.

    Devia apenas ter humildade para entender.

    Respeito ao leitor é tudo, meu chapa!

    Abraços

  • Julio Pontes

    Cara! Achei você um péssimo profissional.

  • http://rafaelmarin.wordpress.com Rafael Marin

    Henrique, sou um dos bloggers que faz parte de campanhas de feeds completos. Não pense que deixarei de ler o seu blog por causa deste artigo nem por causa dos resumos no feed. Pelo contrário, sou fã dos artigos do Revolução.

    Acredito que oferecer feeds completos seja uma boa maneira de aproveitar ao máximo o que a tecnologia de feeds trouxe.

    Claro que estás no direito de exibir ou não os artigos completos no feed, é uma escolha sua, assim como é uma escolha minha colocar os feeds completos ou não.

    Abraços!

  • Andre

    Putz, não queria causar polêmica, não.

    Henrique, peço desculpas pela forma como coloquei. O que me revoltou de início foi o título, que parecia que havia um descaso com o público fiel do site, um descaso com o que pensamos a respeito dos feeds e tudo mais. Li o artigo inteiro, jamais deixei de fazê-lo, já que questionou isso de alguns. Apoio a idéia de popularização do FEED, completamente, só me senti um tom de… "fod*-se" (peço perdão) mesmo…

    Postei, dias atrás, pedindo feeds completos.

    Enfim, foi um comentário pouco explicativo, adimito, e não queria causar tanta polêmica. Ainda defendo feeds completos, é claro, e não mudo de idéia… e como vê, continuo acessando o site (vim buscar o link do stock.xchng, e passei dar uma olhada aqui).

    Mas adimito: achei sua resposta um tanto quanto arrogante. Não quero fazer falta, e não vou, mas não é com esse tipo de postura e consideração com seus leitores que você será mais respeitado. Ninguém aqui falou "no meio de 300 blogs que assino, o seu não vai fazer falta."

    Todos sabemos de sua imensa capacidade, suas idéias e pensamentos que já nos ajudaram e ajudam, nos despertam excelentes discussões e trazem informações muito importantes. Só não concordo com essa postura tomada, mesmo. Respeito você pra caramba.

    Sobre seus textos só servirem para quem lê no leitor de feeds, não é isso, visito o site muito regularmente, e tudo mais… só defendo o feed completo pelos motivos que já foram argumentados mil vezes na blogosfera nacional, em diversos blogs.

    Quanto ao abraço, não tenho intenção nenhuma de destratar ninguém…

    …e deixo outro

    Abraço!

  • Andre

    PS: Agradeço ao Douglas pela manifestação, me explicou um pouco melhor!

    Abraços.

  • http://www.netocury.com/ Neto Cury

    hehehehe virei teu fã imediatamente!

    Isso sim é saber escrever!

    Criou um FLAME instantâneo!

    Parabéns e abraços.

  • Daniel Simões

    Henrique, você é bom, a campanha "Feed-se Todo Mundo" é válida, o "importante é o feed se popularizar", por que não ensina as pessoas como produzirem feeds? Mostrando o caminho das pedras estaria ajudando a popularização.

    Saudoso abraço.

  • Bruno Alves

    Henrique,

    o que me deixou mais espantado com este artigo, foi a forma de tratar um leitor nos comentários, me pareceu desnecessário.

    Vindo de uma pessoa inteligente, como você, não acredito que o nome da campanha seja um trocadilho acidentalmente, por isso, acho desnecessário, também.

    Porém, sim o blog é seu, você faz o que quiser, mas como uma publicação on-line, é de minha opinião que deva ser pensado nos leitores.

    Uma dúvida, meu trackback não chegou ou não foi liberado?

    Abraço

  • Ricardo

    Esse é o problema do cara entender de htmls xhtmls java c++ Cs disso e aquilo outro.

    Passam a dar aulinhas fajutas via web e depois se acham os bam bam bans da hora!

    Polêmico e triste.

    É assim que vejo teu post e tua retratação a um leitor aqui nos comentários, meu amigo!

    Lia constantemente seus artigos, mas como é um direito seu fazer o que quer e ler o que bem entender, é um direito meu também deixar de vir aqui.

    Só lamento que uma carreira profissional (que parecia bem sucedida) como a sua, ter demonstrado o caratér antiprofissional que teve com seus leitores.

    Acredito que todo mundo passa por problemas (é natural do ser humano) e que blogs é uma forma de manifestar isso, as vezes. Embora não seja necessário.

    Porem, acho que sua postura aqui desagradou bastante.

    E como deve saber alunos descontentes com o professor buscam outras escolas (ou outros professores) para ensinar.

    Seja mais humilde, caro henrique (o h minuúsculo aí foi proposital). Se o problema é o ad-sense que não está dando retorno, pelo menos não deixe transparecer.

    Na sua condição e com a bagagem que tem, isso não deveria ser uma preocupação.

    Ou vai me fazer pensar que foi por inveja da campanha do Rael Lino (feeds completos) que você inventou essa idéia sem pé nem cabeça?

    Qué isso cara!

    Profissionais não ajem assim…

    Um forte abraço.

    Discordei, mas com conselhos de amigo, ok? :)

  • Pingback: Rafael Oliveira | Blog » Feed-se, ou não? Eis a questão!?()

  • Bruno Pedrozo

    Completando meu comentário (#1), se é possível inserir propagandas e AdSense nos Feeds, quem via clicar, vai clicar seja onde for e quem não for clicar não clica do mesmo jeito tanto faz a ocasião

    E o que acontece é que geralmente um leitor de Feeds é tem uma interface limpa o que revela melhor os anúncios ao publico que automaticamente passa a ignorá-los quando visita uma página colorida.

    Abraço

  • Caciano Gabriel

    Sabe de uma coisa, um texto que já ta no 54º comentário merece atenção e pode até ser que isso aqui virou um Wiki, mas já leio os artigos do Henrique a algum tempo e gosto dessa posição provocativa – fazendo nos pensar. Pois somos livres pra escrever, comentar, "feedar", por isso aprovo a campanha e no meu ver o que se subentende como feedam-se todo mundo foi o que escrevi no meu blog: Popularização dos Feeds!!!

    Uso Feeds Completos e Resumidos, o livre arbítrio tá nas mãos do usuário, talvez o texto lá em cima tenha expressado várias idéias e interpretações que se desenrolaram pelos comentários e deixou o clima meio tenso… mesmo assim… isso prova que o "cara" consegue escrever posts que trazem o que precisamos: visão estratégica sobre a informação, sendo ela certa ou errada o importante são as conclusões que tiramos e levamos pra nossa experiência. Se ele tá certo? Sei lá? Tá errado,??? Porque? Use isso como exemplo e seja um blogueiro feliz…

    Abraços galera!!!

  • http://www.contraditorium.com cardoso

    Curioso…

    Um bando de revoltados com o Henrique por ele não gostar da idéia da IMPOSIÇÃO dos feeds completos.

    Só que os que estão fingindo que se descadastraram em protesto, esqueceram que ele SEMPRE publicou feeds parciais.

    Ou seja, vocês não o estão cruficicando por seus ATOS, e sim por sua OPINIÃO.

    FAZER, pode, assumir que faz, não?

  • Pingback: Para quem você escreve? por BrPoint()

  • Andre

    Cardoso, acho que você não entendeu. O problema todo aqui foi a postura da qual discordamos (falo por mim, discordei). A campanha por feeds completos é uma campanha defendendo uma postura que, segundo os julgamentos, seria melhor para os leitores. Imposição? Que poder temos para isso? Foi um pedido. Foi isso que coloquei aqui semanas atrás. Esperava até uma postura do tipo: "gente, não vou dispobilizar meu feed completo por isso, isso e isso, espero que os feeds parciais não atrapalhem, e tal", não sei, algo com mais respeito aos leitores. Era o que eu, pelo menos, ESPERAVA. Ele não é obrigado a isso, assim como eu não sou a concordar e continuar assinando após o FEEDA-SE aí… direito meu, também!

    E, sinceramente, essa de "fingindo que estão retirando" é uma defesa rídicula da sua parte, com toda a sinceridade. Pra mim, ao menos, não serviu… abandonei o feed, se ele tiver algum tipo de controle disso vai ver, e não que isso faça alguma diferença… caiu muito no meu conceito…

    Sobre "fazer pode, assumir não" também discordo, não foi essa a tônica. Uma campanha, democrática como a em questão (e não impositiva) visava tentar mostrar para o escritor do blog o que a gente (leitores que defendem a idéia) gostariam. E, sinceramente, foi muito mais pelo POST (e, depois, pela resposta a mim) que fiquei chateado – e pelo fato de, mesmo após pedido de leitores, não haver uma consideração com eles, e uma certa arrogância. Mas por mim "já deu" esse assunto…

    Mais uma vez peço desculpas pela polêmica.

    Abraços.

  • http://www.contraditorium.com cardoso

    André, o simples fato de você ter lido meu comentário e respondido demonstra que ou você continua assinando o feed ou visita o post frequentemente. Então, você fez pirraça, se sentiu ofendido, ele não te atendeu, mas continua leitor do Henrique.

    Viu como assinar ou não o feed não fez a menor diferença?

    A campanha mostrou para o escritor do blog que os feeds completos são melhores. O escritor do blog disse "não,obrigado" e continua sendo bombardeado com a campanha. O objetivo dessa "democracia" é forçar o Henrique a mudar seus feeds? Mesmo que ele não queira?

  • Fábio Luciano

    Pra mim você está apenas querendo fazer um BUZZ, porém, negativo, pra sí mesmo.

  • Pingback: Tecnocracia » To feed or not to feed()

  • http://www.gravateiros.com.br Douglas Corrêa

    Cardoso acho que o que está em questão, pelo menos para mim e ao que parece para o André também, é a forma como o Henrique tratou seus usuários.

    O blog é dele? É!

    Ele quer postar feeds pela metade? Quer…então o faça!

    Agora tratar os usuários com arrogância é que não pode né?

    Poxa, o cara só escreveu que iria se descadastrar do feed…e o cara já vem com: "Tenho outro 1300, vc não faz falta!"

    Por favor né!?

    Mas…é isso ae…cada um tem a sua opinião! :)

    um abraço!

  • http://www.techzine.com.br Rael B. Riolino

    Vejo que estamos chegando a um consenso…

    Vi algumas pessoas ai acusando o sumário de feeds como uma atitude EGOISTA… perai… quem está sendo egoísta nesta história???

    O Henrique nunca cobrou nada para termos acesso aos seus conhecimentos, que por sinal é de excelente qualidade!

    O que que custa visitar o site para ler a notícia? Aumentar a taxa de visitação e quem sabe aumentar uma probabilidade de um clique ali ou aqui…

    Sou totalmente contra essa onda de querer estabelecer um movimento contra os sumários de feeds… atitude lamentável… mas hei de concordar que a forma como o henrique publicou seus pensamentos foi um tanto hostil.

    Eu concordo plenamente com vc Henrique, com cada vírgula, mas eu achei descenessário a sua abordagem com um amplo e destacado FEED-SE, que sem dúvidas implica ao sentido agressivo da palavra… mesmo que sua intensão tenha sido outra.

  • http://kadu.ducz.com/cgi-sys/suspendedpage.cgi kadu

    Carácoles 62 comentários aqui (63 com este), um thread de 48 emails na lista da blogosfera! Estou acompanhando isso tudo desde o começo e ainda tentando entender o motivo de tanto auê!

    Quando li este artigo pela primeira vez, nem havia comentários ainda (feed é uma maravilha), pensei, legal, o Henrique colocou um ponto de vista diferente sobre a campanha do Arcanjo. Falou de liberdade de escolha e que discordar de maneira saudável é ótimo. Escreveu um monte para falar uma coisa simples, mas foi bacana, nem tive o que comentar de tão "normal" que "era" o artigo.

    Depois que ele foi divulgado na lista da blogosfera e a discussão sobre o trocadilho do título e o suposto desrespeito aos leitores estourou, é que comecei a repensar se havia lido realmente o artigo.

    Foi devido há um suposto comentário mal educado?

    Leia o comentário de número 20. Internet é isso mesmo a interpretação varia conforme a pessoa que lê. Quem nunca passou por isso?

    Foi devido ao autor querer "cercear" o uso de feed completo na blogosfera ou "pintar" todos os sites de azul? (autor poderoso esse)

    Leia o comentário de número 39. O autor explica o artigo para os que não entenderam de primeira.

    Discutir é legal, produtivo, excelente, mas esta discussão foi longe por muito pouco na minha opinião. Será que o universo de 1324 assinantes do Revolução também encontrou tanto chifre assim na cabeça desse cavalo?

  • http://rafaelmarin.wordpress.com Rafael Marin

    Já tenho um artigo que escrevi sobre isso que ilustra mais ainda o que o Henrique quis dizer.

    Lendo os comentários acima, fiquei indignado com a opinião de alguns. Claro que respeito as opiniões, mas acho um tremendo absurdo se revoltar contra o autor. E não sou nada suspeito para falar. Se visitarem meu blog encontrarão lá na barra lateral: "FEEDS COMPLETOS JÁ". Disponibilizo meu conteúdo completo, mas nem por isso me preocupo com a campanha do Henrique. Ele possui um trabalho aqui no blog que é inigualável no Brasil,e não é puxação de saco, vocês todos mesmo concordam comigo. E eu não deixo de ler um artigo sequer dele, mesmo que não comente.

    Gosto de vir até aqui principalmente por que ele é um cara que se posiciona e tem opinião formada, mesmo que muitas vezes contra a maré.

    Parabenizo-o novamente pelo artigo, pelo trabalho e pela opinião firme.

    Abraços!

  • Renato

    Creio que a questão que interessa, não está em ter liberdade de disponibilizar o feed como se quer, mas sim, qual é melhor forma de atender as expectativas do blogueiro e também do leitor.

    Acho que este post e os comentários do Henrique não trazem à discussão como tirar melhor proveito desta tecnologia.

    Até agora, só vi uma discussão realmente interessante que questiona a campanha dos feeds completos. Dê uma olhada no blog da Bia, Garota sem fio .

    Eu já cancelei feeds que são resumidos ou que trazem só o título (como os do UOL). Se tenho que clicar pra ler, então vou direto ao site. Assim, com um clique só, leio uma seqüência de posts, ao invés de um clique para cada post que quero ler na íntegra. Se bem que, pra falar a verdade, dificilmente acesso meus Favoritos para ler sites que não assino o feed.

    Considero o Revolução.etc um blog muito bacana, com posts interessantes, mas considerando a forma como a questão está sendo tratada por aqui, acho que agora os assinantes serão 1338 – 1.

  • Rosangela

    Olá Henrique

    Considerando a forma como foi postulada essa situação de feeds completos ou incompletos para o leitor de um blog, não vi nada que, verdadeiramente, trouxesse luz ao ambiente.

    Acho tudo isso uma discussão sem nexo.

    Vi longos comentários aqui, e pude perceber que embora algumas pessoas possam tê-lo atacado (se entendeu assim) me parece apenas o posicionamento de alguns sobre sua atitude e postura como profissional.

    Na verdade, foi um erro o que fez.

    Leitores são como clientes. Devemos atender bem, escutar e compartilhar se quisermos ter sucesso. Não basta somente linkar A, B ou C sempre não! como pensa muita gente.

    É importante interagir com eles, pois assim sempre aprendemos algo mais.

    Particularmente, não gostei de sua atitude e até já saberei como vai me responder se eu te perguntar algo. Portanto, pode ficar com seus mil e quantos assinantes, eu serei meos uma (que com certeza não te fará falta).

    uma obs final.

    Apenas não subestime o poder que tem a internet.

  • http://www.pimentacomdende.com Hilder Santos

    Olá, Henrique.

    Esta é a primeira vez que entro em teu blog, para acompanhar a tão famigerada campanha "Feed-se todo mundo".

    Entendi absolutamente a sua posição, não quero relatar a sua forma de escrever ou a sua "seriedade", tão colocada em questão por diversos comentários, até porque não as conheço.

    Portanto, estou aqui para defender uma opinião, apenas: A MINHA.

    Muito bom o conteúdo da sua campanha, a não ser pelo pequeno trocadilho do "slogan" que é impossível de não ser subentendido de forma equivocada, como está acontecendo com muitos. Talvez, pela pitada de humor que você queria colocar, quem acabou feedendo-se foi você… (se me permite o trocadilho).

    Alusões e subentendimentos à parte, vi o conteúdo, e certamente, você faz o que quiser com seus feeds, não deve seguir nenhum meme, nem nenhuma campanha a favor ou contra. Você tem a liberdade de implementar ou retirar, e gostei muito da defesa da sua opinião, coisa que é importante.

    O feedback que você recebeu não foi lá dos melhores, convenhamos. O que você explicou de forma simples, virou uma bola de neve, e você, em alguns momentos, se exaltou, como foi no caso do André. Era melhor deixar isso pra lá, cara, cada qual com a tua opinião, quem quiser ler, leia, quem não quiser, paciência.

    Já que um leitor a menos não faria falta (o que ficou subentendido), então, o melhor nessas horas é deixar pra lá.

    Bem, não vim aqui apontar seus erros e acertos, como havia dito acima, vim apenas expressar a minha opinião sobre o assunto.

    De qq sorte, desejo-lhe sucesso, e mais cuidado na próxima vez com o slogan. Sou a favor da tua campanha e concordo com a tua opinião, sem alardes. Continue defendo-a, tendo cuidado apenas na forma com que você a expressa.

    Um abraço.

  • Pingback: Pimenta com Dendê » Mais discussões: De falsas impressões, o mundo tá cheio()

  • Pingback: Previsões (e algumas nem tanto) para 2007… » Revolução Etc - Web Standards em uma casca de noz!()

  • Pingback: Contraditorium » THIS POST HAS NO TITLE()

  • Pingback: » Feed/mais não cheira bem >> Milhouse Blog()

  • Pingback: A saga das campanhas continua: Ensine as pessoas a utilizar FEEDS - Portal 10envolvimento()

  • Pingback: BlogAjuda » Continue lendo… ou não?()

  • Pingback: Porque os leitores cancelam a assinatura do blog - dudu tomaselli()

  • Pingback: Crie feeds resumidos com o FeedBurner — RafaelMarin.net()