Book Review: Ansiedade de Informação 2 de Richard Saul Wurman

O autor Richard Saul Wurman é um homem que inventou a própria profissão: arquiteto da informação. Ele é arquiteto (de verdade), foi professor em Princeton, Cambridge e no MIT, além de ter sido membro do Fórum Econômico Mundial em Davos na Suíça em 1994 entre outras coisas. Foi premiado diversas vezes pelo National Endowment for the Arts além do Prêmio Kevin Lynch do MIT pela criação dos guias de viagem ACCESS e teve sua obra reunida em exposição retrospectiva na Galeria AXIS de Design em Tóquio, no Japão. Sem falar que é autor de mais de uma centena de livros. Não é todo dia que você se esbarra com um cara desses por aí.

No livro Ansiedade de Informação 2 (Do original: Information Anxiety 2 – ISBN:8529300963 – 1º edição – Editora de Cultura – 2005 – 299 páginas) o autor eleva um pouco a responsabilidade de qualquer profissional responsável por tornar a informação mais fácil de entender e de usar. Isso vale para jornalistas, web designers, publicitários e para todos os que de uma forma ou de outra lidam com a informação e precisam tratá-la para ser usada e compreendida em um determinado contexto, seja na web, na televisão ou em um jornal.

O autor viaja por vários contextos diferentes como negócios, comunicação na empresa, conversas, mapas, educação, design etc, mostrando em cada ponto como dados podem ser transformados em informação inteligível a quem se destina. Não espere deste livro uma reflexão sobre usabilidade ou design propriamente ditos e sim um diálogo sobre como pensar sobre a própria informação. O livro está recheado com exemplos de infográficos e textos retirados de revistas que tem o objetivo de informar com clareza naquilo que se propõem.

É um livro que eu adorei ler mas para aqueles que estão acostumados apenas com tutoriais de como fazer algo e raramente lêem livros conceituais, podem não se interessar muito. Mas para quem gosta de um bom desafio sobre refletir mais sobre o próprio design e a linguagem utilizados no dia à dia do próprio trabalho, Ansiedade da Informação 2 é fantástico. O livro está disponível em português e pode ser adquirido pelo Submarino.

  • http://fatorw.com/ Walmar Andrade

    Boa dica, Henrique. Livros conceituais são os que valem a pena serem lidos, esses livros só com tutoriais dificilmente valem a pena ser comprados, já que são assuntos que conseguimos encontrar (e ler) na própria web. Contraditoriamente, são os que mais vendem… vai entender…

  • http://www.eugeniogrigolon.com/ Eugenio Grigolon

    Resumindo o 1º parágrafo: ele é o CARA!!

    Ótima indicação.

  • http://www.flickr.com/photos/erickwilder Erick Wilder

    Boa dica! Concordo com o Walmar: os livros conceituais são ralmente os melhores.

    Não é uma verdade absoluta que não se possa encontrar textos que refletem sobre um assunto mais profundamente na web, é possível encontrar longos textos explicando alguns "porquês" do dia-a-dia.

    Já li coisas sobre arquitetura que me fizeram mudar a maneira como eu penso, ou materiais relacionados à segurança de informação que também me influenciaram muito.

    Às vezes eu até indico pra alguns amigos, mas o problema creio que seja a falta de motivação. Me chamam de "maluco", por ler textos extensos na internet, pois "na era dos blogs" a leitura (para eles) deve ser rápida tanto quanto um clique e eu não vejo dessa forma.

    Eu até gosto de ver posts mais longos aqui no Revolução, ou Tableles, pois geralmente são estes que tratam com mais detalhes um assunto e pode até ser coincidência, mas geralmente eles não são do tipo "Rau tu".

    Uma dica é procurar no google academic aquilo que você procuraria no google apenas, tem muita coisa de mestres e caras realmente bons em assuntos diversos.

  • Rogério Brum

    Legal. Mas no submarino não compro mais =/

  • Rogério Brum

    Acabo de receber a mensagem de que o livro foi enviado…

    Agora eu volto a comprar no submarino =D

  • Julio Greff

    Legal. Realmente, o cara é o cara! Caramba, um dia eu chego a isso, espero… Fugindo do assunto principal, concordo com os comentários, o povo brasileiro prefere tudo meio pronto, em vez de aprender como se faz (tutorial já tem quase tudo pronto).

  • Pingback: Quem mal lê, mal se comunica! » Revolução Etc - Web Standards em uma casca de noz!()

  • Pingback: O Livro Ansiedade da informação 2 « Relações Públicas()

  • http://sindromedopanico.net Sindrome do Panico

    Parece um livro muito interessante! Vou ver se encontro aqui em Portugal. Eu acho que um livro desses seria um bom começo para muitos jornalistas e produtores de tv aqui em Portugal. Saber escolher a informação útil e aprensentá-la da melhor forma é cada vez mais importante, pois existem cada vez mais fontes e canais de informação… muita dessa informação é irrelevante e desinteressate e ocupa o lugar da informação importante.