Browser Targeting Version e o Internet Explorer 8

Os últimos dias tiveram discussões bem acaloradas no mundo dos web standards com o Internet Explorer 8 no centro da discussão. Saiu tiro por todos os lados. Se você não sabe inglês provavelmente ficou de fora de boa parte dela. E se você sabe inglês, mas ficou boiando a semana toda e não faz idéia que discussão seja essa, o Pinceladas montou a lista com os principais links da discussão para você acompanhar atrasado (tá bom, nem tão atrasado assim).

Entretanto, o Diego “Tableless” Eis escreveu um texto excelente e bem detalhado sobre o assunto para você sair e continuar essa discussão no barzinho, supermercado, açougue, etc (tá bom, nem todo mundo é nerd). Browser Targeting Version vai falar tudo o que você quer saber sobre o Internet Explorer 8 e os recentes arranca rabos sobre padrões web.

  • http://www.viny.eti.br Vinicius

    É rapaz…

    Até que eu tava vendo essa discussão no Webstandards Group, que tratava este mesmo assunto;

    Tá virando polêmica em todo lugar…

    Mais valeu a referência…

    =D

    Abraços!

  • http://exprophony.wordpress.com Alvaro Sasaki

    O que mais ando vendo sobre isso é o pessoal falar que o ie6 deveria ser exterminado agora, mas imagino que pouquíssima gente olhou para trás no portfolio e viu as gambiarras que já fez. Tanto que Dave Shea falou para eliminarem de vez o css hacks e simplesmente fizessem arquivos separados.

    E agora fico imaginando alguns sites indo aos ares por detectar um IE da vida como foi o ie7 e onde a grande maioria dos desenvolvedores preferiu investir ainda mais em hacks…

    Algo que Doron Rosenberg disse sobre isso foi de que os desenvolvdores não irão querer mexer em algo antigo, mas funcional, enquanto for permitido. Consequentemente a microsoft ainda vai perder muito tempo mantenendo engines antiquados funcionando pelo bem da retrocompatibilidade, e com isso surgirão novos exploits que poderão ser aproveitados por invasores e o IE team irá perder tempo caçando bug em algo que deveria ter sido esquecido faz alguns anos…

  • Mark de Souza Costa

    Li alguns comentários falando que ir ao encontro dos padrões Web é ruim. Discordo totalmente, todo avanço nessa direção sempre será benéfico.

    No caso da Microsoft, temos uma gigante dos softwares levando mais sério do que nunca a questão dos padrões Web. Isso leva a dois desafios:

    – O primeiro é a parte técnica, de criar uma engine de renderização que suporte 100% com os padrões Web. Sinceramente, quem acreditava que isso era uma barreira para a Microsoft é ingênuo.

    – O segundo desafio, de longe o maior, é a questão comercial/técnica da retro-compatibilidade, tanto que é o ponto-chave da maioria das discussões.

    Eu acredito que, mais uma vez, a Microsoft terá sucesso nessa virada de página da questão Padrões Web/Browsers.