As amebas copiadoras de texto!

Há dois tipos de seres na internet que não deveriam existir. Os trolls e as amebas que copiam texto. Não ache que os miguxos ou as salsinhas sejam um problema. Eles são simplesmente, vamos dizer, um perfil diferente de pessoa. Se eles escrevem nos comentários do seu site e não agregam em nada, apenas delete, sem aviso prévio. Você não será preso por isso. Cerca de 20% dos comentários inseridos aqui são deletados. Mas os trolls e as amebas que copiam texto são de uma classe celular e neurológica que mal se distinguem entre seres vivos. E o pior, eu não posso “deletar” eles. Se a ciência tivesse interesse em estudá-los, o congresso aprovaria rapidinho o direito de experiência por não considerá-los como seres vivos, de tão primitivo celular e neurologicamente que são.

A quantidade de textos do meu site que são copiados tem sido tão desanimadora que eu tive que colocar um aviso no final de cada artigo (na página do artigo, não na home), avisando que o texto não pode ser reproduzido. Mesmo que esta informação já exista no rodapé do meu site a anos, e mesmo achando que a redução disso será de no máximo 20%, espero pelo menos que a ameba copiadora de texto tome consciência (é possível isso em seres quase não vivos e neurologicamente lesados?) de que ele é uma ameba. Que pena perder tempo com isso né? Eu podia estar escrevendo um texto decente.

  • http://julioweb.wordpress.com Julio Fragoso

    É bem verdade.

    Se ao menos fosse citada a fonte do texto, aumentando assim a tua audiência acho que esse post "talvez" não existisse.

    É bem verdade também que ter um texto copiado, na minha cabecinha de menino-besta-criado-com-vó é reconhecimento do meu trabalho, secundário diga-se, de webwriting e como todo reconhecimento, isso é positivo.

    São dois pontos de vista que devem ser pensados.

    ps.: como você sabe que seus textos estão sendo copiados ? alguma ferramenta, ou a mais conhecida ferramenta de todas… …o Google ?

  • http://www.numclique.net Joares Miranda

    É realmente muito chata essa situação das pessoas copiarem nossos posts. O que epoderia minimizar tal chateação, não seria divulgar as fontes?

    Por exemplo… de repente eu acho algo interessante aqui em seu blog (o que não é difícil) e ao final eu cito a fonte e linko pro seu site… isso é em totalidade errado?

    Daí… se cai na discussão de poder ou não… é realmente cruel o sentimento de impotência, em não poder simplesmente deletar tais copiadores, bem como, se você fala que fulano copiou seu texto, piora, pq daí o carinha ainda vai ganhar audiência por vc tê-lo citado… é cruel mesmo!!!

    Mas… não desanime… seus textos e pontos de vista são muito massa!!!

  • Fábio

    Talvez se você colocasse um comentário "se for copiar, divulgue o autor original", perderia menos tempo e cabelo com posts como estes.

  • Bruno Galera

    Serviço público: divulgue os copiadores :)

  • http://fusconight.wordpress.com/ Filipe Oliveira

    É, são os micreiros-subrinhos-pseudo-idiotas-blogueiros-falsificados atacando novamente… deprimente!

    Eu leio tudo aqui, e nunca copiei, já me inspirei para escrever algum artigo, mas normalmente apenas algo meramente relacionado, nunca o mesmo tema. Afinal, você em um artigo não deixa muito espaço para inclusões.

    Mas então, como você sabe que estão copiando? Puro Google?

    =)

  • http://www.y2kdesign.com Alan Corrêa

    Henrique, isso é realmente f*da e difícil de ser "barrado", seria anti-ético divulgar os links dos posts feitos por "amebas"?

  • Paulo de Tarso Furta

    O mais estranho é que, mesmo em dias atuais, cujo acesso à informação é muito mais fácil do que há alguns anos atrás (naquela época, se precisávamos fazer nossos trabalhos escolares, tínhamos que ir a uma biblioteca! Sim! Utilizávamos muito mais livros!), eu acreditava que as pessoas não precisariam de avisos para saber que, se algum texto foi publicado na internet ou em qualquer outro meio, naturalmente alguém o criou… E naturalmente também que este que quem o criou (o texto) seja caracterizado como o autor, que por sua vez gostaria muito de, PELO MENOS, ganhar uma citação à sua matéria…

    Isso se chama de bom senso… Ou as pessoas ainda acham que é fácil querer se passar como o "autor original" e ainda sim ganhar proveito disso…

    Primeiro: é fácil encontrar você. Já ouviu falar no irmão do amigo do vizinho que namora sua prima? Pois é, ele pode ter te conhecido em uma festa de aniversário e, ao mesmo tempo, conhece o autor do texto que você está copiando! E quando ele abrir o material que você diz ter escrito, ele se depara em um dilema: "Opa! Perae! Mas esse texto aqui não é do… Humm… Olha que pilantragem! Querendo levar vantagem!" E pronto! Para onde vai o seu prestígio?

    Lógico, esse é um exemplo bem besta, mas reflete o que quero dizer: o mundo é pequeno, e todos estão interligados…

    Então, suas amebas, parem de querer se passar de bons com o nome dos outros! Ou melhor, com o trabalho dos outros!

  • http://julioweb.wordpress.com Julio Fragoso

    Acredito que dois erros não fazem um acerto, sendo assim, divulgar e escrotiná-los acredito ser errado e não acrescentaria em nada discussões.

    Ponto de vista meu !

  • Fernando

    Isso realmente é uma coisa ruim da Web 2.0. A liberdade é "ampla" demais, mesmo os textos estando em creative commons, o pessoal não tá nem aí e já vai no ctrl+c e ctrl+v. Espero que você tenha sorte com esses avisos embaixo dos posts… Até mais.

  • http://emanuelsouto.com/ Emanuel

    Isso é um assunto bem discutido pela web, verdadeiramente existem muitas amebas soltas por aew fazendo uma lambaça dentro dos Blogs e copiando e divulgando coisas que nem eles mesmo sabe o que estão passando…

    Isso é nada mais do que quebrar os Direitos Intelectual de uma pessoa!

    AMEBAS VCS podem ser presas por isso… Ai fico imaginando uma Ameba presa por copiar!!! Noussa não teria lugar dentro dos laboratórios para tanta AMEBA…

    sem mais,

    3S2

  • Diego Bittencourt Mu

    A pergunta é: eles conseguem crescer, eles são referenciados?

  • Anderson Cust&oacute

    Acho que esses cara só devem ler o título dos post mesmo, é capaz deles copiarem o "Este texto não pode ser copiado… Somente amebas fazem isso, não seja uma!" e nem perceberem.

  • João Augusto

    Voltemos a estaca 0! Não compartilharás as informações…

  • http://battisti.wordpress.com Anselmo Battisti

    Hoje senti isso na pele, dei duro fazendo um post legal e 9 minutos, eu disse 9 minutos depois de ter postado já tinha uma ameba copiadora de texto sugando e não dando créditos, que isso sacanagem!

  • http://battisti.wordpress.com Anselmo Battisti

    João Augusto o problema não é copiar mas sim copiar e falar que o texto a idéia a coisa é sua entendeu!

  • Gustavo

    Bom pessoal, eu sou um novo blogueiro, e estava afim de incluir alguns artigos para testar o wp que eu acabara de instalar, por conhecidencia nessa hora eu também estava lendo o artigo do henrique sobre pullquotes (http : // revolucao. etc. br/archives/pullquotes-em-css/).

    Eu copiei; copiei mesmo depois de ler esse artigo das "amebas"!!! Mas em nenhum momento quis os créditos para mim ou para meu blog, isso era claro a todos os visitantes. Pois alem de quotar a matéria, citei e linkei o autor, inclusive indiquei o revolução como um ótimo blog.

    Hoje recebi uma visita do Henrique me pedindo para excluir o artigo e assim foi feito! É um direito dele… Eu ficarei muito feliz se um dia meus artigos forem reconhecidos e quotados em outros blogs!

    Fica então minhas desculpas, e nunca mais quoto nada do revolução. Um abraço,

    Gustavo Ameba

  • Andre

    A Licença Creative Commons da página não contraria o aviso de copyright do rodapé?

    Atribuição-Uso Não-Comercial-Compartilhamento pela mesma Licença 2.0 Brasil
    http://creativecommons.org/licenses/by-nc-sa/2.0/

  • Hélio Costa

    Henricão,

    Relaxa, a cópia é um elogio indireto de uma pessoa que não tem capacidade de escrever um bom texto.

    []'s rapaz e apareça em floripa

    Hélio

  • Victor Leonardo

    Pior que é verdade.

    Recentemente recebi um e-mail de um colega de trabalho aqui de um site conhecido até e nele tinha um artigo escrito sobre mecanismo de busca.

    Aqui no revolução eu li um artigo recentemente e achei estranho a notícia que recebi. Pois, o que estava escrito lembrava muito algo que eu já tinha lido. E procurei para ver com os meus próprios olhos que… Lamentavelmente o artigo escrito no site sobre o mecanismo de busca foi chupado daqui.

    E o melhor de tudo que o "escritor" da notícia é um conhecido meu.

    Enfim, é triste mesmo essa falta de ética que tem se espalhado.

    Espero que com esse post Henrique, o pessoal comece a pensar melhor antes de chupar conteúdo e assinar o nome embaixo esperando méritos, porque quem conhece e vive no ramo sabe que o mérito é 0.

  • Thiago Bueno

    Oi Henrique,

    Aquele script que você usa para pessoas que acham seu site pelo Google está pegando quem vem pelo Google Reader, como eu.

    Não é nada demais, apenas um aviso caso você não saiba ainda.

    Abraços,

  • Anderson Cust&oacute

    @Andre

    Não tem Licença Creative Commons no rodapé, e de maneira alguma alguém deveria pedir para fazer uma cópia. Por que não posta o link? Ou então o cara que que quer o texto poderia ele mesmo reescrever com suas próprias palavras e citar a fonte a referencia.

    Blog é uma coisa que tem que ser levado a sério, tanto quanto jornal, imagina só um cara lançar um jornal e sair pedindo permissão pra copiar matérias de outros jornais, é praticamente a mesma coisa, blog é o "Jornal do Futuro" e tem que ser tratado com a mesma seriedade.

    É o que eu penso! :)

  • http://www.iesart.com jeison frasson

    Henrique, foi boa essa, queria ver o Sandro lendo isso kkkk

  • Marcelo

    Me dói na alma ver um cara dizer que copiou o texto e ainda se desculpar, como se o fato dele ter "quotado" o texto o livra-se do pecado da cópia.

    Ao amigão que copiou, colou, pecou e se desculpou: uma coisa é CITAR, e nesse caso quando me refiro a citar um texto, é apenas um trecho de texto que você ache interessante, no meio de um texto de sua autoria, e no fim do texto referenciar as urls que você se baseou para escrevê-lo.

    Outra coisa é você copiar o texto INTEIRO e citá-lo, tendo uma introdução ou finalização de texto próprio ou não e referenciando-o ao fim de seu texto. Essa opção realmente não é uma boa idéia e vai contra qualquer coisa que seja parecida com divulgar ou disseminar uma informação. Nos dias atuais, podemos até considerar como uma técnica "black SEO" que se aproveita de textos publicados em site com bom pagerank para estar na frente de outros.

    Se todos utilizassem o recurso que faz a web ser o que é, nada disso aconteceria. Estou falando do bom e velho LINK. Custa apenas colocar um link para o artigo referenciado?

    Henrique, com a credibilidade que você tem junto a seus leitores, não esquenta muito a sua cabeça com isso não. A gente só lê na fonte original ;-)

    Grande abraço

  • Andre Lima

    *** Eita tópico polêmico!!!

    Henrique, realmente você terá que conviver com isso…

    Ctrl + C e Ctrl + V sempre vai existir ;)

    Uma solução para acabar com isso é por os textos como imagem… ai a AMEBA vai ter preguiça de digitar e não vai postar nada!

    Boa sorte ae na luta ;)

  • Anderson Cust&oacute

    "…textos como imagem…"?

    E onde fica a acessibilidade? :(

  • http://www.netocury.com/ Neto Cury

    Infelizmente, você pertence a um imenso grupo de blogueiros que acompanho que já reclamaram desse problema.

    É uma pena, pois desestimula o blogueiro.

    Abração e não se renda ;)

  • Andre Lima

    Infelizmente… eu não pensei nisso "Anderson" ;(

    Mas, resolve o problema pra quem vê!

    É uma questão difícil de se safar ;(

    Força Henrique!

  • http://direito2.com/ Ruben Zevallos Jr.

    Para simplificar a coisa, eu deixo que qualquer pessoa possa copiar meus textos desde que cite a fonte… e parece que resolveu…

  • Pingback: Meme: Por que eu Blogo? « diogo corrêa()