A Wikipedia e o rel-nofollow

Recentemente a liderança da Wikipedia (en.wikipedia.org) adotou o atributo rel=”nofollow” em todos os links externos, que apontam para fora da wikipedia, para conter o interesse de spammers que querem apenas fazer campanha SEO por lá. E isso está dando o que falar lá fora. Essa medida havia sido tomada anteriormente, depois voltaram atrás e agora novamente o rel=”nofollow” está presente nos links externos.

Me parece que cada versão de cada idioma da Wikipedia tem o controle sobre esta implementação, por isso não sei ao certo se esta medida engloba todas as versões da Wikipedia em todos os idiomas. Dei uma olhada em alguns artigos na versão em português e parece que a implementação do rel-nofollow está ativa.

que busquem outro Na minha opinião essa é uma forma de melhorar a credibilidade do conteúdo, sabendo que o interesse exclusivo de escrever textos com propósitos de subir no hanking, não mais existirá. Ou seja, os spammersplayground! É ingenuidade acreditar que interesses assim serão apenas uma “pontinha” em um mar de pessoas realmente interessadas em inserir conteúdo realmente útil. Um mundo perfeito sem spammers é impossível de existir, e acredito que todos os espaços públicos na web onde os próprios usuários podem escrever o conteúdo que quiserem, deveria utilizar o nofollow. Sendo assim, muito do lixo que aparece nos mecanismos de busca não estaria lá, pelo menos não com uma relevância vinda de “locais públicos”. Isso significa que eles vão desaparecer? Com certeza não, mas são ferramentas a menos que eles terão nas mãos.

Leia mais sobre a discussão:

  • http://webdevbr.wordpress.com/ Daniel Tiecher

    Tenho certeza de que a mudança foi algo bom para a Wikipedia, como foi comentado no post. Claro que spammers e pessoas que utilizam técnicas desleais de SEO sempre existirão mas é nosso dever como internautas combatê-los quando possível.

  • Pedro

    E para supostamente acabar com os spammers vale desmerecer todos os outros links que realmente são relevantes ao artigo? Então mecanismos de buscas que confiam no conteúdo da Wikipedia e links referenciados por ela para formar seus indexes como o Wikisearch e o futuro Wikisari não devem receber atenção pois estão infestados de spam?

    Eu nunca acreditei que o nofollow ajudasse em algo, para mim deveria ser algo restrito a casos específicos/isolados. Se ele fosse a solução (pelo menos da maior parte) de nossos problemas por que então há tantos outros meios de se combater o spam?

  • Cosme

    Apoio a solução da Wikipedia, mas deve ter sido muito difícil tomar essa decição – à males que vêm para o bem.

    Depois de um tempo, quando os spammers esquecerem da Wikipedia (hahahaha), eles voltam à retirar o nofollow.

    Mas concordo com você, Henrique, todos os "espaços públicos na web" deveriam usar nofollow.

  • http://www.vejaisso.com Felipe Veiga "D

    Acredito que, apesar de ser um contra para os sites referidos, é algo muito pro para o Wikipedia.

    Acredito que lugar públicos só devem tomar um nofollow caso sejam alvos de spam, caso contrário, são bits a mais.

    Abraços

  • Tarcísio Sass

    Legal, concordo em atribuir o rel="nofollow" para os links externos, porem, isso não mudará o fato de que centenas de pessoas clicaram nos links externos irrelevantes.

    Essa atitude é interessante para combater o SEO indevido, mas ainda veremos links que estão lá só para a divulgação entre os leitores da Wiki.

    Acho que depende muito mais da contribuição ativa dos leitores.

  • http://www.needforlumbriga.com Camilo

    que busquem outro Na minha opinião essa é um

    Acho que saiu alguma coisa errada no 3° parágrafo.

    []´s

  • Felipe

    o usuário padrão da internet não tem noção do que é ou deixa de ser o rel=follow. colocar esse atributo nos links externos vai diminuir a quantidade de lixo, mas nunca acabar. afinal sempre vai ter um desavisado que vai ler o artigo, achar interessante e clicar no link externo. atraindo visitas para o site do spammer.

  • Pingback: Tecnocracia : Estado Tecnológico » Dando o troco na Wikipedia()

  • Renan

    Acho que é melhor assim, como foi dito no post, os spammers vão deixar de colocar links só para aumentar rankings.

  • Pingback: about:blank » Blog Archive » Wikipedia e nofollow: a palavra final()

  • Leo Cabral

    Achei estranho que tanta gente tenha protestado quando aconteceu. De fato foi uma forma de punir até inocentes.

    No entanto a Wikipedia não é um blog. De fato ela se parece mais com uma grande área de comentários. Se alguém aqui já sofreu com a erradicação de referer spams nos comentários de um blog imaginem algo do tamanho da Wikipedia, que tem milhões de acesso/dia.

    É possível criar funcionalidades que adicionem o nofollow aos comentários duvidosos de um blog. Existem plugins para WordPress e outros. Mas para algo como a Wiki acho que é assim que deve ser.

  • Jonathan Simas

    É incrível como todo mundo quer ser um censor da internet. Os chamados "spammers" nada mais são do que webmasters querendo divulgar o seu site. Ouço muito o termo lixo na internet, mas quem é que tem autoridade para julgar o que é lixo e o que não é? A Internet é um espaço democrático e cabe a cada administrador decidir o que é bom para o seu site ou não. Divulgar o link do seu site em um post? porquê não? Se o comentário é válido por que não permitir o link? A proibição só afeta os blogs e pequenos sites, que não tem como pagar por links e banners.

  • Pingback: Um pouco sobre nofollow « ATer criacao de sites (11) 2527-3032()