Algumas coisas que eu tive que aprender

  • Nunca seja completamente sincero com uma mulher. O dia que você for, ela deixará você.
  • Demonstre ser um pouco violento na adolescência mesmo que você não seja. E Darwin vai explicar isso melhor do que a diretora da sua escola.
  • Família é mais importante do que você acha, mesmo que as impressões até o final da sua vida te mostre o contrário.
  • Fé não se explica e qualquer tentativa pode resultar em intolerância.
  • Religião só pode ser discutida por pessoas que não tem interesse que você entre para a religião delas. Se este interesse existir, é impossível discutir religião.
  • Chega uma idade em que é preciso tentar planejar a vida estando ao lado de uma só pessoa. Ao menos que queira ter no fim da vida como diversão principal alimentar pombos.
  • Não interessa o quanto planeje sua cerimônia de casamento. Três anos depois vocês vão olhar pra trás e ver que podia ser diferente. Então não planeje cerimônias de casamento até faltar uma semana.
  • Melhor do que aprender, é aprender que o que tinha aprendido estava errado. Agora você aprendeu o certo.
  • Não é possível impressionar garotas com XHTML e CSS e camisetas geeks. Acredite.
  • Documentação de projetos é importante. Muito importante. Mas em alguns casos pessoas que tem tara por isso podem ser redundantes e atrapalhar o projeto. Fique de olho nelas.
  • Nunca critique pessoas no estilo Ad hominem. Pessoas mudam de idéias, você vai mudar muito de idéias na vida. Se critica muito as pessoas, pode acabar como o Leão Lobo, vivendo disso.
  • A Daniela Cicarelli não existe de verdade (assim como um monte de pessoas da mídia). “Gente” assim são antropomorfismos do nosso inconsciente coletivo.
  • “Neste Big Brother os assuntos serão mais fúteis”. Li algo assim em um jornal. Droga, eu adorava as discussões sobre Sartre e Habermas presentes nas edições anteriores!
  • Mãe e Pai são pessoas muito muito importantes na sua vida mesmo que eles tenham cultura, educação, cosmo-visão, etc diferentes da sua!
  • Qual a diferença entre Drummond e Bruno e Marrone falando de sentimentos? Cosmo-visão. Mesmo que Bruno e Morrone não façam parte da minha cosmo-visão e irrite a elite, é estupidez querer empurrar “escargot” para quem só aprendeu comer feijão!
  • Não há porque temer ser piegas vez ou outra na vida. Você vai ser algumas vezes, acredite. A não ser que morra doente e solitário. Mas se você é piegas o tempo inteiro, já existem grupos especializados nisso (emo)!
  • Amor não se explica e você vai acabar se casando com uma pessoa completamente diferente daquela que você idealizou nos primeiros anos de vida e nem por isso será menos feliz. E se você se casar com aquela que você idealizou, nos próximos anos ela será outra pessoa!
  • Pessoas que vivem de criticar os outros são inseguras.
  • O homem é estômago e sexo! Assistam Amarelo Manga!
  • Ler é um prazer que só quem desfruta dele sabe, certo? Mas não é assim com a manga, com a goiaba e a uva? Então não adianta argumentar com pessoas que não são leitores, elas NUNCA vão entender do que diabos você está falando.
  • Todo mundo se contradiz várias vezes na vida. Quanto mais você se cerca e teme para que isso não aconteça com você, mais contraditório você será.
  • Não tente intelectualizar todas as coisas a sua volta. Beijo é bom porque é bom, amamos na maioria das vezes sem razão e Beatles é muuuiitttoo legal.
  • Algumas coisas que você critica hoje nas pessoas estarão presentes na pessoa que vai se casar com você. Inevitavelmente. Então relaxa!
  • Muitos críticos odeiam o Paulo Coelho aqui no Brasil. Na França adotaram ele em algumas universidades. Charles Dickens era “povão” em sua época e “Oliver Twist” foi publicado em fascículos semanais no jornal local e hoje é considerado “literatura universal”! Não quero dizer que gosto de Paulo Coelho (na verdade eu não gosto mesmo tendo lido uns 6 livros dele), mas não dá pra ser maniqueísta na vida.
  • Algumas pessoas gostam do que é extremamente midiático e povão e outras deixam de gostar de bandas e autores no momento em que citam seus nomes pela primeira vez na televisão! Não cabemos no mesmo balaio!
  • Mesmo no século XXI o horóscopo e a astrologia (o ídolo das tribos de Bacon) estão presentes nos jornais. Os mesmos jornais que trazem notícias sobre ciência, sociologia, resenhas literários etc. Nem tudo na vida se explica racionalmente, por isso pare de tentar!
  • http://www.marcusvbp.com.br/site/ Marcus VBP

    Demonstre ser um pouco violento na adolescência mesmo que você não seja. E Darwin vai explicar isso melhor do que a diretora da sua escola.

    Tenho certeza que Darwin se contorceu em seu túmulo no exato momento que você escreveu essas palavras. repita comigo: Não confundir sobrevivência do mais forte com sobrevivência do mais apto, não confundir sobrevivência do mais forte com sobrevivência do mais apto, não confundir sobrevivência do mais forte com sobrevivência do mais apto…

    No demais, concordo mais ou mentos com todos os demais itens da lista. Gostaria de destacar o primeiro item.

    Ah e Paulo Coelho é realmente ruim. Os livros dele tem sempre a mesma estrutura. Acredito que seja possível escrever um programa que escreva livros para Paulo Coelho.

  • Macalha

    Gostei ! Principalmente porque eu achava que só eu, nesta faixa etária, gostasse de Beatles ! :oD

  • http://www.needforlumbriga.com Camilo

    Tá meio deprimido, Henrique?

  • Rafael Dourado

    Saquei. Você sempre usou camisetas geek, e no dia que parou de usar encontrou sua esposa, não foi?

  • silici0

    HAHAHAHAHA…

    Achei muito engraçado, concordo com tudo com você.

    vivendo e aprendendo não?

    Eu sou sincero com minha esposa na medida do possivel, so não sei até que ponto essa sinceridade vai, claro que se eu falar tudo que penso, não duraria uma semana.

    Abraços

  • http://revolucao.etc.br/ Henrique Costa Perei

    Camilo: Pelo contrário, estou é muito resolvido na vida! heheheheheh Abraço…

  • Carlos

    Hehehe, o cara tá viajando..

    Deve ter fumado um antes de postar isso

  • http://gigasolucoes.wordpress.com Ramon

    "Não é possível impressionar garotas com XHTML e CSS e camisetas geeks. Acredite."

    Poxa e eu pensava que estava arrebatando corações com as minhas camisas, porque me rendia vários olhares, talvez tenha me enganado.

  • Ricardo

    profundo…

  • Eduardo Marques

    O cara não pode colocar suas considerações pessoais que o pessoal já acha que ele fumou! Hehehe! É f****!

  • http://www.contosdaescola.net/ Débora

    Oi Henrique! Achei legal o texto e concordo em muitas coisas, mas essa aqui me bateu uma coceira de comentar!

    >>Qual a diferença entre Drummond e Bruno e Marrone falando de sentimentos? Cosmo-visão. Mesmo que Bruno e Morrone não façam parte da minha cosmo-visão e irrite a elite, é estupidez querer empurrar “escargot” para quem só aprendeu comer feijão!

    — Pense assim: quem é mais famoso e tem mais adoradores no mundo? Bruno e Marrone ou Mozart? Quem é música para povão agora? hehehe

    Gosto musical, literário, tudo que envolve artes, é uma experiência pessoal, não podemos ensinar ninguém a amar algo que não diz nada a ela. Eu por exemplo acho Toquinho, Paulinho da Viola, Cartola, tudo de bom. Tenho amigas mestradas e classe AAA em São Paulo que amam Zezé de Camargo e Luciano. Tenho uma amiga que estudou piano por 15 anos. Ela acha Chopin bacana pra esticar os dedos. O que emociona ela de verdade é Chiclete com Banana. Vai saber, né?!

  • http://daquino.wordpress.com Douglas d'Aquin

    bom Débora… ser conhecido não significa ser adorado. Com certeza Mozart é conhecido no mundo inteiro, mas quantas pessoas param para ouvi-lo?

    o que eu acho que ele quis dizer com "povão" é que realmente é ouvido pelas massas. Mozart é conhecido pelas massas, mas geralmente é ouvido apenas por uma elite intelectual, já que as massas preferem outras coisas.

    Pense assim: quem vendeu mais discos, Mozart ou Elvis?

    Voltando ao assunto (o post), excelente texto. Realmente concordo com quase todas as coisas (sinceramente, eu não gosto de Beatles tanto quanto você, mas não quer dizer que seja ruim). Incluindo o "refrão" sobre Darwin, apesar de ele não ter falado com essas palavras, quem já teve que "sobreviver" ao ensino público sabe do que você está falando… às vezes ser o mais apto É ser o mais forte (ou pelo menos parecer ser).

    abraço

  • pedrin

    haha, show de bola!! vivendo e aprendendo mesmo!!!

    concordo com muitos, dei risados de outros, aprendi alguns…

    valeu!!

  • http://www.rafaelmarin.net Rafael Marin

    É, algumas coisas eu concordo e outras

    nem tanto. Abraços!

  • Ramon

    É eu ja tive essa fase da vida tb quando vc ama e é correspondido, e olha a sua volta e vê que sua vida está boa e dando certo na medida do possível. Oque eu aprendi até hj foi:

    1) Dinheiro é muito bom mas não é tudo, saber como gasta-lo e aproveitar da melhor maneira é que é a vantagem. Somando isso a saber se divertir também quando não se tem dinheiro, fica melhor ainda.

    2) Mulher é maravilhoso tb quando se tem uma relação saudável, mas quando se começa a ter mais brigas do que momentos bons, e vc só fica com essa pessoa marcando passo por comodismo, ai já não compensa tanto. A grosso modo é melhor ficar com fome e arranjar algo melhor pra comer do que pagar caro pela esfiha murcha.

    3) Trabalho é importante e se vc aprende a se dedicar quando tem que se dedicar e abstrair quando tem que abstrair poderá ter sucesso sem maiores problemas de saúde. E se sempre procurar ser sempre melhor no que resolveu fazer da vida, vc sempre terá um bom lugar no mercado de trabalho.

  • Bruno Chaves

    discutir gosto musical, literario ou religiao só é possivel quando nao se quer converter ninguem, ou se mostrar melhor, ou superior espiritualmente, intelectualmente ou seja lá o q for.

    simplificando, o ser humano se complica o tempo todo.

    eu continuo no jardim de infancia da vida.

  • http://pedrorafa.com Pedro

    Senti empatia quando você diz "pessoas que não são leitores, elas NUNCA vão entender do que diabos você está falando".

    Acrescentaria uma: Morar com 4 mulheres é osso!

  • http://pedrorafa.com Pedro

    Respondendo a Débora:

    A gente gosta do que a gente quer gostar. Vou além, a gente sente o que deseja sentir. Se sua amiga gosta de "esticar os dedos" com Chopin e prefere Chiclete com Banana (nossa, que nome bacana!) é a escolha que ela fez. Infelizmente também conheço pessoas que optam pelo pior, ou menos "cult" mesmo conhecendo algo superior. Acho que muitas vezes fazem isso para acompanhar os amigos…

  • Linxuer

    Cara, acho que entrei no blogo errado…

  • http://exprophony.wordpress.com Alvaro Sasaki

    Sobre as camisetas, já vi mocinhas muito simpáticas visualmente e intelectualmente usando camisetas assim em alguns eventos e conferências…

    E fico imaginando se for homemxhomem… "o amor pode resolver tudo", mas quero ver hormônios à flor da pele quando surgir alguma rivalidade dentro de uma relação. :P

  • http://memoriamarginal.blogspot.com/ Helena Antoun

    Caro Henrique,

    Não sei se as frases são suas, mas não faz diferença pois “reconhecer uma poesia já é escrevê-la novamente”. Em cada área de nosso cérebro ocorre a elaboração de eventos distintos, ou seja, matemática, filosofia, arte, criação etc. Gênios, são aqueles que tem todas essas areas 'saradas', e você parece ter. Todo fenômeno deve ser visto a partir de focos diversos, para que ele possa ser percebido holisto/metafísicamente, e totalmente digerido pelo intelecto humano. Como disse, poucas pessoas podem fazê-lo. A maioria escolhe investir num único tipo de inteligência e se torna ‘burro’ nos demais. Einstein, Da Vinci, Freud, e tantos outros são o exemplo vivo disso. Einstein muito antes de ser físico era um perfeito ‘viajandão’ que vivia filosofando pelos cantos (temos aí muitos de seus aforismos circulando pelos meios literários). Com isso ele construiu base gnóstica para ‘meter o pé na porta’ quando partiu para a suas teorias físicas e matemáticas.

    Parabéns pelo que escreveu, não só pelo conteúdo como também pela forma. Independente do fato de eu concordar com você em alguns aspectos ou não, você foi brilhante em todos. Quanto à Bruno e Marrone, temos aqui, presente nos comentários a confirmação desse seu aforismo: a Débora. Ela não entendeu sua frase por só ter aprendido a comer feijão. Confundiu fama com competência. Posso comprar todos os cds do Falcão, mas eu seria uma estúpida se não reconhecesse a superioridade artística de Mozart. Digamos assim: Mozart quando criança poderia fazer 'obras' musicais como as de Bruno e Marrone, se quisesse (claro que ele provavelmente as jogaria no lixo) – mas Bruno e Marrone nunca conseguirão fazer o que Mozart fez quando criança, nem mesmo depois de velhos. Sendo assim meu caro Henrique, acho que você está empurrando ‘escargot goela abaixo‘ de muita gente.

    (Gostaria de colocar os aforismos no meu blog, por favor me escreva dizendo se autoriza ou não)

    Abraços,

    Helena

  • Eduardo

    Caramba, texto muito legal cara. Parabens!

    Hoje em dia todos nos sabemos que existem pessoas ignorantes, e que só vivem para criticar os outros e nunca as elogiam por nada. E essas pessoas não tem nada a acrescentar a nós que gostamos de expor nossas ideias sem querer prejudicar a ninguém.

    Gostei muito do texto é bem divertido.

    PARABENS. São com pequenos atos que conquistamos nossos melhores valores.

    abraços,

  • Pingback: Algumas coisas que eu tive que aprender « [REF]()

  • http://www.blogdophil.co.nr Joel Wallis

    Pouts.

    Muito bom o post.

    Mas descordo com uma coisa:

    Já peguei algumas garotas, não usei XHTML e nem CSS … Usei Actionscript. =D

    Isso aí é pra todos vocês verem o quão poderoso é nosso Flash!.

    Como diria o Smeagol (assim que escreve?): "Meu preciosssssooo!".

    Abraço aew Henrique, parabéns pelo sucesso do Revolução, Etc.

    J.

  • Rochester

    só faltou uma, NUNCA diga NUNCA , exceto nessa ocasião.

    Isso eu aprendi na marra. Várias vezes.

    :D

  • Carla

    Filosofia ou tecnologia?

    =D Tb curto os dois. Bom post!

  • AR Geek

    Gostei muito dessa parte "Não é possível impressionar garotas com XHTML e CSS e camisetas geeks. Acredite".

    Já tentei impressionar várias garotas com códigos de programação, eu usava o Visual Basic, será algum problema com a linguagem?

  • Pingback: Vida a Dois » Blog Archive » Antes e Depois de se casar()