O que é mais chato em um e-commerce?

Algumas das minhas teorias pessoais foram comprovadas depois de ler um artigo no eMarketer entitulado "Online Retailers Face Four-Second Barrier" (via Viu isso? do Michel – o conteúdo não está mais disponpivel). O artigo fala de uma pesquisa que pergunta o que mais aborrece um usuário ao visitar um e-commerce atrás de informação sobre produtos ou serviços que ele possuiu algum interesse em adquirir. O que você acha que está em primeiro lugar? Quer pensar mais antes de continuar lendo? Continue reading “O que é mais chato em um e-commerce?”

FAQ com as principais perguntas sobre a DreamHost

Tenho recebido uma chuva de e-mails fazendo perguntas sobre a DreamHost, principalmente depois que eu escrevi o texto "A DreamHost enlouqueceu?". Estou aproveitando estas dúvidas para montar uma FAQ, uma lista de perguntas mais freqüentes na minha página sobre a DreamHost. A lista ainda está pequena, mas está crescendo. Se tiver alguma dúvida que não se encontra na FAQ, me escreva, que sua pergunta poderá ser incluída lá.

O promocode REVOLUCAO2 onde você paga apenas US$4,95 por mês (em uma única parcela anual de US$59,40 no plano Level 1) com 200 giga de espaço em disco e 2 teras de tráfego mensal continua. Continue reading “FAQ com as principais perguntas sobre a DreamHost”

A reação da reinvenção do HTML: Vamos fazer um pouco de pressão?

Fazer pressão foi o termo mais apropriado que encontrei para um texto recente escrito pelo Roger Johansson, Molly E. Holzschlag, Lachlan Hunt e revisado pelo Ian Hickson e também publicado no Web Standards Project (você que não lê em inglês pode ter acesso a uma tradução aqui) em reação ao texto do Tim Berners-Lee e que eu escrevi algo sobre isto aqui. Em resumo o texto convida todo mundo a dar voz sugerindo novas features ao desenvolvimento do HTML 5 já iniciado pelo WHATWG. Esta é a mais forte apologia já feita pelo Web Standards Project a uma padronização que não tenha surgido de dentro da W3C.

Continue reading “A reação da reinvenção do HTML: Vamos fazer um pouco de pressão?”

Reinventando o HTML: o futuro da linguagem de hypertexto

Esta semana Tim Berners-Lee deu uma resposta a certos aspectos das recentes discussões sobre os rumos da W3C com o texto Reinventing HTML. Não só colocou panos quentes na discussão como falou sobre os planos futuros da W3C quanto ao HTML. No texto ele mostrou-se como um pacificador e visionário por um lado e um pouco conservador de outro. Enquanto Eric Meyer chamou os avanços de iniciativas como Microformats e WHATWG de “progresso”, Tim nem cita ou considera microformats como parte da “reinvenção do HTML” e apenas referiu-se ao WHATWG como “não tendo um processo ou responsabilidade final específica que mensure a si mesmo” (Trecho original: did not have a process or specific accountability measures itself). Um pouco conservador não?

Continue reading “Reinventando o HTML: o futuro da linguagem de hypertexto”

A caixa acima não é a busca? Quando é a hora de repensar a usabilidade?

A medida que seu site vai crescendo e você vai se profissionalizando naquilo que faz na web, é interessante que você comece a explorar ferramentas como o Google Analytics para obter algumas estatísticas e filtros de acesso e navegação. Com ele é possível por exemplo você ficar sabendo quando um link é mais utilizado que outro e te permite repensar várias coisas no seu site como por exemplo a usabilidade.

Continue reading “A caixa acima não é a busca? Quando é a hora de repensar a usabilidade?”