A "usabilidade" de informar ao usuário que um link é externo ao seu site

Não, esta não é mais uma discussão se um link externo ao seu site deve ou não abrir em outra janela. Eu já discuti este assunto aqui. Eu já escrevi sobre as razões pelas quais o atributo target foi retirado das especificações de documentos strict da W3C e também já escrevi que se você realmente quer forçar os links externos no seu site a abrirem em outra janela, você deve utilizar JavaScript e não o atributo target. No final, minha opinião é que você não deve forçar um link ser aberto em outra janela se ele for externo ao seu site. Eu acredito que esta tem que ser uma decisão do usuário e não do site.

Continue reading “A "usabilidade" de informar ao usuário que um link é externo ao seu site”

Versão definitiva do Mozilla Firefox 2.0 disponível para download. Agora mesmo.

Firefox 2 Mesmo amanhã (24 de outubro de 2006) sendo o lançamento oficial do Firefox 2.0 eu já estou com ele aqui rodando e funcionando, perfeitamente. Agora é definitivo. Se quiser você poderá baixá-lo agora mesmo em inglês ou a versão em português dos servidores da Mozilla. Se você baixou por aqui, deixe apenas um comentário, só pra depois vermos o quanto uma notícia quente assim valeu à pena. Combinado? Escreva nem que seja um “pronto, baixei”…

Continue reading “Versão definitiva do Mozilla Firefox 2.0 disponível para download. Agora mesmo.”

O Internet Explorer 7 e como manter a versão 6 instalada no Windows XP

Internet Explorer 7 O novo Internet Explorer 7 foi lançado definitivamente neste 18 de outubro passado e já está disponível para download. Os bugs de CSS clássicos parecem ter sido corrigidos todos baseados na documentação do site Quirks Mode e Position is everything. A maioria das novidades já havia sido exibida nas versões betas e já foram documentadas e discutidas pelos blogs. Agora só nos resta testar e testar mais. Continue reading “O Internet Explorer 7 e como manter a versão 6 instalada no Windows XP”

Os melhores textos que eu discordo!

Recentemente conversei com algumas pessoas sobre a passionalidade com que as opiniões são expressadas na web. Na verdade a web funciona como um catalisador de algo que sempre existiu que é a rivalidade no mundo das idéias. Há 100 anos atrás a quantidade de pessoas que expunham publicamente suas idéias era infinitamente menor do que é hoje. Qualquer criança de 8 anos hoje consegue criar uma conta gratuita no Blogspot e começar a escrever sobre futebol de botão se quiser.

Continue reading “Os melhores textos que eu discordo!”

Estatísticas #3 – Alexaholic. O Alexa turbinado

[Atualização 05/08/2010: O serviço foi descontinuado e incorporado ao Alexa. A funcionalidade descrita neste artigo não está mais disponível]

Das coisas que eu encontro na web e que mais me divertem estão relacionadas a estatísticas. Principalmente as estatísticas do meu site vindas do Google Analytics. A Alexa é uma empresa da Amazon que funciona como um buscador da web e também permite que você tenha acesso as estatísticas de qualquer site já indexado por eles com um mínimo de 10 mil visitantes por mês geralmente. Ou seja, se seu site tem poucos visitantes, é provável que eles não tenham indexado você. Continue reading “Estatísticas #3 – Alexaholic. O Alexa turbinado”

Scrollbar no Firefox

Uma das coisas que eu mais odeio no Firefox é o fato de a barra de rolagem (scrollbar) vertical não aparece por default mesmo quando não há conteúdo para dar rolagem, como é no Internet Explorer. Ou seja, quando não há conteúdo para rolagem vertical, o Firefox não exibe e não ocupa o espaço que será utilizado quando o conteúdo for suficiente para dar rolagem. Isso causa um efeito de realinhar o conteúdo horizontalmente toda vez que você vai pra uma página em que dá a rolagem vertical. Isso acontece por que o Firefox coloca essa scrollbar no mesmo espaço reservado para o site. O resultado é um site dançante que se realinha (principalmente sites centralizados) toda vez que a barra de rolagem vertical aparece ou desaparece.

Continue reading “Scrollbar no Firefox”

A Dreamhost enlouqueceu?

DreamHost Não é por nada não, mas ontem eu estava atualizando meu texto da Dreamhost e comparando as informações pra ver se estavam atuais. Daí eu vi que no plano Level 1 (o mais básico) eles agora estão oferecendo 200 gigas (você não leu errado: DUZENTOS GIGA) de espaço em disco. E ainda por cima isto vai aumentando 1 giga por semana depois que você assina. O mesmo plano também oferece 2 teras de tráfego mensal e que aumenta 16 gigas por semana. Continue reading “A Dreamhost enlouqueceu?”

O Writely agora se chama Google Docs & Spreadsheets

Docs & Spreadsheets Esta noite o gigante Google alterou toda a interface e parece ter removido qualquer traço referente ao Writely, o editor de texto online adquirido pelo Google em março deste ano. Se você não conhece leia meu texto sobre este editor. Continue reading “O Writely agora se chama Google Docs & Spreadsheets”

A era dos selinhos de validação acabou

Até um ano atrás eu me divertia colocando selinhos de “validado” do validador da W3C em qualquer projeto que eu pudesse fazer. Há 6 meses atrás eu deixei de fazer isso. Há 3 anos um site 100% compliant com os padrões era relativamente raro aqui no Brasil. Site com selinho de validação era site de geek, era pra poucos. Pra eu utilizá-los hoje não faz mais sentido. O tempo deles já era.

Continue reading “A era dos selinhos de validação acabou”

Opa, democracia aqui não! Este espaço é privado e sou eu que mando nesse blog.

Parece que mesmo em países livres, uma das coisas que as pessoas nunca se cansam de falar é em democracia. Na web não é diferente. Todos querem nos lembrar da liberdade de expressão, do código aberto, exaltando a liberdade e por aí vai. Quando se fala em democracia parece que todos se tornam irmãos. Menos o bolso de alguém. Já faz um bom tempo que eu leio eventualmente nos comentários de vários blogs (não vou ficar aqui citando e se você ainda não leu algo parecido, você lê pouco) onde leitores insistem enfaticamente que aquele espaço "tem que ser democrático" que ele "tem liberdade de expressão" e ele (um leitor qualquer) pode falar ali o que quiser nos comentários do site. Continue reading “Opa, democracia aqui não! Este espaço é privado e sou eu que mando nesse blog.”