Falso hover no Internet Explorer

Todos sabem que o Internet Explorer não fez uma implementação completa de CSS2. E dentre as várias limitações do browser azul uma delas é não compreender o pseudo elemento :hover. Com ele você pode fazer coisas interessantes que os desenvolvedores do passado utilizavam JavaScript inline para simular o mesmo efeito. Nunca gostei desses scripts inlines.

Continue reading “Falso hover no Internet Explorer”

Conditional Comments no Internet Explorer

A utilização de conditional comments (comentários condicionais) é uma excelente maneira de contornar bugs e declarar regras de CSS para o Internet Explorer sem necessariamente utilizar hacks. Conditional Comments trata-se de uma sintaxe especial para escrever comentários em documentos de (X)HTML que são interpretados somente pelo Internet Explorer. Como o nome sugere, esses comentários condicionais, permite com que você aponte a condição necessária, escolhendo por exemplo a versão do browser, e poder fornecer uma solução específica para uma ou mais versões ao mesmo tempo. Apesar de não ser um padrão (é um código proprietário da Microdsoft), estes comentários ficam visíseis para todos os outros browsers mas são interpretados simplesmente como comentários comuns onde o seu conteúdo não é parseado.

Continue reading “Conditional Comments no Internet Explorer”

O que está faltando nos blogs brasileiros?

Poucas vezes eu ouvi e/ou li alguma coisa sobre a blogosfera brasileira que expressasse a minha opinião tão bem quanto a de um grupo que está tão por perto. O pessoal do BlogBits (o site não existe mais), meus chapas Bruno Torres, Diego Eis e Leo Faoro, gravaram um podcast muito interessante sobre a Blogosfera Brasileira (o site não existe mais) e a qualidade dos blogs escritos em português, que me inspirou a escrever este texto. Recomendo que você ouça o podcast e leia o texto “Faltam Leitores?” do Leo Faoro. Agora se você achar isso tudo muito grande, muito conteúdo, muito texto, junte-se as nossas estátisticas sem ressentimentos.

Continue reading “O que está faltando nos blogs brasileiros?”

Declaração de codificação de caracteres em CSS

No dia a dia é improvável que seja necessário declarar codificação de caracteres em CSS, principalmente se você desenvolve projetos comuns e corriqueiros. Ou seja, você não precisa de uma cozinha industrial se você precisa apenas fritar um ovo. De qualquer maneira fica registrado aqui como declarar codificação de caracteres em CSS.

A informação sobre codificação de caracteres é muito importante em folhas de estilos externas quando nomes de atributos, nomes de seletores, ou valores de atributos não são em texto ASCII (American Standard Code for Information Interchange). Continue reading “Declaração de codificação de caracteres em CSS”

Configurando encodings em ferramentas de desenvolvimento

Em um dos projetos em que eu estava trabalhando, percebi que todos os passos para declarar o encoding do projeto, havia sido cuidadosamente checado e não havia erros. No entando, certos trechos de conteúdos dentro de determinado include, estavam sendo exibidos pelo browser incorretamente. Se “não havia erros”, o que estava saindo errado na minha receita?

Continue reading “Configurando encodings em ferramentas de desenvolvimento”

Usando entities e referências numéricas de caracteres – NCR

Entities

Um charactere entitie (“entidade de caractere” ou apenas “entitie”) é um tipo de caractere de escape que é substituído por um único caractere de um conjunto específico de caracteres (charset). Existem basicamente duas formas de representar estes caracteres de escape. Através de NCRs (Numeric Character References), que podem ter uma forma hexadecimal ou decimal e através da entidade de caracteres (entities).

Continue reading “Usando entities e referências numéricas de caracteres – NCR”

Declarando encodings em XHTML

Eu já deixei aqui minha contribuição sobre quais as circunstâncias e quais os mime-types podem ser utilizados ao enviar o XHTML no texto “XHTML Media Types“. Se você ler poderá se livrar da culpa (se ela ainda existe) e enviar seu XHTML 1.0 como text/html (e não necessariamente como application/xhtml+xml), assim como a maioria dos documentos da própria W3C faz o uso do XHTML em seus próprios documentos (se você é um bom observador já deve saber disso). Mas se você resolver enviar seu XHTML como application/xhtml+xml, você deve incluir um passo a mais na forma como declara encodings nos seus documentos. Vamos ver como isso funciona passo-à-passo.

Continue reading “Declarando encodings em XHTML”

Charsets e encodings

Introdução

Dividi o assunto de charsets e encodings em uma série de artigos que poderão ser acessados (a medida que forem publicados) apenas clicando na tag charset-e-encoding. A lista dos textos em ordem é a seguinte:

Continue reading “Charsets e encodings”